Está en la página 1de 8

MÓD: 9

MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO


CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 1

ANEXO 1: CARTILHA DO FORNECEDOR

75250505-0
MÓD: 9
MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO
CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 2

CARTILHA DO FORNECEDOR

SUMÁRIO

TÍTULO PAG

MENSAGEM DE BOAS VINDAS 02

MISSÃO, VISÃO E VALORES DOS CORREIOS 02

1. DEFINIÇÕES 03

2. CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA 04

3. COMPROMISSOS DA ECT 06

4. EXPECTATIVAS DA ECT 06

5. CANAIS DE COMUNICAÇÃO 07

CARTILHA AO FORNECEDOR

75250505-0
MÓD: 9
MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO
CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 3

SEJA BEM VINDO AOS CORREIOS!

A partir de agora iniciaremos um relacionamento baseado na Missão, Visão e


Valores dos Correios, bem como nos princípios da Política de Fornecedores, que engloba
confiança mútua, cooperação e desenvolvimento de parcerias e no Código de Conduta
Ética da ECT.

Visando aprimorar o relacionamento transparente na busca do melhor cumprimento


dos objetivos organizacionais, bem como consolidar parcerias com os fornecedores, a
ECT estabeleceu normas e procedimentos para guiarem, da melhor forma, a realização
deste relacionamento.

Serão apresentados a seguir a Missão, a Visão e os Valores; o Código de Conduta


Ética e as normas e procedimentos da política de relacionamento com fornecedores na
ECT; os formulários utilizados nas avaliações de desempenho e as formas de contato
conosco.

MISSÃO DOS CORREIOS

Facilitar as relações pessoais e empresariais mediante a oferta de serviços de


correios com ética, competitividade, lucratividade e responsabilidade social.

VISÃO - ECT 2004-2007

“Ser reconhecida pela excelência e inovação na prestação de serviços de correios.”

VALORES CORPORATIVOS ECT

75250505-0
MÓD: 9
MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO
CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 4

Ética nos relacionamentos


INTEGRIDADE
Excelência Empresarial

Satisfação dos Clientes RESPEITO AO CLIENTE

Respeito aos Empregados


RESPEITO AO COLABORADOR
Competência Profissional

Responsabilidade Social

Compromisso com as RESPONSABILIDADE


Diretrizes Governamentais

1 DEFINIÇÕES

1.1 Para melhor compreensão dos termos usados para o relacionamento com
fornecedores, seguem algumas definições e logo em seguida o Código de Conduta Ética
adotado pela ECT:
a) fornecedor é todo aquele que possuir com a ECT um Contrato ou Ata de Registro
de Preço, quer seja de prestação de serviço ou fornecimento de material.

b) fornecedor em potencial é entendido como aquele existente no mercado, mas


que não possui contrato assinado com a ECT.

c) Gestor Operacional é o órgão detentor da competência funcional em relação ao


objeto contratado, no tocante à execução relativa a quantidade, qualidade, preço e
prazos contratados. Na Administração Central órgão de mesmo nível de Departamento e
nas regionais órgão de mesmo nível de Gerência;

d) Gestor Administrativo: órgão detentor de atribuições específicas, assim


normatizadas ou designadas, no tocante ao acompanhamento administrativo, financeiro e
legal dos contratos, como: acompanhamento do contrato para fins de repactuação,
supressão, prorrogação ou rescisão;

75250505-0
MÓD: 9
MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO
CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 5

e) Fiscal do Contrato: empregado da ECT designado por Portaria específica


expedida pelo órgão gestor operacional, responsável pelo acompanhamento e
fiscalização contratual;

f) cadastro informal é a relação dos fornecedores cadastrados com documentação


exigida mais simplificada que a do cadastro formal.

2 CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA


Em consonância com as políticas de conduta ética os seguintes padrões de práticas
de compra e de contratação orientam a conduta pessoal e profissional dos colaboradores
da ECT na relação com os fornecedores e dos fornecedores com a ECT.

2.1 No atendimento a fornecedores pelos colaboradores:


a) tratar os fornecedores de forma respeitosa e cordial, evitando a intenção e
aparência de prática aética ou comprometedora em relacionamentos, ações e
comunicações;
b) promover um relacionamento positivo com os fornecedores agindo com
imparcialidade, em todas as fases do ciclo de compra e de contratação;
c) não deixar os fornecedores à espera de solução, mantendo-os informados das
ações que estão em curso para atendê-los;
d) não utilizar artifícios que causem atrasos ou prejuízos ao exercício regular do
direito dos fornecedores;
e) as reuniões com fornecedores deverão ser, sempre que possível, agendadas com
antecedência, serem realizadas nas dependências da ECT, com mais de um participante
em nome da empresa e em salas preparadas para tal finalidade;
f) das reuniões com fornecedores devem ser extraídas atas que contemplem: o
objetivo, participantes e encaminhamentos dos temas tratados;
g) todos os fornecedores deverão estar devidamente autorizados e identificados para
circularem pelas instalações da ECT.

2.2 Na veiculação e no trato de informações:


a) dar tratamento isonômico na divulgação das informações aos interessados, e ter
compromisso irrestrito com a verdade. Quando não autorizados a responder a uma
consulta, informar ao demandante;
b) manusear informações proprietárias ou confidenciais, pertencentes a ECT ou a
fornecedores com o devido cuidado e consideração apropriada, levando em conta suas
ramificações éticas e legais.
2.3 Comportamento dos fornecedores e colaboradores em conflito de interesses:
a) considerar em primeiro lugar os interesses da ECT em todas transações;
b) não desenvolver qualquer negócio particular ou atividade profissional que venha
criar conflitos de interesses com a ECT;

75250505-0
MÓD: 9
MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO
CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 6

c) não sugerir, promover ou realizar acordos recíprocos que comprometam,


restrinjam ou frustem a livre competição e ainda obter, para si ou para outrem, vantagem
decorrente desse processo;

d) não prestar serviços de qualquer natureza para outras organizações, remunerados


direta ou indiretamente, que conflitem com os interesses da ECT, salvaguardando-se os
casos de prévia autorização.
e) não omitir a existência de cônjuge ou familiares de 1º grau ou pessoas de relações
próximas trabalhando ou ocupando posições de influência na ECT, ou que possam
influenciar em decisões que afetem os negócios, ou trabalhando em empresa
concorrente, fornecedora de produtos e/ou serviços.

2.4 Configuram-se como atos não desejáveis dos fornecedores:


a) aceitar convites de caráter pessoal para hospedagem, viagem e outros
entretenimentos que possam gerar danos à imagem e/ou interesses da ECT;
b) aceitar, direta ou indiretamente, dinheiro ou objeto de valor de qualquer pessoa ou
entidade que tenha ou esteja interessada em criar relações comerciais com a ECT;
c) fazer uso de informações a que tenha acesso em decorrência de sua relação com
a ECT, a fim de obter vantagem pessoal ou para parentes ou terceiros, bem como
fornecer a concorrentes ou a terceiros quaisquer informações reservadas sobre clientes,
políticas de preços, planos comerciais,econômicos e financeiros;

d) repassar a terceiros, de forma indevida, benefícios oferecidos exclusivamente a


seus funcionários;
e) fazer uso indevido de informações reservadas da organização ou concorrer de
forma desleal com a empresa após o encerramento de seu contrato;
f) usar os recursos da empresa (know-how, instalações, equipamentos, suprimentos,
informações e outros) em proveito pessoal ou de terceiros sem autorização;

2.5 Compromisso do fornecedor com a legalidade e a Ética:


a) conhecer e cumprir a letra e o espírito das leis que disciplinam as funções de
compras e de contratações, bem como permanecer alerta para os desdobramentos legais
das decisões que as envolvem;
b) agir com o sentido restrito das normas e procedimentos emanados na ECT e das
obrigações contratuais;

c) conduzir os negócios de modo justo, prestando serviços ou fornecendo materiais


com a máxima qualidade;
d) prometer apenas aquilo que a empresa seja capaz de cumprir, envolvendo todos
os aspectos do nosso relacionamento.

3 COMPROMISSOS DA ECT

75250505-0
MÓD: 9
MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO
CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 7

3.1 Cumprir integralmente todas as obrigações contratuais assumidas, com uma relação
de parceria com o fornecedor, respeitando seus limites desde que os mesmos não se
contraponham ao pactuado em contrato:

3.1.1 constatada alguma desconformidade na execução contratual serão tomadas as


devidas providências previstas em contrato tanto pelo órgão técnico quanto pelo órgão
administrativo.

3.2 Realizar seminários semestrais com os fornecedores, sobre temas de interesse


comum e divulgação da política, valores e diretrizes da ECT.

3.3 Elaborar mensalmente relatório claro e objetivo da qualidade da execução contratual.

3.4 Emitir, semestralmente, resumo dos indicadores de desempenho dos fornecedores,


utilizando-o como instrumento para reconhecimento do fornecedor de melhor
desempenho, para reuniões de retorno (oportunidade de melhoria de desempenho e
demais esclarecimentos) a todos os fornecedores avaliados.

3.5 A ECT abrirá seminários já realizados em suas dependências ou disponibilizará


profissionais de seu quadro para fazer exposições/palestras de temas genéricos que
contribuam para desenvolvimento pessoal dos funcionários de seus fornecedores, pelo
menos uma vez por ano.

3.6 Os órgãos administrativo e técnico deverão capacitar e treinar as equipes prestadoras


de serviços que trabalham nas Unidades da ECT, em pelo menos 04 horas por semestre,
realizado em comum acordo com o fornecedor:

3.6.1 os funcionários do fornecedor que trabalharem nos prédios administrativos e


operacionais da ECT terão treinamento presencial. Os funcionários das demais unidades
da ECT terão treinamento à distância, com apostilas e questionários de resposta
encaminhados aos setores.

4 EXPECTATIVAS DA ECT
4.1 A ECT espera de seus fornecedores cooperação, dedicação e compromisso com
seus objetivos, missão, visão e valores, pois entende que em toda relação produtiva e
justa, a via de tratamento entre parceiros deve ser sempre de mão dupla e sinalizada
por valores éticos.

4.2 O fornecedor deve cumprir as obrigações contratuais.

4.3 O fornecedor deve apresentar resultado satisfatório nos indicadores de desempenho


listados abaixo:

a) participação em pelo menos um dos seminários promovidos pela ECT;

b) obtenção de, no mínimo, 80 % do total de pontos do questionário de avaliação


de desempenho do fornecedor a serem aplicados:

75250505-0
MÓD: 9
MANUAL DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO
CAP: 3

EMI: 03.07.2006 VIG: 10.07.2006 Anexo 1 8

I - uma vez por trimestre, o gestor administrativo fará uma pesquisa junto ao
gestor operacional, sobre o desempenho do fornecedor, e junto ao fornecedor, sobre o
desempenho da Contratante – ECT;

II - para os fornecedores que não obtiverem o mínimo necessário no


questionário de avaliação, de acordo com item 3.3, b, ou pontuarem a ECT abaixo de
80%, serão convocados para uma reunião de esclarecimentos do andamento do contrato,
juntamente com o gestor operacional;

III - serão feitas reuniões trimestrais de acompanhamento da atuação do


fornecedor e da ECT na relação contratual, após os resultados do questionário de
pesquisa de desempenho.

c) comprovar, ao órgão técnico, a implantação de pelo menos um programa de


controle de qualidade na sua organização;

d) demonstrar pró-atividade na execução dos serviços ou fornecimento do material


contratado, que é entendida como a capacidade do fornecedor em antecipar a solução de
possíveis problemas e/ou desconformidades do objeto contratado;

e) treinar funcionários em pelo menos 4 horas por semestre:

I - o fornecedor deverá garantir pelo menos 04 horas de treinamento por


empregado por semestre, podendo ser cursos presenciais, à distância, internos e
informativos.

f) participar das reuniões solicitadas pela ECT.

5 CANAIS DE COMUNICAÇÃO

5.1 Os canais de comunicação com o fornecedor serão sempre por meio de cartas, e-
mail, telefone, reuniões e telegramas, realizados pelos órgãos técnico ou administrativo.

5.2 Os contatos por segmento de fornecedor serão informados junto com esta cartilha.

5.3 O relacionamento e contatos com o fornecedor serão feitos pelo fiscal do contrato,
representante do órgão gestor administrativo ou órgão gestor operacional onde é
executada a prestação do serviço ou o fornecimento do material.

5.4 Todas as reuniões, contarão com a presença dos representantes dos órgãos gestores
operacional e administrativo, fiscal do contrato e representante legal do fornecedor,
sendo lavrada ata como documento comprobatório dos esclarecimentos e decisões
acerca da gestão do respectivo contrato.

*****

75250505-0