Está en la página 1de 11

COMÉRCIO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS

ACADÊMICAS: ANDRÉIA MENDES DE ALMEIDA

KARINA TELLES

EX . quando não houver a produção nacional.TARIFÁRIO O regime de ex-tarifário é um mecanismo para redução de custo na aquisição de bens de capital (BK) e de informática e telecomunicação (BIT). na Tarifa Externa Comum do Mercosul). consiste na redução temporária do imposto de importação desses bens (assinalados como BK e BIT. .

bem como melhorar a infra-estrutura de serviços do País. . para 2%. pelo mecanismo de Ex-tarifário.OBJETIVO Para reduzir custos de investimentos e modernizar o parque industrial nacional.quando envolvem aquisição de bens de capital sem fabricação nacional. por dois anos. pode ser solicitada a redução temporária no Imposto de Importação.

após parecer emitido pelo comitê de análise de ex-tarifários (caex).A concessão do regime é dada por meio de Resolução da Câmara de comércio exterior (camex). .

• produz um efeito multiplicador de emprego e renda sobre segmentos diferenciados da economia nacional. . • garante um nível de proteção à indústria nacional de bens de capital. uma vez que só é concedido para bens que não possuem produção nacional.QUAL A IMPORTÂNCIA DESSE REGIME? 03 aspectos fundamentais: • possibilita aumento da inovação tecnológica POR PARTE DE EMPRESAS DE DIFERENTES SEGMENTOS DA ECONOMIA.

EX =EXCEÇÃO • O regime de ex-tarifário é uma exceção à Tarifa Externa Comum (TEC). . e a condição essencial é a de que não haja produção nacional do produto beneficiado com o regime.

• informações sobre os investimentos e objetivos vinculados ao pleito. • informações técnicas sobre o produto. • previsão de importação.Procedimentos para concessão de regime Ex-tarifário Os pleitos deverão ser encaminhados à Secretaria do Desenvolvimento da Produção. acompanhados de informações relativas a: • empresa ou entidade de classe pleiteante. .

. preencher seus campos. Indústria e Comércio Exterior. providenciar a documentação (os anexos) e protocolar no Ministério do Desenvolvimento. • A empresa deve baixar o modelo correspondente à sua situação.Modelos de pleito para concessão de extarifário • Para facilitar a análise e o atendimento ao disposto na legislação. modelos de pleito para as situações mais comuns relativas a esse regime especial são disponibilizados pelo site do mdic.

º 20.e pela portaria mdic/gm n.que altera a composição do Comitê de Análise de Ex-Tarifário (Caex) . de 26 de janeiro de 2007 .Legislação sobre ex-tarifário • O regime dos ex-tarifários está regulamentado pela resolução camex n.º 35 de 22 de novembro de 2006 que explicita os requisitos e procedimentos para aplicação do regime de extarifário .

. Entretanto. maior ou menor agilidade no processo dependem de muitos aspectos. • Dificuldade em comprovar a inexistência de produção nacional. dentre os quais: • Rigor das empresas na elaboração do pleito e no fornecimento dos documentos e informações exigidos.Fluxo Normal para Análise de Pleitos Novos. quando não há produção nacional e há mérito: • • • Protocolo do Pleito no MDIC Análise Preliminar da Documentação Análise da Secretaria da Receita Federal (Nomenclatura e Classificação do Produto) • • • • • • Verificação de Inexistência de Produção Nacional Análise de Mérito Elaboração de Parecer Análise pelo Gecex/Camex Publicação O prazo médio para análise de pleito é de noventa dias.

• investimento em melhoria de infra-estrutura. composto por representantes da Secretaria de Desenvolvimento da Produção. que o presidirá. realiza a análise de mérito dos pleitos apresentados ao Ministério. absorção de novas tecnologias. da Secretaria de Comércio Exterior e da Secretaria Executiva da Camex. impactos sobre a exportação e substituição competitiva de importações. • • • • • Critérios para a análise de mérito: compromissos nos Fóruns de Competitividade das Cadeias Produtivas. . e. política para o desenvolvimento do setor a que pertence o pleiteante.CAEX – COMITÊ DE ANÁLISE DE TARIFÁRIOS EX- Formado no âmbito do MDIC.