Método do Factor Integrante 1º Passo Escrever na forma: y´ + p (x) y = q (x) 2º Passo Calcular

:

=e^

P(x) dx

3º Passo Multiplica-se o factor integrante por ambos os membros da equação e obtêm-se:
(

x y)´= q(x)*

4º Passo Primitiva±se em ordem à variável independente (no caso x) ambos os membros
da equação obtida no passo anterior e obtêm-se:

x y=

( q(x)* ) dx

5º Passo Calcula-se a solução geral da equação diferencial y´ + p (x) y = q (x). Equações diferenciais de variáveis separáveis 1º Passo Escrever na forma: h(y) y´ = g(x) 2º Passo Como h(y) dy = g(x) dx, pois y´=dy/dx. 3º Passo Primitivar ambos os membros da equação:

h(y) dy=

g(x) dx

4º Passo Isolar a solução obtida de modo a ficar com o y= Solução Geral

Equações diferenciais homogéneas de grau zero 1º Passo Escrever na forma normal: y´ = f (x, y) 2º Passo Verificar se a função é homogénea de grau zero.

f (k x, k y)) = f (x, y)

3º Passo Efectuar a seguinte mudança na variável dependente: y =z*x (x 0) 4º Passo Resolver a equação de variáveis separáveis (z´= dz/dx) z´x + z = f (x,zx). 5º Passo 5No integral geral da equação resolvida em (4) efectuar a substituição inversa (de z para y) para obter o integral geral da ED original (homogénea de grau zero). z = y/x

5º Passo Resolver pelo método do factor integrante.Equações diferenciais de Bernoulli 1º Passo Escrever na forma normal: y´ + p (x) y = q (x) y 2º Passo Multiplicar esta ultima equação por y 3º Passo Efectuar a substituição de variável (dependente): 1- z = y z´ = (1 ) y y´ 4º Passo Resolver a ED linear de 1a ordem: Z´ + [(1 í ) * p(x) z ]= (1 í ) q(x). 6º Passo Voltar a reescrever a ED com a variável dependente y. z = y² .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful