Está en la página 1de 5

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS.

IPUC – ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO.


DISCIPLINA: CULTURA RELIGIOSA I.
PROFESSOR: PAULO A. C. FARIA.
DATA CONTEÚDO – 7o per. ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO
1. 09/02 Apresentação do curso.
2. 10/ Apresentação do programa. Organização das tarefas
3. 16 Idem anterior.
4. 17 Idem anterior.
5. 23 Filme : “Quase Deuses”
6. 24 Idem anterior, seguido de debate.
7. 02/03 Estudo dirigido: A questão do sentido da vida Paulo A. C, Faria.(Ver SGA)
8. 03 Introdução ao conceito de Sagrado: Debate a partir do texto Texto: “Jovens na sociedade Brasileira” (NO SGA
9. 09 QUARTA FEIRA DE CINZAS
10. 10 Vídeo: O SAGRADO”.
11. 16 ED “O Sagrado” Ver texto no SGA
12. 17 Trabalho com a obra “O que é Religião” de Ruben Alves. São Paulo, Loyola, 1999.
http://www.scribd.com/doc/8913702/Rubens-Alves-o-Que-e-Religiao-Serie-Primeiros-Passos

Dois capítulos inciais: Perspectivas e símbolos da ausência. Leitura obrigatória para todos (as)
13. 23 Idem anterior
Edílio dos Sagrado:... Fabiane... Rodolfo
A coisa que nunca mente.. Bruno MIguet... Francisco
Flores sobre as correntes... Diego.. Rafael S...
A voz do desejo.... Gustavo;;; MIchelle
14. 24 Idem anterior.
O dois últimos capítulos Deus dos oprimidos e e A aposta. Leitura obrigatória para todos as).
15. 30 O SAGRADO EM FORMA NÃO RELIGIOSA: Aula expositiva a partir da obra de Jung Mo Sung: Desejo,
Mercado e Religião.
16. 31 Trabalho em grupos a partir do primeiro capitulo da obra acima indicada:Teologia e economia, uma visão
introdutória..
17. 06 Devolução e comentário dos trabalhos anteriores.
18. 07 Aula disponível para preparar a apresentação dos trabalhos
19. 13 Avaliação individual escrita.
20. 14 Apresentação Hinduísmo....Fabiane...
21. 20 Apresentação / Budismo Rodolfo..
22. 21 Apresentação Judaísmo Bruno MIguet...
23. 27 Apresentação cristianismo catolicismo Francisco...
24. 28 Apresentação cristianismo protestantismo Diego...
25. 04/05 Apresentação Islamismo /..... Rafael S...
26. 05 Apresentação espiritismo./... Gustavo
27. 11 Apresentação religiões afro-brasileiras. /...MIchelle...
28. 12 Conclusão dos trabalhos sobre religiões
29. 18 O pluralismo religioso. “O sagrado em novos itinerários “ Faustino Teixeira (Ver SGA)
30. 19 Idem anterior.
31. 25 Texto: As 10 regras para o diálogo interreligioso
32. 26 Debate com o professor a partir dos textos (diversas concepções de Deus) em grupos de aluno (as) que
estudaram o mesmo texto.(Consultar as orientações no SGA)
De 8:50 a 9:40 – Alunos (as) que estudaram o textos “A contribuição de Gandhi...” Fabiane... Rodolfo
De 9:40 a 10:30 – Alunos (as) que estudaram o textos “Deus silencioso...” Bruno MIguet... Francisco
33. 01/06 Debate com o professor a partir dos textos (diversas concepções de Deus) em grupos de aluno (as) que
estudaram o mesmo texto.
De 8:50 a 9:40 – Alunos (as) que estudaram o texto “Deus na Experiência Rel Africana.”... Diego.. Rafael
De 9:40 a 10:30 – Alunos (as) que estudaram o texto “Deus não religioso de JC.” Gustavo;;; MIchelle
34. 02 Trabalho em grupo a partir dos textos anteriormente estudados.
35. 08 Fechamento do estudo de texto (diversas concepções de Deus)
36. 09 Avaliação final
37. 15 Avaliação repositiva
38. 16 Reavaliação

DISTRIBUIÇÃO DOS PONTOS:


Estudo Dirigido“A questão do sentido da vida” – 5 pts.
Estudo dirigido “O Sagrado”: 5 pontos.
Estudo da obra “O que é religião?” 10 pontos.
Estudo do Texto: Teologia e economia: 5 pontos.
Trabalho Religiões: 20 pts..
1a Avaliação escrita individual: 20 pts;
Estudo de texto (concepções de Deus): 10 pts.
Avaliação final: 25 pontos.
Re-avaliação: 100 pontos.

ORIENTAÇÃO PARA OS TRABALHOS QUE ACUMULAM PONTOS NO SEMESTRE.

I) AVALIAÇÕES INDIVIDUAIS ESCRITAS:

1) O aluno (a) deve responder as questões de forma objetiva. Neste tipo de avaliação não costuma ser pedido nenhum tipo de
opinião pessoal. A matéria é sempre cumulativa.
2) Se o (a) aluno (a) perder qualquer avaliação parcial poderá fazer uma substitutiva em dia e horário marcado pelo professor,
mediante requerimento ao coordenador do curso. Ou então se tiver previamente combinado com o professor esclarecendo
o motivo.
3) Quando houver consulta nas avaliações ou em qualquer outro trabalho, esta será única e exclusivamente sobre anotações
pessoais do(a) aluno (a), nunca sobre as obras dos autores estudados, nem sobre anotações (fotocopiadas) de outros
colegas.
4) A tolerância para atraso em dia de prova é de, no máximo, 30 minutos.

II) Trabalho sobre RELIGIÕES:

Objetivo: Favorecer o conhecimento de grandes tradições religiosas e a experiência religiosa originária de cada uma delas,
bem como a sua situação atual e fim de adquirir melhor discernimento a respeito do fenômeno religioso e suas características
próprias.
Desenvolvimento: Em grupos, cada um se encarregará de pesquisar uma das religiões indicadas.
Etapas: Pesquisa bibliográfica.
Pesquisa de campo (quando possível.).
Preparar apresentação (Ver item “E” abaixo)
Apresentação em sala.
Obs. Importante: Ajuda muito que pelo menos uma parte do grupo faça uma visita e entreviste alguém ligado ao fenômeno
religioso pesquisado É possível convidar um representante da religião pesquisada para dar um TESTEMUNHO e conversar
com a turma, desde que:
Combinado previamente com o professor,
Não venha a substituir a apresentação do grupo,
Saiba que não se trata de fazer proselitismo, comparações, etc.
O convidado (a) deverá simplesmente dizer como ele vive a sua fé e a importância dela para a sua vida.

Roteiro da pesquisa:
1. Origem histórico-cultural da religião estudada.
1.1) História geral e no Brasil. Fundador (es) e principais figuras históricas.
1.2) Contexto cultural, político, econômico, religioso.
1.3) Que fato, necessidade, busca, inspiração, intuição primeira motivou a fundação desta religião. (O que “detonou” o
fenômeno religioso em questão?).
1.4) O que ela trouxe (traz) de novo? (Originalidade em relação a outros credos.).
1.5) Situação atual: Presença no mundo, localizar lugares sagrados e de peregrinação (apresentar mapas), transformações
provocadas pelo impacto com o mundo moderno. Correntes, tendências, divisões e movimentos dentro do fenômeno
estudado. Perspectivas e desafios atuais.

2. O credo (O conteúdo próprio da fé religiosa em questão).


Descrição do sagrado primordial (“Deus (a) ou deuses (as)”). Em que o fiel adepto desse credo religioso acredita como
sendo o “ser superior”? Origem do mal no mundo? Vida após a morte? Salvação e destino último do ser humano?

3. Celebrações, símbolos, rituais e mitos:


3.1) Formas de o fiel estabelecer relação com o sagrado: Oração, meditação, devoções em nível pessoal e coletivo.
(obrigatoriedade destes atos)
3.2) Festas e celebrações. Descrição e significado dos principais símbolos, ritos e liturgias. (caso haja muitos citar os de
importância secundária e descrever os principais)
3.3) Livros sagrados (Bíblia, Alcorão, Vedas, etc). Pesquisar sobre a sua formação, autores, transmissores, redatores,
versões, conteúdo, objetivos, influências. Quando não houver uma tradição escrita, pesquisar sobre os mitos: Observar
as histórias sagradas que são contadas, suas interpretações, etc.

4. Aspectos doutrinais e éticos. A melhor forma de atender este item é através de alguma entrevista, ou ainda se
pesquisarem em algum periódico publicado pela tradição religiosa estudada.
Fundamentado na experiência religiosa em questão, de forma especial no que é transmitido pela tradição e a interpretação dos
livros sagrados, verificar o ponto central da doutrina e quais os ensinamentos a respeito de temas atuais, tais como: Diálogo
Inter-religioso (existe alguma efetivação ou iniciativa neste sentido? Quais? Quais os resultados obtidos?), Manipulação
genética, eutanásia Relação homem-mulher (casamento, divórcio, métodos contraceptivos, etc), Relação fé e política, relação
fé e ciência Este último ponto será observado de maneira especial , pois nele está contido uma possível ponte entre o universo
técnico científico e a dimensão religiosa.

5. Conclusão do grupo a partir deste estudo procurando fechar o trabalho com um balanço do estudo feito. Esta conclusão
deve ser entregue por escrito ao professor.

Apresentação em sala:
A) Pontualidade. (50 min. a partir do início da aula) O tempo e espaço devem ser organizados de forma criativa e
razoável. O grupo que achar que sua apresentação ultrapassará o tempo determinado, deverá necessariamente
justificar ao professor com pelo menos uma semana de antecedência. Não será permitida mudança de última hora.
B) Todos os integrantes devem estar presentes. É importante, mas não é necessário que todos intervenham na exposição.
C) Clareza, organização e articulação das idéias.
D) Apresentação para a turma do esquema das idéias centrais da apresentação, isto é, o roteiro da apresentação deve
ser exposto através de slides (Data Show) ou mesmo em lâminas (retroprojetor).

ENTREGAR AO PROFESSOR:
E) Entregar ao professor logo no início da apresentação uma cópia do roteiro (item “D” logo acima), junto com o
nome dos componentes do grupo, Bibliografia utilizada e a conclusão (item 5 acima).

III) ESTUDO DA OBRA: O que é relgião? Rubens Alves. São Paulo, Loyola, 1999.

http://www.scribd.com/doc/8913702/Rubens-Alves-o-Que-e-Religiao-Serie-Primeiros-Passos
Objetivo: Refletir sobre a origem de desenvolvimento da religião como fenômeno Humano.
Procediemento:

1. Cada aluno (a) deverá ESTUDAR detalhadamente a parte da obra que foi indicada pelo professor. Trata-se de um estudo
e não de uma simples leitura: Para ajudar pode anotar:

1. AS IDÉIAS CENTRAIS DO TEXTO REDIGIDAS SEGUNDO O ENTENDIMENTO DO (A)


ALUNO (A).
2. AS DÚVIDAS E QUESTIONAMENTOS (Este será o decisivo) levantados no decorrer do estudo.

1º dia: Estudo dos 2 primeiros capítulos para todos (as).


2º dia: Estudo os quatro capítulos seguintes. Cada dois grupos se encarregará de um capítulo.
3º dia: Estudo dos dois últimos capítulos.

IV) ESTUDOS DIRIGIDOS:

FARIA, P. A. C. A questão do sentido da vida.(mimeo) no SGA


Fé Humana: Fé, Crença, religião.IN: FOWLER. J. Estágios da fé. São Leopoldo, Sinodal, 1992 Pgs 15-21.(Fotocopiar)

Em grupos os (as) alunos (as) responderão as questões sobre o texto propostas pelo professor. Os grupos poderão ser formados
no início do trabalho, os (as) alunos (as) poderão consultar o texto, todos devem estar com o texto em mãos ( condição esta de
participação ), cada aluno (a) deve permanecer do início ao fim do trabalho participando ativamente da resposta de
todas as questões.

ESTUDO DE TEXTOS SOBRE DIVERSAS CONCEPÇÕES DE DEUS.

PUSHPARAJAN A., “A contribuição de Gandhi para uma compreensão transreligiosa de Deus”. In CANTONE Carlo (org.),
A reviravolta planetária de Deus. Da “experiência religiosa” à “experiência secular”.São Paulo: Paulinas, 1995, pp
301-334. HENRIQUE... LAZLO ;;;

KIM Sung-Hae, “Deus silencioso. A concepção de Deus na perspectiva confucionista-taoista”. In ___________________ pp


335-356.CRISTIANO;;; MANOEL...

AWETO Pauline O., “Deus na experiência religiosa africana”. In ___________________ pp 357-


352.PATRÍCIA...ANDDRSON...

BARBAGLIO Giuseppe, “O Deus não religioso de Jesus Cristo”. In ________________ pp 465-496.LEANDRO...

Objetivo: Estudar individualmente e em seguida em grupos os textos a fim de perceber a unidade e diversidade nas
concepções de Deus, ponto que é decisivo para a efetivação do diálogo inter-religioso.

Procedimento:
1o Previamente o professor dividirá os textos para os grupos.
2o Na data marcada o professor se reunirá separadamente com cada grupo. A finalidade é retirar dúvidas que surgiram no
decorrer da leitura. Trata-se de discutir o texto no aspecto objetivo, isto é, no que diz respeito ao entendimento das idéias
do autor. O professor também poderá dirigir perguntas para os (as) alunos (as) do grupo ou para algum (a) participante em
particular.

2o Haverá na aula subseqüente ao debate com os dois últimos grupos um trabalho em grupos no mesmo molde do trabalho
feito com a obra Desejo, Mercado e Religião.

3o Numa terceira aula expositiva o professor irá reforçar os pontos importantes de cada texto com a ajuda dos (as) alunos
(as) que estudaram cada texto.

OBSERVAÇÃO: Para a avaliação escrita cada aluno (a) deverá dar conta de DOIS entre os textos estudados.

Obs. Importantes:

a) É condição para participar do trabalho em grupo que o (a) aluno se faça presente no debate.
b) Os textos são grandes e com idéias novas, nem sempre compreensíveis numa primeira leitura. Portando sejam precavidos
(as) começando o estudo o quanto antes.
Caso o(a) aluno (a) queira deixar o estudo para as vésperas da entrega, é recomendável que tire as cópias o quanto antes e
deixem o texto guardado. Infelizmente a organização de algumas salas de fotocópia tem falhado e os textos desaparecem. O
professor não se responsabilizará por estas falhas.
OBSERVAÇÃO FINAL: Os textos para debate devem ser lidos previamente para que haja um autêntico debate sobre as idéias
ali contidas. O professor destacará algumas dessas idéias no decorrer da aula. Aquelas que não comentar ou não for objeto de
nenhuma pergunta considerar-se-ão perfeitamente compreendidas e poderão ser objeto de avaliação.