Está en la página 1de 33

Metodologia cientifica

Profa. Msc. SOCORRO CRUZ
CONTATO:facambiblioteca@yahoo.com.br

Metodologia cientifica

É uma disciplina que consiste em estudar,
compreender e avaliar os vários métodos disponíveis
para a realização de uma pesquisa acadêmica.

A Metodologia é a aplicação de procedimentos e
técnicas que devem ser observados para construção
do conhecimento, com o propósito de comprovar sua
validade e utilidade nos diversos âmbitos da
sociedade.

Para entender as características da pesquisa científica
e seus métodos, é preciso, previamente, compreender
o que vem a ser ciência, os diversos tipos de
conhecimentos e outros.

 TIPOS

DE CONHECIMENTO
 MÉTODOS CIENTÍFICOS
 CIÊNCIA

para apropriar-se dela. A realidade é tão complexa que o homem.CONHECIMENTO  “A manifestação da consciência de conhecer.” Ele existe quando a pessoa ultrapassa o dado vivido. teve de aceitar diferentes tipos de conhecimento. explicando-o. .

Não é uma ciência propriamente dita. todas os ramos dos conhecimento dependem e nela se incluem.  Tida como a expressão da universalidade dos conhecimentos humanos – é a fonte de todas as áreas. . mas a busca do saber.Conhecimento filosófico: conceitos  Filosofia= ciência introduzida por Pitágoras= composta de Philos = amigo e sophia= sabedoria.  O grande mérito da filosofia é desenvolver no ser humano a possibilidade de reflexão ou a capacidade de raciocínio.

 É a razão que nos dá o conhecimento.Conhecimento filosófico: conceitos  Conduz à reflexão crítica sobre os fenômenos e possibilita informações coerentes. permite que a razão coordene. . a intuição. analise e sintetize em uma visão clara e ordenada.  Objetivo – é o desenvolvimento funcional da mente. procurando educar o raciocínio.

 Pedro é homem. unicamente recorrendo à luz da própria razão humana. coerência lógica(dedução) – emprega o método racional  Exemplo: Todos os homens são mortais. raciocínio lógico. este tipo de conhecimento é caracterizado pelo esforço da razão pura para questionar os problemas humanos e poder discernir entre o certo e o errado. relações conceptuais.Conhecimento Filosófico: conceitos  Portanto.  O objeto de análise da filosofia são: ideias.  Logo. Pedro é Mortal .

numa tentativa de apreendê-la em sua totalidade.  Sistemático em conj. de enunciados logicamente método da dedução) –suas hipóteses e enunciados visam a representação coerente da realidade estudada.(ex.  Infalível e exato.suas hipótese não são submetidos ao teste de experimentação .  Racional –consiste correlacionados. portanto esse conhecimento emerge da experiência e não experimentação.Filosófico: características  Valorativo – ponto de partida levantar hipóteses – que não podem ser submetida à observação – “as hipóteses filosóficas” baseiam-se. na experiência.  Não verificável –porque os enunciados das hipóteses não podem ser confirmadas ou refutadas no campo da ciência.

Objetivo – detectar um princípio e um fim único no que se refere à gênese essencial e existencial do cosmo.  .  Teologia – a existência de divina é evidente.  A fonte de conhecimento – encontra-se nos livros sagrados.  Objeto de estudo: os princípios da vida.a evidência não se demostra nem se experimenta (procedimento experimental). mas se analisa.Conhecimento teológico/religioso   É um conhecimento direcionado à compreensão da totalidade da realidade homem-mundo. se interpreta e se explica.

INDISCUTÍVEL E EXATO  SISTEMÁTICO( origem.  Não são verificadas as evidências – porque são obra de um criador – é uma atitude de fé perante um conhecimento revelado. o conhecimento religioso ou teológico parte do princípios de que as “ verdades” tratadas são infalíveis e indiscutíveis. significado.Conhecimento teológico/religioso  CARACTERÍSTICAS:  VALORATIVO – Apoia-se em doutrinas que contém proposições sagradas. finalidade e destino).  INFALÍVEL.  INSPIRACIONAL –revelado pelo sobrenatural.  Assim. por consistirem em “ revelações da divindade(sobrenatural) .

. alimentadas pela emoção e adquiridas sem métodos determinados.Conhecimento popular: conceitos  As ações práticas que resultam das relações que se estabelecem entre o homem e suas experiências pessoais vividas. de pesquisa ou aplicação de métodos.  Sua aquisição não é feita por meio estudos.  Transmitido de geração para geração pela educação informal (experiências do dia-adia).

e por isso. . Pode também resultar de simples transmissão de geração para geração ou fazer parte das tradições de uma coletividade. necessita de caráter científico. ao acaso.CONHECIMENTO POPULAR: conceitos   Segundo Galliano (1996). o conhecimento vulgar (senso comum)também denominado “empírico” é o que todas as pessoas adquirem na vida cotidiana. sem observação metódica ou verificação sistemática. baseado apenas na experiência vivida ou transmitida por alguém. Em geral resulta de repetidas experiências casuais de erro e acerto.

 Falível e inexato – conforma com as aparências ou com o que ouviu dizer do objeto.  Verificável – está limitado ao âmbito da vida diária e diz respeito ao que se pode perceber no dia-a-dia. por estar junto do objeto(“porque o vi”. aos estados de ânimo e às emoções da vida diária.  Acrítico. suas experiências e .CONHECIMENTO POPULAR: características  Superficial.  Assistemático (não possui método) – a “organização” das experiências não visa uma sistematização das ideias.baseado em aparências.os conhecimentos(verdadeiros ou não) não passam por uma avaliação crítica. Não há formulação de hipóteses e nem meios para comprová-las.  Sensitivo –refere-se às vivências. nem na forma de adquiri-las nem na tentativa de validá-las.  Subjetivo. “porque sentir” “alguém me disse”).é próprio sujeito que “organiza” conhecimentos(pela vivência ou “por ouvir dizer”).

Conhecimento cientifico: origem  Galileu.obra Novum Organum – refere-se ao método cientifico – o qual deveria começar com a observação e a experimentação.  1620.Galilei – pioneiro a tratar do método – método experimental nas investigações indução experimental – observações de certo número de casos particulares.Francis Bacon.  O conhecimento verdadeiro é resultado da concordância e da variação dos fenômenos que.  A descoberta de fatos verdadeiros depende de observação e experimentação reguladas pelo raciocínio indutivo.apresenta um novo método de pesquisa. Propõe assim um método de indução pelo exame dos fatos a procura da lei que os rege. por meio de observações e experimentações.  Bacon .  Renascimento – Francis Bacon – defende a filosofia através de concepções ligadas a pesquisas. se devidamente observados. . O método de Bacon tinha por objetivo constituir uma nova maneira de estudar os fenômenos naturais. apresentam a causa real dos fenômenos.

técnicas e recursos de observação.  Quando é transmitido por intermédio de treinamento apropriado. conduzidos por procedimentos científicos. obtido de modo racional. revisando e reavaliando as ideias.  É uma aquisição intencional. os pensamentos. concretos. positivos e fenômenos perceptíveis pelos sentidos.CONHECIMENTO CIENTÍFICO: conceitos  Abrange fatos reais. as hipóteses e os resultados de um determinado acontecimento. consciente e sistemática.  Quando procura tanto os fenômenos como os objetos com suas causas consequências. . é um processo que chegou ao máximo de seu desenvolvimento com a aplicação do método científico. emprega instrumentos. método experimental.

 Sistemático.  Falível – não é definitivo.saber ordenado.  Verificável – suas hipóteses (afirmações) podem ser ou não convalidadas.  Aproximadamente exato – novas hipóteses e técnicas podem reformular a teoria em que o conhecimento se fundamenta.  Contingente . sistema de ideias(teoria) e não de conhecimentos dispersos e desconexos.lida com ocorrências ou fatos reais. absoluto e final.suas proposições ou hipóteses podem ser verificadas como falsa ou verdadeira por meio de experimentos.  .Conhecimento científico: características  Real(factua).

Tipos de conhecimento: características CONECIEMENTO POPULAR CONHECIEMENT O CIENTIFICO CONHECIMENT CONHECIMENT O O RELIGIOSO FILOSÓFICO VALORATIVO REAL(FACTUAL) VALORATIVO VALORATIVO REFLEXIVO CONTINGENTE RACIONAL INSPIRACIONAL ASSISTEMÁTICO SISTEMÁTICO SISTEMÁTICO SISTEMÁTICO VERIFICÁVEL VERIFICÁVEL NÃO VERIFICÁVEL NÃO VERIFICÁVEL FALÍVEL FALÍVEL INFALÍVEL INFALÍVEL INEXATO APROX. EXATO EXATO EXATO .

 A ciência não é o único caminho de acesso ao conhecimento e à verdade. o que leva um ao conhecimento cientifico e outro ao vulgar ou popular é a forma de observação  . uma comunidade ou relações entre pessoas – pode ser matéria de observação tanto para o cientista quanto para o homem comum.contexto metodológico.  Um mesmo objeto ou fenômeno – uma.Correlação entre o conhecimento popular x cientifico O que os diferencia é:  É a forma. o modo ou método e os instrumentos do “conhecer”. planta.

. Para que um conhecimento possa ser considerado científico. determinar o método que possibilite chegar ao conhecimento”.. via.(GIL. É o conjunto de processos ou operações mentais que devemos empregar na investigação.O que é Método científico?  Meta  = ao longo de. faz-se necessário “identificar as operações mentais e as técnicas ou procedimentos que permitam a sua verificação. ou seja. 2012) Gil (2012) define método científico como um “conjunto de procedimentos intelectuais e técnicos adotados para se atingir o conhecimento”. É a linha de raciocínio adotada no processo de pesquisa. Conjunto de normas e procedimentos padronizados para levar uma investigação ao seu objetivo (um resultado confiável e aceito). Odos = caminho.. = caminho ao longo do qual. Os métodos que fornecem as bases lógicas à investigação são: ..

com base em enunciados ou premissas. em virtude da correta aplicação de regras lógicas. mas também de alcance limitado. ou seja. O processo dedutivo leva o pesquisador do conhecido para o desconhecido. Pedro é mortal .  É dedutivo . se chega a uma conclusão necessária.  Ex: Todos os homens são mortais Pedro é homem.Método dedutivo  Método proposto pelos racionalistas Descartes. do universal para singular. Logo. Spinoza e Leibniz pressupõe que só a razão é capaz de levar ao conhecimento verdadeiro.  Método dedutivo – processo pelo qual.o raciocínio que parte do geral para chegar ao particular.

Método indutivo  Novum Organum. todos os homens são mortais. (observação).  Na técnica da indução. Logo.  Permitir inferir conclusões gerais de proposições particulares na execução das pesquisas. Ex. infere-se uma verdade geral ou universal. Pedro é mortal. sua importância foi reforçada e passou a ser proposto também como o método mais adequado para investigação nas ciências sociais  Indutivo ou indução . .operação metal que partindo de dados particulares. de Francis Bacon (1561.1626). Com o advento do positivismo. o método indutivo passou a ser visto como o método por excelência das ciências naturais. Pedro é homem. o raciocínio vai do particular para o geral. constatados.

 A indução. expressas em A lógica da investigação científica. o que nunca poderia ocorrer. “pois o salto indutivo de ‘alguns’ para ‘todos’ exigiria que a observação de fatos isolados atingisse o infinito.”  . obra publicada pela primeira vez em 1935 (GIL. não se justifica. por maior que fosse a quantidade de fatos observados. conforme Popper.Método hipotético-dedutivo O método hipotético-dedutivo foi definido por Karl Popper a partir de críticas à indução. 2008).

. procuram-se evidências empíricas para derrubá-la.. surge o problema.. ao contrário. (GIL.Método hipotético-dedutivo  [. passando pela formulação de hipóteses e por um processo de inferência dedutiva. são formuladas conjecturas ou hipóteses. p.    O método hipotético-dedutivo inicia-se com um problema ou uma lacuna no conhecimento científico. Das hipóteses formuladas.  Para tentar explicar as dificuldades expressas no problema. Falsear significa tornar falsas as consequências deduzidas das hipóteses. o qual testa a predição da ocorrência de fenômenos abrangidos pela referida hipótese. Enquanto no método dedutivo se procura a todo custo confirmar a hipótese. deduzem-se consequências que deverão ser testadas ou falseadas.] quando os conhecimentos disponíveis sobre determinado assunto são insuficientes para a explicação de um fenômeno. 2008. no método hipotético-dedutivo. 12).

e exige nova reformulação do problema e da hipóteses. estará falseada. não definitivamente. refutada. . entre outros meios. • Solução proposta consistindo numa conjectura(nova teoria) – dedução.Método hipotético-dedutivo Expectativas ou conhecimento prévio __ Problema → Conjecturas →Tentativa de falseamento . em geral. confirmada provisoriamente. se superar os testes rigorosos. estará corroborada. • Testes de falseamento – tentativa de refutação.que surge. • O método hipotético-dedutivo desfruta de notável aceitação. • Se a hipótese não supera os testes. que. como querem os indutivistas. Corroborar • Problema. de conflitos diante de expectativas e teorias existentes. pela observação e experimentação. em especial no campo das ciências naturais.

Depois reformulado por Marx.Método dialético  O conceito de dialética é bastante antigo.  Na Antiguidade e na Idade Média. O método dialético. Platão o utilizou no sentido de arte do diálogo. 2008) . que atingiu seu auge com Hegel.  Busca interpretar a realidade partindo do pressuposto de que todos os fenômenos apresentam características contraditórias organicamente unidas e indissolúveis. o termo era utilizado para significar simplesmente lógica.(GIL.

para conhecer determinado fenômeno ou objeto. dando origem a novas contradições que passam a requerer solução. pois considera que os fatos não podem ser relevados fora de um contexto social. Nesse tipo de método. . Parte da premissa de que. as contradições transcendem-se. na natureza. é um método de interpretação dinâmica e totalizante da realidade.Método dialético     Na dialética proposta por Hegel. já que tudo no mundo está sempre em constante mudança. político. econômico etc. transforma-se e há sempre uma contradição inerente a cada fenômeno. Empregado em pesquisa qualitativa. sem tratar o conhecimento como algo rígido. tudo se relaciona. suas relações e conexões. o pesquisador precisa estudá-lo em todos os seus aspectos.

responsável por um processo contínuo de atualização. inacabado. aprofundamento. correção. histórico.Ciência: conceitos É reconhecida como um conhecimento provisório. ampliação e aperfeiçoamento do que já conquistou como interpretação do meio .

de uma maior aproximação da verdade por meio de métodos adequados que levam ao controle. soluções. sociais e humanos.  Busca contínua de novas descobertas. usa métodos e técnicas de pesquisas específicas. à sistematização. . sistemática e padronizada. de novas possibilidades. de revisão e de verdades sobre fenômenos naturais.  Realiza-se por meio da pesquisa disciplinada. revisão e a uma segurança maior em relação ao senso comum.Ciência: conceitos  Busca constante de explicações.

Ciência: classificações Surge em decorrência da:  Surgimento de novas áreas de conhecimento.  Dificuldade encontrada pelos cientistas em dominar todas as ramificações cientificas. conteúdos. metodologias diferenciadas objetivos e .  Cada área do conhecimento tem um objeto de estudo.

do homem e a sociedade(via social indivíduos e os grupos sociais( Antropologia Cultural.são as áreas de estudo relacionadas com a vida.são abstratas. A verdade depende não só do significado de seus termos. Serviço Social etc. exames clínicos. exames laboratoriais e testes )      . (medicina. mas. a saúde e a doença.a verdade que depende unicamente do significado de seus termos ou de sua estrutura lógica. que ocorrem no mundo – rocorrem à observação e à experimentação para comprovar as hipóteses.estudo das ideias. existentes apenas na mente humana . igualmente. Ciências contábeis. sondagem. medicina veterinária. utilizam principalmente dos seguintes princípios metodológicos e atuações: Na fase diagnóstica: anamnese. Biologia e outras -SOCIAIS/HUMANAS– Estudam o comp. Química. Direito. sociologia. Economia. -NATURAIS – Estudam a natureza como um todo( Física. As ciências da saúde. Administração. Psicologia social. -Ciências da Saúde ou Ciências Médicas . dos fatos a que se referem.   Ciência: classificações FORMAIS:. enfermagem etc. Ex: Lógica e Matemática (não pode valer-se do contato com a realidade para convalidar suas fórmulas(hipóteses) FACTUAIS: estudo dos fatos – refere-se aos fatos reais. biologia.

. Conclui-se que a utilização de métodos científicos não é exclusivamente da ciência. mas nem todos os ramos de estudo que empregam esses métodos são ciências. mas não há ciência sem o emprego de métodos científicos.Observação  Todas as ciências caracterizam-se pela utilização de métodos científicos.

2009. . Cria intelectualmente representações significativas da realidade. condenado a viver a sua existência.23)  O conhecimento é um produto resultante da investigação científica. p.Leia e reflita  “O homem é um ser jogada ao mundo. Por ser existencial. A essas representações chamamos de conhecimento”(KOCHE. tem que interpretar a si e ao mundo em que vive. atribuindo-lhes significações.

classificações e tipos .Pesquisa científica PESQUISAS CIENTÍFICAS: conceitos.