Está en la página 1de 23

conjunto-universo
conjunto A

U

conjunto complementar de A

não ocorrendo um terceiro caso. não existindo uma terceira possibilidade. Princípio do Terceiro Excluído Uma proposição declarativa é verdadeira ou falsa. . Temos que x  A ou x  A.Seja A  U e x  U.

Seja A  U e x  U. Princípio da Não-Contradição Uma proposição declarativa não pode ser verdadeira e falsa ao mesmo tempo. não sendo possível x  A e x  A simultaneamente. Temos que x  A ou x  A. .

x é múltiplo de 10. . 6. 7. x é maior do que 1. 9}  x  A.  x  A x é número primo.QUANTIFICADORES   para todo ou qualquer que seja   existe  |  existe um único   não existe A = {5. 8. x é divisor de 10.  | x  A.  x  A.

. e o símbolo “” indica uma relação de equivalência (. e o símbolo “” indica uma relação de implicação (.. O primeiro é um operador e o segundo uma relação. implica ... Semelhantemente.). O primeiro é um operador e o segundo uma relação.. se.. e somente se..Observações: O símbolo “” é o conectivo condicional (se ..). Nesta apresentação.. ..). e tampouco “” de “”.. então . equivale a ...)... . não distinguiremos “” de “”... o símbolo “” é o conectivo bicondicional (.

P  Q: Q: x é paralelogramo. A é subconjunto de B. PQ A B .IMPLICAÇÃO PQ P implica Q se P então Q P: x é retângulo. Se x é retângulo então x é paralelogramo. AB B é o conjunto dos paralelogramos. A é o conjunto dos retângulos.

Q P: x é triângulo equilátero. A é igual a B.EQUIVALÊNCIA P  Q P equivale a Q P se. e somente se. x é triângulo equiângulo. e somente se. x é triângulo equilátero se. PQ A= B . P  Q: Q: x é triângulo equiângulo. A é o conjunto dos triângulos equiláteros. A=B B é o conjunto dos triângulos equiângulos.

x = eu pq pq Q Q P P p q pq V V V PQ V F F Se xQ. e somente se. então xP. F V F F F V P=Q Se xP. então xP. Q: conjunto das pessoas que tiram boas notas.Tabelas-verdades p: eu estudo q: eu tiro boas notas p q pq V V V V F F F V V F F V P: conjunto das pessoas que estudam. xQ . e se xQ. então xQ. xP se.

É necessário ter 18 anos ou mais para possuir uma carteira de motorista? É suficiente? É suficiente quebrar a perna para sentir dor? É necessário? É necessário ser paralelogramo para ser retângulo? É suficiente? É suficiente ser retângulo para ser paralelogramo? É necessário? P condição suficiente  Q condição necessária .

É necessário ser triângulo equilátero para ser triângulo equiângulo? É suficiente? P condição necessária e suficiente  Q condição necessária e suficiente .

RECÍPROCA P: x2 – 5x + 6 = 0 Q: x  {1. Mas podemos ter as duas verdadeiras. 2. 2. Se uma proposição é verdadeira. 3} P  Q é verdadeira x  {1. P: x2 – 5x + 6 = 0 R: x  {2. 3}  x2 – 5x + 6 = 0 Q  P é falsa P  Q e Q  P são proposições recíprocas. não necessariamente sua recíproca também será. 3} x2 – 5x + 6 = 0  x  {1. 3} P  R e R  P são ambas verdadeiras. . 2.

( Q  P) Se x  Q não podemos dizer que x  P ou que x  P. necessariamente. necessariamente devemos ter ~Q verdadeira.Q: x é retângulo. P = conjunto dos paralelogramos. Se x  P então. P: x é paralelogramo. Se ~P é verdadeira. . nada podemos concluir sobre Q. x  Q. U P Q QP xQxP Q = conjunto dos retângulos. Se P é verdadeira. nada podemos concluir sobre P. Se x  P não podemos dizer que x  Q ou que x  Q. QP Se ~Q é verdadeira.

então x não é retângulo.Q  P equivale a ~P  ~Q ~P  ~Q é a contrapositiva de Q  P Q: x é retângulo P: x é paralelogramo QP ~P  ~Q Se x é retângulo. . Se x não é paralelogramo. então x é paralelogramo.

então não existe uma reta neste plano que seja perpendicular às duas.Se duas retas distintas de um plano são perpendiculares a uma terceira. r s rt e st rs= t Contrapositiva Se duas retas distintas de um plano não são paralelas. r  t e s  t t . então elas são paralelas. r s A r  s    t.

x  A e x  B} A B UNIÃO A  B = {x.INTERSEÇÃO U AB A  B = {x. x  A ou x  B} U AB A B .

x = eu P p q pq V V V V F V F V V F F F pq pq Q xPQ Q P xPQ .CONECTIVOS  (E) E CONECTIVO  (OU) p: fui ao teatro q: fui ao cinema p q pq V V V V F F F V F F F F A interseção e a união constituem a contrapartida nos conjuntos dos conectivos lógicos “e” e “ou”. P: conjunto das pessoas que foram ao teatro. Q: conjunto das pessoas que foram ao cinema.

PROPRIEDADES COMUTATIVA AB=BA AB=BA ASSOCIATIVA (A  B)  C = A  (B  C) (A  B)  C = A  (B  C) DISTRIBUTIVA A  (B  C) = (A  B)  (A  C) A  (B  C) = (A  B)  (A  C) .

CONJUNTO DIFERENÇA U A–B A – B = {x | x  A e x  B} A U B B–A B – A = {x | x  A e x  B} A B .

Este conjunto é o complementar de B em relação a A.Se B  A. então ~p é verdadeira. a diferença B – A é constituída pelos elementos que faltam a B para que ele fique igual a A. CAB = A – B. sendo B  A. Se x  A. Se x  Ac. então p é verdadeira. U A B U A CAB p: x pertence ao conjunto A. CUA = A = Ac .

(A  B)c. Logo. (A  B)c. Logo.) Consideremos. Consideremos o complementar da união de A com B. o complementar da interseção de A e B. x  (A  B)c  x (A  B)  x A ou x B  x  Ac ou x  Bc  x (Ac  Bc) (A  B)c e (Ac  Bc) são formados pelos mesmos elementos. x  (A  B)c  x  (A  B)  x  A e x  B  x  Ac e x  Bc  x  (Ac  Bc) (A  B)c e (Ac  Bc) são formados pelos mesmos elementos.Leis De Morgan Sejam A e B dois conjuntos no universo U. (A  B)c = Ac  Bc (O complementar da interseção é a união dos complementares. (A  B)c = Ac  Bc (O complementar da união é a interseção dos complementares.) . agora.

Leis De Morgan Sejam as proposições p: x  A e q: x  B p q ~p ~q pq ~(p  q) ~p  ~q V V F F V F F V F F V V F F F V V F V F F F F V V F V V ~(p  q)  (~p  ~q) ~(p  q)  (~p  ~q) (A  B)c = Ac  Bc (A  B)c = Ac  Bc .