Está en la página 1de 6

Introdução

Divisão da teoria: Escola Clássica, enfoque comportamental, enfoque sistêmico,


enfoque de qualidade e modelo japonês.
Os mercados Hoje em dia não crescem da mesma forma que antigamente são muitos
concorrentes.
OS recursos e os consumidores são escassos. A enfase é a competividade.

Escola Clássica
A administração começou a nascer na revolução industrial, um dos principais
conceitos era a divisão do trabalho.
Era mais fácil fabricar um pedaço do produto, do que o produto inteiro.Ex:Em vez de
uma pessoal produzir o alfinete inteiro ela produzia só a ponta e o resto seria outro
setor.

Os Principais nome da Administração eram Pesquisadores como, Frederick Taylor,


industriais como, Henry Ford; executivos,como Henri Fayol; cientistas,como Max
Weber.

Henri Fayol:Administração é o processo de planejar, organizar, comandar, cordenar e


controlar.

Taylor e a administração Científica no Final do século XIX para o Século XX No fim


da Guerra civil foi o começo da Indústria expandiu aceleradamente Foi ai que surgiu
empresas como Ford, General Motors, Goodyear entre outras.
As Condições no inicio do século XX fizeram essa preocupação dar origem ao
primeiro evento importante da história da administração contemporânea:O
movimento da administração científica.

Principios da administração Científica


Taylor Apresentou à sociedade Americana de engenheiros mecânicos o estudo SHOP
MANAGEMENT, No qual punha a filosofia da administração, que compreendia
quatro principios:

a.O objetivo da administração era pagar salários altos e ter baixos custo de produção.

b.COm esse objetivo, a administração deveria aplicar métodos de pesquiisa para


determinar melhor maneira de executar tarefas.

c.OS empregados deveriam ser científicamente selecionados e treinados,de maneira


que as pessoas e as tarefas fossem compatíveis.
d.Deveria haver uma atmosfera de íntima e cordial cooperação entre a administração
e os trabalhadores.

PARTICIPANTES DO MOVIMENTO
O Casal Frank e Lilian Gilbreth, que desenvolveu técnicas para a minimização de
tempos e movimentos.

Henry Gannt, que criou o gráfico de Gannt ou Cronograma, Gannt era um humanista
preocupado com o bem estar das pessoas.

Hugo Munsterberg, que é considerado o criador do p´sicologia indústrial


.Munsterberg criou e empregou os primeiros testes de seleção de pessoas.

FORD E A LINHA DE MONTAGEM


a.O Primeiro Principio é a divisão do trabalho, o processo de fabricar o produto
dividido em partes.

b.O segundo princípio é a fabricação de peças e componetes padronizados e


intercambiáveis.

LINHA DE MONTAGEM MÓVEL


No coomeço de 1914, a Ford adotou a linha de montagem móvel e mecanizada para a
montagem de chassis.Esse Processo passou a consumir 1 hora e 33 minutos , em
contraste com as 12 horas e 28 minutos necessárias no ano anterior.

Fayol e o processo administrativo: Ao lado de Tayloe Ford, Fayol é um dos


contribuintes mais importantes do desenvolvimento do conhecimento administrativo
moderno.

a.A Administração é uma função distinta das demais funções, como finanças,
produção e distribuição.
b.A Administração é um processo de planejamento, organuzação, comando,
coordenação e controle
c.O sistemade administração pode ser ensinadoe aprendido.

Um Gerente não pode entrar no detalhe técnico tem que fazer a gestão.

PAPEL DO DIRIGENTE
O Trabalho do dirigente consiste em tomar decisões, estabelecer metas, definir
diretrizes e atribiur responsabilidades aos integrantes da organização,de modo que as
atuvidades de planejar,organizar,comandar,coordenar e controlar estejam nema
sequencia lógica.

PRINCIPIOS DA ADMINISTRAÇÃO
a.Divisão do trabalho
b.Autoridade e responsabilidades
c.DIsciplina: Os respeito de acordos estabelecidos entre as empresas e seus
dirigentes.
d.Unidade de Comando
e.Centralização:O equilibrio entra a concentração e os poderes de decisão no chefe.
f.Cadeia de Comando(Linha de autoridade):Ou Hierarquia, a série dos chefes desde o
primeiro ao ultimo escalão.
g.Ordem,um lugar para cada pessoa e cada pessoa em seu lugar.

A DOMINAÇÃO DO CARÀTER CARISMÀTICO

A dominação de fundo carismático repousa na crença da santidade, heroísmo ou


exemplaridade de uma pessoa e nas ordenações por ela criadas ou reveladas.

A DOMINAÇÂO DO CARÀTER TRADICIONAL

A Dominação do fundo Tradicional repousa sobre a crença quotidiana na santidade


das tradições que vigoram desde tempos destantes e na legitimidade daqueles que são
indicados por essa tradição para exercer autoridade.

A DOMINAÇÃO DE CARÁTER RACIONAL

A Dominação do fundo racional repousa sobre a crença na legalidade de ordenações


instituidas racionalmente e dos direitos de mando das pessoas a quem essas
ordenações responsabilizam pelo exercício da autoridade.

ENFOQUE COMPORTAMENTAL

O enfoque comportamental cobre vasta gama de interesses no estudo, que se divide


em dois grandes ramos.
O Primeiro ramo abrange as teorias sobre o comportamento das pessoas com
indivíduos: suas carácterísticas pessoais.
O segundo ramo abrange os comportamentos coletivo nas organizações, cobrindo
temas como clima e cultura organizacional e grupos informais.

A EXPERIÊNCIA DE HAWTHORNE

Um Grupo de pesquisadores da universidade de Harvard foi contratado para


desenvolver um estudo numa fábrica de Western Eletricm para descobrir se as
variações na iluminação teriam algum efeito sobre o desempenho dos trabalhadores.
A ESCOLA DAS RELAÇÕES HUMANAS

Enfoque
a.A qualidade do tratamento dispensado pela gerência aos trabalhadores influencia
fortemente seu desempenho.Bom tratamento,bom desempenho.

b.O sistem social formado pelos grupos determina o resultado do indivíduo,que é


mais leal ao grupo do que à administração. Se o grupo Resolve ser leal à
Administração, o resultado é positivo a sua empresa.O resultado é negativo a sua
empresa quando o grupo resolve atender a seus próprios interesses.

ENFOQUE SITÊMICO

A Escola clássica tem uma visão da administração em que predominam os fatores


técnicos; na escola comportamental, predominam os fatoreshumanos.A Integração
desses dois enfoques é um dos interesses do enfoque sistêmico.
A essência do enfoque sistêmico é a idéia de elementosque interagem e influenciam-
se para realizar objetivos.

GESTALT

A base da teoria da Forma é a idéia de que a natureza de cada elemento é definida


pela estrutura e pela finalidade do conjunto a que pertence.

BERTALANFFY E A TEORIA GERAL DOS SISTEMAS

A Teoria é feita de sistemas,que explora “todos”e “totalidades”, tem duas idéias


básicas:
a.A Realidade é feita de sistemas, que são feitos de elementos interdependentes. A
realidade não é feita de elementos isolados, sem qualquer relação entre si.
b.Para compreender a realidade, é preciso analisar não apenas elementos isolados,
mas suas inter-relações, por meio de enfoques interdiciplinares.

WIENER E A CIBERNÉTICA

Essa disciplina foi concebida por Wiener para definir o campo da ciência que busca
encontrar os elementos comuns no funcionamento das maquinas e do sistema nervoso
humano.Trata-se de uma teoria (e de diversas técnicas) do controle e da comunicação.
Em maquinas e organismos vivos.
a.O sistema busca alcançar um objetivo(ou alvo)
b.O sistema deve informar-se continuamente sobre a situação do alvo e sobre sua
própria situação, a fim de comportar-se de forma a atingi-lo.
c.O sistema deve ser montado e administrado de forma que seus elementos
providenciem a informação necessária sobre sua situação e o objetivo.O sistema deve
processar essa informação e ajustar seu comportamento às exigências impostas pelo
objetivo.
d.O mecanismo que fornece a informação sobre o desempenho do sistema e do
objetivo é o feedback- a informação que volta ao sistema.

ENFOQUE DA QUALIDADE
A evolução do controle da qualidade para a moderna administração da qualidade total
é uma história que tem três períodos, filosofias ou “eras” principais.

Era da Inspeção :
Produtos são veríficados um a um.
Cliente participa da inspeção
Inspeção encontra defeitos,mas não produz qualidade.

Era do controle estático:


Produtos são veríficados por amostragem.
Departamento especializado faz controle da qualidade.
Ênfase na localização de Defeitos.

Era da Qualidade Total:


Processo produtivo é controlado
Toda a empresa é responsável.
Ênfase na prevenção de defeitos.
Qualidadeassegurada;Sistema de administração de qualidade.

Era da Inspeção:

A inspeção do produto é praticada pelos consumidores nas feiras livres e no comércio


de produtos artesanais.

ERA DO CONTROLE ESTÁTICO

De Acordo com Feigenbaum, o departamento da qualidade deveria ter atribuições


típicas de acessoria, tais como incentivar o treinamento para o controle de qualidade e
a pesquisa, e realizar as atividades propriamente ditas de controle da qualidade .

ERA DA QUALIDADE TOTAL

Nesse estágio, a era da qualidade total, a ênfase desloca-se para o sistema da


qualidade .Agora a qualidade não se diz a respeito de produto ou serviço, nem é
apenas uma responsabilidade do departamento de qualidade.A qualidade é um
problema de todos os funcionários e abrange todos os aspectos da operação da
empresa.
QUALIDADE ASSEGURADA

Á Medida que se viam forçadas a aprimorar a qualidade de seus próprios produtos e


serviços,muitas grandes empresas indústriais perceberam que elas também eram
responsáveis pela qualidade de seus fornecedores.
Por meio de um programa de garantia da qualidade, uma empresa qualquer numa
cadeia de produção, procura aprimorar e controlar a administração da qualidade de
seus fornecedores, e não a qualidade de seus produtos e serviços.

PRODUÇÃO ENXUTA

Desenvolvida pela Toyota, e adotadas por outras empresas.


Os igredientes foram agregados, originando um conjunto de soleções que se tornou
conhecido como “as artes industriais Japonesas” ou “o modelo Japonês de
administração”.O conjuntodessas técnicas e soluções também ficou conhecido como
sistema de produção enxuta, por causa de sua oruentação para a economia de
recursos.