Está en la página 1de 18

PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.

Atualidades – Salatiel Cavalcanti

II. Assunto: Desenvolvimento Sustentável

O que é desenvolvimento sustentável?


A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as
necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das
futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro. Essa
definição surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas
Nações Unidas para discutir e propor meios de harmonizar dois objetivos: o desenvolvimento
econômico e a conservação ambiental.
O que é preciso fazer para alcançar o desenvolvimento sustentável?
Para ser alcançado, o desenvolvimento sustentável depende de planejamento e do reconhecimento
de que os recursos naturais são finitos. Esse conceito representou uma nova forma de
desenvolvimento econômico, que leva em conta o meio ambiente. O homem tem que aprender a
preservar o meio ambiente e diminuir cada vez mais os impactos ambientais.
Alguns impactos ambientais provocados pelo homem
a. A DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO
Outro problema ambiente de caráter global que vem assustando muitas pessoas é a gradativa
destruição da camada de Ozônio (O3) existente na estratosfera ( Uma das camadas da atmosfera).
Esse gás é encontrado numa faixa de 10 a 70 quilômetros de altitude, mas sua maior concentração
ocorre a mais ou menos 25 quilômetros. Ele tem um papel fundamental na regulação da vida na
Terra, ao filtrar a maior parte dos perigosos raios ultravioleta emitidos pelo sol. Sabe-se que esses
raios podem causar no homem, entre outros problemas, câncer de pele e perturbações da visão.
Em 1979, pela primeira vez, verificou-se que a concentração de ozônio estava se tornando rarefeita
sobre a Antártida. Descobriu-se o famoso buraco na camada de ozônio. Os grandes vilões da
destruição do ozônio são os gases CFCs (Clorofluorcarbonos), usados como fluidos de
refrigeração, como solventes, nas embalagens de aerossóis etc.
b. POLUIÇÃO DO SOLO: O PROBLEMA DO LIXO
Um dos problemas mais sérios que qualquer cidade enfrenta, mas que é particularmente grave nas
enormes aglomerações urbano – industriais, é o lixo. O maior problema do lixo não está na coleta,
que em quase todos os estados do Brasil é razoavelmente satisfatória, mas na sua destinação
final. A grande maioria dos municípios brasileiros (86,4%) despeja o lixo a céu aberto, nos
chamados lixões. Os depósitos de lixo concentram metais e produtos químicos, como também os
fluidos altamente poluidores que escorrem de pilhas eletroquímicas, por exemplos. Já os materiais
orgânicos – restos de alimentos, papel etc., que poderiam ser separados e transformados em
adubos para a agricultura -, formam o chorume, um líquido denso, malcheiroso e também poluidor,
que penetra no solo atinge as águas superficiais e subterrâneas. Para evitar isso, é preciso
impermeabilizar o solo e construir canais especiais de drenagem e eliminação do chorume.
c. POLUIÇÃO DO AR: O EFEITO ESTUFA
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
4
4
O efeito estufa tem colaborado com o aumento da temperatura no globo terrestre nas últimas
décadas. Pesquisas recentes indicaram que o século XX foi o mais quente dos últimos 500 anos.
Pesquisadores do clima afirmam que, num futuro próximo, o aumento da temperatura provocado
pelo efeito estufa poderá ocasionar o derretimento das calotas polares e o aumento do nível dos
mares. Como conseqüência, muitas cidades litorâneas poderão desaparecer do mapa.
O efeito estufa é gerado pela derrubada de florestas e pela queimada das mesmas, pois são elas
que regulam a temperatura, os ventos e o nível de chuvas em diversas regiões. Como as florestas
estão diminuindo no mundo, a temperatura terrestre tem aumentado na mesma proporção.
Um outro fator que está gerando o efeito estufa é o lançamento de gases poluentes na atmosfera,
principalmente os que resultam da queima de combustíveis fósseis. A queima do óleo diesel e da
gasolina nos grandes centros urbanos tem colaborado para o efeito estufa. O dióxido de carbono e
o monóxido de carbono ficam concentrados em determinadas regiões da atmosfera formando uma
camada que bloqueia a dissipação do calor. Esta camada de poluentes, tão visível nas grandes
cidades, funciona como um isolante térmico do planeta Terra. O calor fica retido nas camadas mais
baixas da atmosfera trazendo graves problemas ao planeta.Pesquisadores do meio ambiente já
estão prevendo os problemas futuros que poderão atingir nosso planeta caso esta situação
persista. Muitos ecossistemas poderão ser atingidos e espécies vegetais e animais poderão ser
extintos. Derretimento de geleiras e alagamento de ilhas e regiões litorâneas. Tufões, furacões,
maremotos e enchentes poderão ocorrer com mais intensidade. Estas alterações climáticas
poderão influenciar negativamente na produção agrícola de vários países, reduzindo a quantidade
de alimentos em nosso planeta. A elevação da temperatura nos mares poderia ocasionar o desvio
de curso de correntes marítimas, ocasionando a extinção de vários animais marinhos e diminuir a
quantidade de peixes nos mares.
Protocolo de Kyoto
Este protocolo é um acordo internacional que visa a redução da emissão dos poluentes que
aumentam o efeito estufa no planeta. Entrou em vigor em 16 fevereiro de 2005. O principal
objetivo é que ocorra a diminuição da temperatura global nos próximos anos. Infelizmente os
Estados Unidos, país que mais emite poluentes no mundo, não aceitou o acordo, pois afirmou que
ele prejudicaria o desenvolvimento industrial do país.
Conferência de Bali
Realizada entre os dias 3 e 14 de dezembro de 2007, na ilha de Bali (Indonésia), a Conferência
da ONU sobre Mudança Climática terminou com um avanço positivo. Após 11 dias de debates e
negociações. Os Estados Unidos concordaram com a posição defendida pelos países mais pobres.
Foi estabelecido um cronograma de negociações e acordos para troca de informações sobre as
mudanças climáticas, entre os 190 países participantes. As bases definidas substituirão o
Protocolo de Kyoto, que vence em 2012.
d. O Desmatamento no Mundo
FOLHA ONLINE
19/05/2006 - 20h58
Bolívia denuncia devastação florestal causada por estrangeiros:
O governo da Bolívia denunciou nesta sexta-feira que mais de 600 mil hectares de áreas
florestais foram devastadas nos últimos três anos para a produção de soja, em sua maioria
pela ação de empresários agrícolas estrangeiros – muitos deles brasileiros – com a
cumplicidade de fazendeiros bolivianos. A denúncia foi feita pelo ministro de
Desenvolvimento Rural, Hugo Salvatierra, em um encontro com a imprensa estrangeira em
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
5
5
La Paz, no qual falou sobre os alcances da reforma agrária proposta pelo Executivo do
presidente Evo Morales.
Brasil é 1º em devastação de florestas, diz FAO:
Um relatório da FAO( Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação)
afirma que o Brasil é o país onde mais se devastaram florestas entre 2000 e 2005. A perda
anual de áreas florestais no país neste período chegou a 3,1 milhões de hectares por ano.
e. Chuva Ácida
A Chuva ácida é caracterizada por um pH abaixo de 4,5. É causada pelo enxofre proveniente das
impurezas da queima dos combustíveis fósseis e pelo nitrogênio do ar, que se combinam com o
oxigênio para formar dióxido de enxofre e dióxido de nitrogênio. Estes se difundem pela atmosfera
e reagem com a a´gua para formar ácido sulfúrico e ácido nítrico, que são solúveis em água.
Efeitos das Chuvas Ácidas
As indústrias químicas e as centrais térmicas jogam na atmosfera produtos contaminadores, como
os gases dióxido de enxofre e monóxido de nitrogênio os quais, com a ajuda do ozônio das
camadas baixas da atmosfera, oxidam-se e, com a umidade da chuva, convertem-se em ácidos
que se espalham pela terra, águas, árvores, plantações. O solo perde a fertilidade e os animais
terrestres, aquáticos e aves, acostumados com ambientes limpos não se adaptam a esses terrenos
que perdem sua vegetação natural. É letal à vida lacustre e prejudica as florestas e os solos.
Também corrói edifícios e pode ser perigosa para a saúde dos seres humanos. O efeito é
intensificado pelo fato de a chuva ácida liberar metais tóxicos, como cádmio e mercúrio,
usualmente fixados no solo.
f. POLUIÇÃO DAS ÁGUAS
Considerada um recurso inesgotável (renovável pelo ciclo natural de evaporação e de chuva), a
água do planeta foi consumida, desperdiçada e poluída de forma irresponsável, principalmente nas
últimas décadas.
As águas superficiais e subterrâneas, em especial as que se encontram próximo às regiões
industrializadas, estão seriamente poluídas. Centenas de rios e lagos dessas áreas não têm mais
qualquer tipo de vida, o que provoca doenças e mortes no interior dos continentes, além de
contaminar os oceanos.
Os agentes poluidores são inúmeros e variam do mercúrio empregado nos garimpos e dos
agrotóxicos agrícolas aos esgotos residenciais e industriais.
As ações humanas têm afetado também o sistema de renovação dos recursos hídricos: as bacias
hidrográficas já perderam mais da metade de sua cobertura vegetal original, acarretando a redução
no volume das águas. Dessa forma, o principal problema na atualidade não é escassez de água e
sim a diminuição da quantidade de água potável, devido à falta de saneamento, e a utilização das
águas na irrigação, responsável por dois terços do consumo global. Soma-se a isso a utilização da
água para a geração de energia.
Segundo o relatório da ONU – 2004, um em cada seis habitantes da Terra (cerca de 1 bilhão de
pessoas) não tem água potável para beber e dois em cada cinco não dispõem de acesso a
saneamento básico.
AQÜÍFERO GUARANI
(...) Ocorre nos estados de Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná,
Santa Catarina e Rio Grande do Sul; atingindo também os países Argentina, Paraguai e
Uruguai. Este aqüífero é responsável por cerca de 80% do total da água acumulada na Bacia
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
6
6
Sedimentar do Paraná. A área de ocorrência chega a 1.400.000 km2 e calcula-se que
constitua a maior reserva de água doce do mundo.
III. Assunto em Foco: A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
A transposição do rio São Francisco se refere ao polêmico e antigo projeto de transposição
de parte das águas do rio, nomeado pelo governo brasileiro como "Projeto de Integração do
Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional". O projeto é um
empreendimento do Governo Federal, sob responsabilidade do Ministério da Integração
Nacional – MI. Orçado atualmente em R$ 4,5 bilhões, que prevê a construção de dois canais
que totalizam 700 quilômetros de extensão. Tal projeto, teoricamente, irrigará a região nordeste
e semi-árida do Brasil. A idéia de transposição das águas é tida desde a época de Dom
Pedro II, já sendo vista como única solução para a seca do nordeste. Naquela época não
foi iniciado o projeto por falta de recursos da engenharia, mas algumas décadas mais tarde, foi
retomada a discussão do projeto, como em 1943 por Getúlio Vargas e em 1994 por
Fernando Henrique Cardoso. A polêmica criada por esse projeto tem como base o fato que
se a transposição for concretizada afetará intensamente o ecossistema ao redor de todo o
rio São Francisco. Também tem como base que há várias pessoas que acreditam que essa
transposição só vai ajudar os grandes latifundiários nordestinos pois grande parte do projeto
passa por grandes fazendas e os problemas nordestinos não serão solucionados. O projeto
prevê a construção de dois canais, sendo que um deles, o leste, terá cerca de 210 km, e
trará água ao estado de Pernambuco e levará água também para a Paraíba. O canal
norte, por sua vez, terá 402 km, e também beneficiará Pernambuco e Paraíba, mais o
Ceará e o Rio Grande do Norte.
Alguns impactos negativos com a tranposuiçaõ do rio São Francisco
1. Modificação nos ecossistemas.
2. Risco de redução da biodiversidade.
3. A desapropriação das terras.
4. A região do projeto possui muitos sítios arqueológicos, colocando-os em risco de perda
deste patrimônio devido às escavações..
5. Desmatamento de 430 hectares de terra com flora nativa e possível desaparecimento
do habitat de animais terrestres habitantes destas regiões.
6. Assoreamento do rio.
Questões
4. (Cesp - 2008) Revista J.B. Ecológico. Nov. 2007. (Adaptado).
O aquecimento global é um problema que coloca governos e sociedades diante de opções
estratégicas quanto ao futuro sustentável do planeta. O Protocolo de Kyoto representa um
esforço na busca de solução para esse problema. Entretanto, um importante Estado, que se
recusava a participar do Protocolo, assinou, recentemente, o Instrumento de Ratificação, o que
o tornará participante efetivo desse Protocolo, a partir de março de 2008.
Identifique esse Estado.
a. China.
b. Estados Unidos.
c. Austrália.
d.Índia.
e.Israel.
5.( Chesf – 2007) O projeto de transposição do Rio São2___ncisco, que pode ser a maior
obra do Governo Lula, embora esteja prevista no PAC(Plano de Aceleração do Crescimento)
vem encontrando uma série de obstáculos e resistência por parte de ambientalista e
população ribeirinha. Quais estados serão beneficiados pela transposição?
a) Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba.
b) Piauí, Ceará, Paraíba e Pernambuco.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
7
7
c) Maranhão, Piauí, Ceará e Pernambuco.
d) Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte.
e) Ceará, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.
7. (Consulplan – 2006) Em relação ao desmatamento da Amazônia Legal, qual é o estado
brasileiro que tem a maior área desmatada:
a) Pará
b) Amazonas
c) Acre
d) Rondônia
e) Tocantins
8. (IBGE – 2007) Na foto abaixo, observa-se a atividade de um garimpeiro de ouro, no rio
Tapajós, Amazônia. Um problema ambiental provocado diretamente pela atividade do garimpo,
na região em foco, é a(o):
a) ocorrência de chuvas ácidas em áreas rurais isoladas.
b) contaminação do meio natural e das pessoas pelo mercúrio.
c) agravamento das conseqüências do efeito estufa regional.
d) avanço das áreas atingidas pelo fenômeno da pororoca.
e) desmatamento em larga escala na área da bacia hidrográfica.
9. (Consulplan – 2007) Leia o recorte da reportagem” A natureza contra – ataca”, extraído
da revista Veja.
“O planeta começa a responder com derretimento de geleiras, secas escassez de água e
aquecimento global aos milhares de anos de agressões feitas pelo homem”.
O efeito mais apocalíptico dessa mensagem é o aquecimento global, cuja causa mais provável
é:
a) A alteração nos ciclos naturais do planeta e as mudanças na atividade solar.
b) A freqüência de incêndios nas florestas causados por altas temperaturas.
c) A concentração na atmosfera de gases produzidos pela queima de gasolina, óleos e outros
combustíveis por fábricas e veículos.
d) O aumento do uso da energia nuclear pelos países desenvolvidos.
e) O reconhecimento das lideranças políticas sobre os acordos internacionais de controle do
efeito estufa.
10. ( Consulplan – 2007) É preocupação dos ecólogos o fato de que as calotas polares
podem vir a sofrer um processo de descongelamento, em virtude de um aquecimento da
atmosfera terrestre. Esse aquecimento, conseqüência de um decorre de:
a) Depósito de lixo atômico
b) Aumento da taxa de gás carbônico na atmosfera
c) Redução da taxa de oxigênio na atmosfera
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
8
8
d) Aumento dos ecossistemas
e) Aumento da biomassa no planeta.
11. (Consulplan – 2006) “Vinte anos depois do acidente de Chernobyl, a radioatividade ainda
faz vítimas entre a população e na natureza do leste Europeu.” Okly de Souza. Este acidente
acontecido na Ucrânia se refere a:
a) Usina de energia hidrelétrica.
b) Usina de energia solar.
c) Usina de energia nuclear.
d) Usina de energia eólica.
e) Usina de energia geotérmica.
12. (IBGE 2007)
Texto: 1
“Os países desenvolvidos possuem menos de 25% da população mundial, mas consomem
75% de toda energia produzida, 70% dos combustíveis comercializados, 85% dos produtos de
madeira”.
Texto: 2
“O crescimento econômico fundado na acumulação de capitais criou padrões tecnológicos e
modernos de consumo que têm orientado e sustentado uma apropriação desigual e destrutiva
da natureza”.
Com base na comparação dos dois textos anteriores podemos afirmar que:
a) O consumo expressivo dos países desenvolvidos está diretamente relacionado à
superioridade tecnológica e à maior riqueza de suas condições naturais.
b) O modelo político-econômico imposto ao mundo pelos países desenvolvidos criou uma
profunda degradação ambiental e estabeleceu um padrão de consumo extremamente desigual
entre as nações.
c) A degradação ambiental no planeta está diretamente relacionada ao atraso tecnológico dos
países não-desenvolvidos, incapazes de transformar a natureza em riqueza material.
d) Os elevados padrões de consumo dos países desenvolvidos são resultados de uma política
econômica adequada às condições ambientais.
e) A degradação ambiental e os baixos padrões de consumo dos países não-desenvolvidos
são frutos de seu atraso cultural.
13. (Consulplan 2005) O mundo assistiu estarrecido a um desastre de grandes proporções no
fim de 2004. Ondas gigantes conhecidas como tsunami invadiram o litoral do sul da Ásia,
causando destruição e mais de 200 mil mortes. Vilarejos pesqueiros na região foram
destruídos, a eletricidade e as comunicações, cortadas, e as casas esmagadas.
Leia os tópicos abaixo.
I.Tsunami é uma palavra de origem japonesa que significa “grande onda”, cuja causa podem
ser abalos sísmicos que ocorrem na crosta terrestre.
II. Com a destruição das fontes de água potável, rede de esgoto e uma enorme quantidade de
corpos em decomposição espalhados, a Organização Mundial da Saúde avalia logo após o
desastre que o número de mortes poderia subir dramaticamente com epidemias como a cólera.
Tornou-se preciso providenciar água e assistência médica imediata para os países mais
afetados.
III.A catástrofe faz parte do resultado das inúmeras agressões dos seres humanos ao meio
ambiente, ou seja, uma “vingança da natureza”, como o aquecimento global do planeta.
Estão corretas:
a) Todas
b) Apenas I e II
c) Apenas II e III
d) Apenas I e III
e) Nenhuma
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
9
9
IV. Assunto: BLOCOS ECONÔMICOS

Com a economia mundial globalizada, a tendência comercial é a formação de blocos


econômicos. Estes são criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os países
membros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e buscam
soluções em comum para os problemas comerciais.
Os blocos econômicos podem ser classificados em quatro categorias distintas:
Os blocos econômicos classificam-se em zona de livre comércio, união aduaneira, mercado
comum e união econômica e monetária.
a) Áreas ou Zonas de Livre Comércio: Tratado de Livre Comércio (TLC) é um acordo
internacional onde há redução ou a eliminação das taxas alfandegárias que incidem sobre a
troca de mercadorias dentro do bloco.
b) União Aduaneira: Além de abrir mercados inteiros, regualmenta o comércio dos países
membros com nações externas do bloco.
C) Mercado Comum: Garante a livre circulação de pessoas, serviços e capitais.
d) União Monetária: Em economia, união monetária é a situação em que mais de um país
concordam em compartilhar uma moeda única.
1. União Européia: A União Européia ( UE ) foi oficializada no ano de 1992, através do
Tratado de Maastricht.
Países membros: Alemanha, França, Reino Unido, Irlanda, Holanda(países Baixos), Bélgica,
Dinamarca, Itália, Espanha, Portugal, Luxemburgo, Grécia, Áustria, Finlândia, Suécia, Polônia,
Estônia, Lituânia, Letônia, Hungria, Eslovênia, Eslováquia,República Tcheca, Chipre, Romênia(
em negociação: Croácia e Turquia).
Este bloco possui uma moeda única que é o EURO, um sistema financeiro e bancário comum.
Os cidadãos dos países membros são também cidadãos da União Européia e, portanto, podem
circular e estabelecer residência livremente pelos países da União Européia. A União
Européia também possui políticas trabalhistas, de defesa, de combate ao crime e de
imigração em comum. A UE possui os seguintes órgãos: Comissão Européia, Parlamento
Europeu e Conselho de Ministros.
2. NAFTA (North American Free Trade Agreement ou Tratado Norte-Americano de Livre
Comércio)
NAFTA entrou em vigor em 1994, com um prazo de 15 anos para a total eliminação das
barreiras alfandegárias entre os três países membros: Canadá, Estados Unidos e México,
estando aberto a todos os Estados da América Central e do Sul.
Objetivos:
• Garantir aos países participantes uma situação de livre comércio, derrubando as
barreiras alfandegárias, facilitando o comércio de mercadorias entre os países
membros.
• Reduzir os custos comerciais entre os países membros.
• Ajustar a economia dos países membros, para ganhar competitividade no cenário de
globalização econômica.
• Aumentar as exportações de mercadorias e serviços entre os países membros;
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
10
10
Vantagens para os países membros
• Empresas dos Estados Unidos e Canadá conseguem reduzir os custos de produção,
ao instalarem filiais no México, aproveitando a mão-de-obra barata.
• O México ganha com a geração de empregos em seu território.
• O México exporta petróleo para os Estados Unidos, aumento a quantidade desta
importante fonte de energia na maior economia do mundo.
• A produção industrial mexicana, assim como as exportações, tem aumentado
significativamente na última década.
• A geração de empregos no México pode ser favorável aos Estados Unidos, no sentido
em que pode diminuir a entrada de imigrantes ilegais mexicanos em território norteamericano.
• Negociando em bloco, todos os países membros podem ganhar vantagens com
relação aos acordos comerciais com outros blocos econômicos.
3. ALCA (Área de Livre Comércio das Américas)
Objetivo: Eliminar as barreiras alfandegárias entre os países americanos.
A Área de Livre Comércio das Américas (ALCA) é um acordo comercial idealizado pelos
Estados Unidos. Este acordo foi proposto para todos os países da América, exceto Cuba,
segundo o qual seriam gradualmente derrubadas as barreiras ao comércio entre os
estados-membros e prevê a isenção de tarifas alfandegárias para quase todos os itens
de comércio entre os países associados.
Este acordo foi delineado na Cúpula das Américas realizada em Miami, EUA, em 9 de
Dezembro de 1994. O projeto é resultado da tendência, no contexto da globalização, onde os
países procuram estreitar as relações comerciais por meio de uma integração mais efetiva,
onde as trocas comerciais possam acontecer de forma menos burocrática e com maiores
incentivos
4. Mercosul (Mercado Comum do Sul)
O Tratado de Assunção foi assinado em 26 de março de 1991, entre a Argentina, Brasil,
Paraguai e Uruguai, com objetivo de criar um mercado comum entre os países.O mercosul
conta com cinco Estados membros: Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina,
Venezuela(processo de aprovação) ; Bolívia, Chile, Peru, Colômbia, Equador(países
associados) e México( país observador)
5. APEC( Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico)
Este bloco foi criado em 1993 na Conferência de Seatle(EUA).Integram este bloco os seguintes
países EUA, Japão, China, Formosa (Taiwan), Coréia do Sul, Hong Kong, Cingapura, Malásia,
Tailândia, Indonésia, Brunei, Filipinas, Austrália, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Canadá,
México e Chile.
Questões
14.
A sociedade global
As pessoas se alimentam, se vestem, moram, se comunicam, se divertem, por meio de bens e
serviços mundiais, globalizado. Suponhamos que você vá com seus amigos comer um Big Mac
e tomar coca-cola no McDonald’s.Em seguida, assiste um filme de Steven Spiiilberg e volta
para casa num ônibus da marca Mercedes.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
11
11
Ao chegar em casa, liga seu aparelho de TV da marca Philips para ver o vido clipe de Michael
Jackson e, em seguida, deve ouvir um cd do grupo Simply Red, gravado pela BMG Ariola
Discos em seu equipamento Aiwa.
Veja quantas empresas transnacionais estiveram presentes nesse curto programa de
algumas horas.
Com base nesse texto, identifique a resposta correta:
a) Empresas transnacionais pertencem a países de uma mesma cultura.
b)O capitalismo globalizado atinge apenas a Europa e América do Norte.
c)A globalização do capitalismo neutralizou o surgimento de movimento nacionalistas de forte
cunho cultural e divisionista.
d)O capitalismo globalizado está eliminando as particularidades culturais dos povos da Terra.
e)A cultura transmitida por empresas transnacionais, tornou-se um fenômeno criador das novas
nações.
15. (IBGE – 2006) Sobre a Globalização, assinale a afirmativa incorreta.
a) Nos países pobres, os custos sociais da globalização são muito altos, ocasionando o
aumento do desemprego e, por conseqüência, dos excluídos.
b) Na globalização, a mão-de-obra menos qualificada é descartada, adotando-se a prática da
terceirização do trabalho.
c) A globalização tem aumentado às migrações de pessoas dos países pobres para os países
ricos.
d) Com o advento de uma concorrência mundial, as empresas, antes ineficientes, foram
obrigadas a se modernizarem e a terem preços e qualidades competitivos.
e) A globalização é marcada pelo intenso crescimento, apenas, das telecomunicações globais
e pelo sistema financeiro.
16. Relacione os textos 1, 2 e 3 aos respectivos blocos econômicos abaixo
apresentados.
TEXTO 1
Esse bloco econômico foi criado em 1991, por meio da assinatura do tratado de Assunção.
Funciona como zona de livre comércio desde 1994. A transformação desse bloco em união
aduaneira, ocorrida parcialmente em 1995, aumentou a integração comercial entre os países
membros. Além de quatro membros fundadores, possui alguns países associados.
TEXTO 2
Por ser o mais antigo, esse bloco econômico serviu de modelo para a formação dos demais
blocos econômicos. Possui um conjunto de instituições com poderes próprios, cujas decisões
devem ser seguidas pelos governos, empresas e cidadãos de todos os países membros. A
desigualdade econômica existente entre seus países membros tem sido um dos principais
problemas enfrentados pelo bloco.
TEXTO 3
Criado em 1993, esse bloco é liderado pelos Estados Unidos. Nele vivem mais de 400 milhões
de habitantes e consumidores com elevado poder aquisitivo (com exceção de grande parte da
população de um de seus países membros). Grande número de empresas dos EUA já se
instalou em um dos seus países membros em busca de mão-de-obra barata.
Blocos econômicos:
( ) União Européia
( ) Mercosul
( ) Nafta
A seqüência correta de cima para baixo é:
a.2, 3 e 1. b. 2, 1 e 3. c.3, 1 e 2.
d. 1, 3 e 2. e. 3, 2 e 1.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
12
12
17. Sobre a Área de Livre Comércio das Américas (ALCA), podemos afirmar:
I. A implantação da Alca favorece, sobretudo, os Estados Unidos que exercerão hegemonia,
face ao poder de competição da sua economia.
II. O interesse da Alca para os Estados Unidos consiste em ampliar as importações de bens
de alta tecnologia e de serviços para as principais economias da América do Sul.
III. A Alca tem por finalidade a formação de uma união aduaneira, um mercado comum de
livre circulação de pessoas e a constituição de uma zona de livre comércio.
IV. No Brasil, há opiniões divergentes sobre a decisão entre a adesão ou a recusa, em
ingressar no bloco, pelo receio de uma dependência ainda mais acentuada de capitais e
tecnologias externas.
Os itens incorretos são:
a) apenas I,II e III.
b)apenas II, III e IV.
c)apenas III e IV.
d) apenas II e III. e)apenas I,III e IV
18. As diversas formas de integração econômica representam graus variáveis de integração.
Dentro dessa perspectiva, existe uma classificação de formas de integração que já é
considerada clássica. Sobre esta questão, analise as afirmativas que se seguem.
1. Em uma Área de Livre-Comércio ficam abolidas as tarifas alfandegárias entre os países
participantes.
2. A consolidação de uma União Aduaneira suprime a discriminação dos movimentos de
mercadorias dentro da União.
3. Em um Mercado Comum ocorre a abolição das restrições comerciais e movimentos de
fatores.
4. Uma União Econômica combina a suspensão das restrições aos movimentos de
mercadorias e de fatores com a harmonização das políticas econômica, monetária, fiscal e
social.
Estão corretas:
a) 1 e 2, apenas.
b) 2 e 3, apenas.
c) 1, 3 e 4, apenas.
d) 1,2,3 e 4.
e) 1 e 3, apenas.
19. (Consulplan - 2007) Os blocos econômicos surgiram nas últimas décadas, numa
conjuntura internacional marcada:
a) pelo aumento das taxas alfandegárias, forma encontrada pelos diferentes países para
impedir os problemas das dívidas internas.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
13
13
b) pelas articulações realizadas por países do Terceiro Mundo, que precisavam se unir para
ter forças para enfrentar os países industriais desenvolvidos.
c) pelas tentativas de unificação das culturas, já que os grandes obstáculos para a integração
dos povos residiam nas diferenças nacionais, sobretudo em razão do idioma e da religião.
d) pela necessidade da abertura da economia, em um mercado altamente competitivo, onde
as grandes empresas que controlam as tecnologias acabam adquirindo maior poder de
decisão que os Estados nacionais.
e) pelas necessidades que os países capitalistas tinham de impedir o avanço das economias
baseadas na planificação e na ditadura do proletariado.
20. ( Consulplan – 2007) Neste início de milênio, em função das mudanças na geopolítica
mundial, o mundo está dividido em vários blocos econômicos. Assinale a alternativa que
contém os blocos aos quais pertencem exclusivamente países da América do Norte.
a) Alca. b) Nafta. c) Mercosul. d)Apec.
21. O bloco econômico que corresponde corretamente ao texto e à imagem, referentes a um
dos seus países membros é:
a) a União Européia. b) o Nafta. c) a Alca. d) o Mercosul. e) o Apec.
V. Assunto: CHINA
A Economia da República Popular da China é - depois dos Estados Unidos da América, do
Japão e da Alemanha - a quarta maior economia do mundo em termos de produto interno
bruto, com um volume de 2,2 trilhões de dólares (18,2 trilhões de yuans). 70 % do produto
interno bruto é derivado do setor secundário e terciário. A economia do setor público é
dominado por cerca de 200 empresas estatais grandes atuando nas àreas de utilidade pública
e indústria pesada. Por seu volume a China participa com 13% da economia mundial e 21% da
população do planeta. Já é a maior produtora de alimentos e manufaturas do globo, perdendo
apenas no valor mundial para os EUA na mineração e no setor de serviços.
A República Popular da China faz parte do tratado internacional chamado APEC (Asia-Pacific
Economic Cooperation), um bloco econômico que tem por objetivo transformar o Pacífico numa
área de livre comércio e que engloba economias asiáticas, americanas e da Oceania.60% da
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
14
14
população se dedica à agricultura, que visa o atendimento do mercado interno: trigo, milho,
arroz e cereais. As produções destinadas à indústria são: algodão, tabaco, cana-de açúcar, chá
e amoreira. As principais regiões agrícolas estão em sua porção oriental (nas planícies e
regiões banhadas pelos rios). A China é um país rico em recursos minerais e energéticos:
ferro, manganês, tungstênio, estanho, carvão mineral e petróleo. A industrialização se torna
cada vez mais forte no país e é diversificada. A China apresenta um dos maiores índices de
crescimento econômico do mundo (10% ao ano).
Dentro do programa de aceleração para o seu desenvolvimento, a China criou as ZEEs (Zonas
Econômicas Especiais da China – regiões preparadas para receber indústrias estrangeiras)
,que constituem o principal mecanismo de abertura econômica chinesa. Foram criadas na
segunda metade da década de 70 junto ao litoral ocidental.
Base de formação e consolidação das ZEE é:
• Abertura de mercado ao capital estrangeiro, mas também com forte participação
estatal.
• Produção industrial diversificada e voltada especialmente para as exportações.
• Mão-de-obra barata e abundante.
• Assumem o modelo econômico Híbrido: Economia Socialista de Mercado.
VI. Assunto: A VENEZUELA DE HUGO CHÁVEZ
O todo poderoso HUGO CHÁVEZ
O presidente venezuelano é reeleito e ganha superpoderes para promover o “socialismo
no século XXI”.
“Pátria, socialismo ou morte!” Foi dessa forma, evocando o lema do líder cubano Fidel
Castro, que em janeiro de 2007, Hugo Chávez pontuou seu discurso de posse para o terceiro
mandato consecutivo à frente da Venezuela. A frase ganhou forte caráter simbólico,
principalmente porque veio seguida do anúncio de uma série de medidas que visam a
aprofundar ainda mais as reformas econômicas e sociais de inspiração socialista pela qual a
Venezuela vem passando desde que se iniciou a “era Chávez”.
Uma síntese do Governo de Hugo Chávez
*Hugo Chávez se elegeu presidente em 1998, com 56,2% dos votos. Ao tomar posse,
priorizou a adoção de uma nova Constituição, que reforçou os poderes do presidente, cujo
mandato passou de cinco para seis anos, com direito a reeleição.
*Em 2000, com eleições presidenciais sob as novas regras, Chávez foi reeleito com 60%
dos votos. Fortalecido pelas urnas, o presidente adotou uma série de decisões que contrariam
os setores mais conservadores. Iniciava-se então uma queda-de-braço com a oposição que,
entre 2001 e 2002, promoveu três paralisações nacionais. Em abril de 2002, uma tentativa
frustrada de golpe quase tirou Chávez do poder, mas a mobilização de setores das
Forças Armadas e das camadas mais pobres da população o reconduziu ao palácio
presidencial. Diante da grave crise que quase levou o país a uma guerra civil, a oposição
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
15
15
buscou milhões de assinaturas para forçar a convocação legal de um referendo, em 2004, para
decidir se o presidente deveria continuar no poder. A permanência de Chávez foi aprovada por
59,3% dos eleitores. Respaldado pelo apoio popular, o presidente viu seus poderes aumentar
nas eleições legislativas de dezembro de 2005, quando a oposição acusou falta de
transparência no processo eleitoral e boicotou o pleito, o que permitiu que os partidos que
sustentam Chávez ocupassem todas as cadeiras do Parlamento. Ao ser reeleito com 63% dos
votos em dezembro de 2006, o líder venezuelano conquistou o direito de governar o país até
2013.
Desempenho econômico da Venezuela no governo Chávez
De acordo com o CIA World Factbook, a economia venezuelana tem crescido a taxas
recordes desde que o golpe de estado contra Chávez foi derrotado. Seu PIB real, ajustado
para a paridade de poder aquisitivo, cresceu 18 % em 2004 - recuperando o crescimento
negativo dos anos anteriores - 11 % em 2005 e 9% em 2006, e as estimativas para 2007
variam entre 7 e 8 % . A inflação , que esteve altíssima - atingindo uma taxa pico de 30%
a.a. em março de 2004 - recuou para menos de 10% a.a. em março de 2005 e ficou em
13.7% em 2006 (estimada) .
De acorodo com a CEPAL o número de venezuelanos abaixo da linha de pobreza caiu de
49.9% em 1999, quando Chávez assumiu, para 37,1% em 2005, e o poder aquisitivo das
classes D e E aumentou 150% no período.
O Petróleo é a maior riqueza da Venezuela, e responde por 90% de suas exportações, 50% de
sua arrecadação federal em impostos, e 30% do seu PIB. A Venezuela participa também da
OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo).
CHÁVEZ QUER FARC FORA DA LISTA DE TERRORISTAS (Jornal do Commercio
12.01.2008 – página 12)
Presidente venezuelano defendeu que a guerrilha, assim como o Exército da Libertação
Nacional, são “grupos insurgentes” e pediu que a Colôbia os reconhecesse como tal .
Pedido prontamente negado.
Caracas – Um dia após receber Clara Rojas e Consuelo González, libertadas pela guerilha, o
presidente da Venezuela Hugo Chávez, pediu ontem aos países do continente e da Europa
que retirem as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia(FARC) e o Exército de
Libertação Nacional (ELN) da lista de organizações terroristas e os reconheçam “ como
grupos insurgentes” – afirmação que deve acirrar as divergências com o governo colombiano e
que seria logo depois classificada pela Colômbia como “insólita” e desproporcional”.
Brasília (Folhapress) - Hugo Chávez reagiu à invasão do Exército colombiano dentro do
Equador
Em reação às ações da Colômbia, venezuelano fecha embaixada em Bogotá
O presidente da Venezuela , Hugo Chávez, determinou o fechamento da embaixada de seu
país em Bogotá e ordenou o envio de tropas para a fronteira com a Colômbia, em reação às
ações do Exército colombiano em território do Equador contra os guerrilheiros das Forças
Armadas Revolucionárias da Colômbia(FARC).
“Senhor ministro da Defesa, mova dez batalhões para a fronteira com a Colômbia para mim,
imediatamente, com tanques, e mobilize a Força Aérea”, disse Chávez durante seu programa
em rede de rádio e televisão. ”Nós não queremos guerra, mas não vamos permitir que o
império norte-americano, que o patrão da Colômbia, venha nos dividir”, acrescentou.
VII. Assunto em Foco: O GOVERNO DE LUÍS INÁCIO LULA DA SILVA
O Governo Lula (iniciado em 2003) corresponde ao período da história política brasileira que
se inicia com a posse como presidente de Luiz Inácio Lula da Silva, em 1 de Janeiro de 2003.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
16
16
Síntese da trajetória política de Lula
• Em 1986, foi eleito deputado federal por São Paulo com a maior votação histórica
para a Câmara Federal até aquele momento.
• Em 1989, realizou-se a primeira eleição direta para presidente desde o golpe militar de
1964. Lula se candidatou a presidente. A eleição foi vencida por Fernando Collor de
Mello.
• Em 1994, Luiz Inácio Lula da Silva voltou a candidatar-se à presidência e foi
novamente derrotado, dessa vez pelo candidato do PSDB, Fernando Henrique
Cardoso.
• Em 1998, Lula saiu pela terceira vez candidato à presidência da República e foi
novamente derrotado por Fernando Henrique Cardoso, que se reelegeu no primeiro
turno da campanha presidencial.
• Em 27 de outubro de 2002, Lula foi eleito presidente do Brasil, derrotando o candidato
apoiado por Fernando Henrique Cardoso, o ex-ministro da Saúde e senador pelo
Estado de São Paulo José Serra do PSDB.
• Em 29 de outubro de 2006, Lula foi reeleito no segundo turno, vencendo o exgovernador
do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin do PSDB, com mais de 60%
dos votos válidos.
Uma síntese do Governo de Lula
• Aprovou-se parcialmente no Congresso Nacional em 2003 a reforma da previdência
social, levando vários setores da sociedade a protestarem contra uma possível perda
de benefícios e direitos adquiridos.
• O Programa Fome Zero foi a principal plataforma eleitoral de Luiz Inácio Lula da Silva
em 2002. Nessa campanha eleitoral, ele pregava a eliminação da fome no Brasil.
• Um programa social bastante conhecido do governo Lula é o Bolsa Família. Ele foi
criado através do Decreto Nº 5.209 de 17 de Setembro de 2004.
• No campo da educação, o governo Lula avançou, apresentando fortes níveis de
escolarização em todas as faixas etárias. A parcela da população que não freqüentava
a escola foi reduzida de 29% para 18% em apenas 36 meses, considerando o grupo de
5 a 17 anos de idade. No nível básico, o percentual de crianças fora da escola chegou,
em 2005, a apenas 2,8%. Com a criação do FUNDEB (Fundo de Manutenção e
Desenvolvimento da Educação Básica), o governo Lula objetiva atender 47 milhões
de estudantes brasileiros, com investimentos anuais de até R$ 4,3 bilhões.
• Na área do ensino superior, o PROUNI (Programa Universidade Para Todos),
destaca-se como o maior programa de bolsas de estudo da história da educação
brasileira, possibilitando o acesso de milhares de jovens à educação e estimulando o
processo de inclusão social. Em 2005, o PROUNI ofereceu 112 mil bolsas de estudo
em 1.412 instituições em todo o país.
• No plano internacional, Lula e seu governo têm se destacado pela liderança que
exercem no grupo de países emergentes frente aos mais ricos. Uma das reivindicações
desse grupo de países é a queda das barreiras alfandegárias e dos subsídios
agrícolas, que vem sendo discutida na Organização Mundial de Comércio.
• Uma das prioridades do governo Lula é a integração da América do Sul através da
expansão do Mercosul, criação da União Sul-Americana de Nações, e a abertura de
novas rotas comerciais com países os quais o Brasil pouco se relacionava, em especial
os países árabes e africanos. Igualmente, a política externa do atual Governo busca
estimular a reforma da Organização das Nações Unidas-ONU( foi fundada
oficialmente a 24 de Outubro de 1945, em São Francisco, Califórnia logo após o fim da
Segunda Guerra Mundial), pleiteando, nesse contexto, um assento permanente no
Conselho de Segurança.
• No dia 22 de janeiro de 2007, foi lançado o PAC (Programa de Aceleração do
Crescimento), um conjunto de medidas que visa a aceleração do ritmo de crescimento
da economia brasileira, com previsão de investimentos de mais de 500 bilhões de reais
para os quatro anos do segundo mandato do presidente, além de uma série de
mudanças administrativas e legislativas. O PAC prevê um crescimento do PIB de
4,5% em 2007 e de 5% ao ano até 2010.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
17
17
• O Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), que estabelece o objetivo de
nivelar a educação brasileira com a dos países desenvolvidos até 2021 e prevê
medidas até 2010 (entre elas a criação de um índice para medir a qualidade do ensino
e de um piso salarial para os professores de escolas públicas), foi lançado oficialmente
no dia 24 de abril. Espera-se para os próximos meses o lançamento do Pronasci
(Programa Nacional de Segurança com Cidadania - nome provisório), que prevê,
entre outras medidas, a criação de um piso salarial nacional para policiais civis e
militares e um programa de habitação para policiais, visando retirá-los das áreas de
risco. A partir da criação da Secretaria Nacional dos Portos, no dia 7 de maio de
2007, o governo passou a ter 37 ministérios.
Crises no governo de Lula ( parte I)
Revista Veja – On-line
Mensalão
“A partir de 2004, o governo Lula foi enfrentou crises políticas, que atingiram seu apogeu em
julho de 2005 quando denunciaram um suposto esquema de compra de votos de deputados no
congresso e suposto financiamento de campanhas por "Caixa 2". Várias outras denúncias de
escândalos foram sendo descobertas, como o caso da quebra de sigilo de um caseiro pelo do
estado, que levou a demissão do ministro Antonio Palocci, além da tentativa de compra de
um dossiê por parte de agentes da campanha do PT de São Paulo. Escândalo do Mensalão
ou "Esquema de compra de votos de parlamentares" é o nome dado à maior crise política
sofrida pelo governo brasileiro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2005/2006. O
mensalão, popularizado pelo então deputado federal Roberto Jefferson em entrevista que deu
ressonância nacional ao escândalo, é uma variante da palavra "mensalidade" usada para se
referir a uma suposta "mesada" paga a deputados para votarem a favor de projetos de
interesse do Poder Executivo. Segundo o deputado, o termo já era comum nos bastidores da
política entre os parlamentares para designar essa prática ilegal.”
Correios (2005)
“Em seus quase trinta meses de vida, o governo de Luiz Inácio Lula da Silva nunca esteve
tão acuado. A crise que se seguiu à divulgação por VEJA do vídeo da corrupção nos Correios
espalhou o receio de que o caso acabasse se multiplicando em outros escândalos. Afinal, em
suas desassombradas confissões, o alto funcionário Maurício Marinho descreve a corrupção
nos Correios e relata a existência de esquemas semelhantes em outras estatais. Mais um
motivo para o susto foi a rapidez com que a oposição – com a ajuda de boa parte dos aliados –
viabilizou a criação de uma CPI mista para investigar o caso. A possibilidade de que a CPI seja
mesmo instalada produziu um clima de pânico. Na quarta-feira, em conversa com um aliado, o
ministro José Dirceu explicou a origem de tanta apreensão: "É impossível que uma CPI
minimamente bem-feita não pegue o Delúbio e o Silvinho". Ele referia-se ao tesoureiro do PT,
Delúbio Soares, e ao secretário-geral do partido, Silvio Pereira. Os dois participaram da
distribuição de cargos federais entre os partidos aliados – o PTB, inclusive.”
CPI que investiga o escândalo dos Bingos pode começar hoje no Brasil
29 de Junho de 2005
¨Brasil — Segundo informa a Agência Senado, agência de notícias do Senado Federal
brasileiro, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) proposta para investigar o suposto
escândalo dos bingos, começou seus trabalhos nesta quarta-feira. A decisão para a realização
da CPI foi aprovada pela maioria dos senadores brasileiros. O defensor para a criação da CPI
foi o senador baiano Antonio Carlos Magalhães (PFL). Ele disse que a CPI deveria ser
instalada nesta quarta-feira (29 de Junho), às 12h .A CPI dos Bingos é uma comissão
parlamentar de inquérito cujo objetivo é investigar a suposta ligação de casas de bingo
com o crime organizado e denúncias de corrupção contra o ex-assessor da Casa Civil da
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
18
18
Presidência, Waldomiro Diniz. Numa gravação feita pelo empresário do ramo de jogos Carlos
Augusto Ramos, conhecido também como Carlinhos Cachoeira, pode ser ouvido ele sendo
supostamente extorquido por Waldomiro Diniz. Há denúncias de que Waldomiro Diniz extorquia
empresários para arrecadar dinheiro para o Partido dos Trabalhadores (PT). Waldomiro
Diniz também é suspeito de ter ligações com pessoas ligadas ao crime organizado e Jogo do
Bicho.”
VIII. Assunto em Foco: BRASIL: UM FUTURO PROMISSOR PARA OS
BIOCOMBUSTÍVEIS
“O Brasil larga na frente para fornecer combustíveis renováveis e menos poluentes do
que o petróleo”.
Vivemos num mundo em que a questão energética ganha importãncia crescente. O amplo
consumo de combustíveis fósseis, sobretudo o petr´leo, caminha para um impasse, tanto
ambiental – pois seu uso amplia o aquecimento global – quanto econômico – pois suas
reservas caminham para um esgotamento. Nesse cenário, uma vertente promissora do
agronegócio, na qual o Brasil está na vanguarda, é o desenvolvimento de combustíveis
feitos de matéria – prima orgânica, os biocombustíveis. Estão em andamento em vários
centros brasileifros de pesquisa estudos sobre a produção de combustíveis a partir de plantas
como soja, girassol, algodão e mamona.
24/ 05/2007
Produção de biocombustíveis colocará Brasil no "grupo seletivo dos países ricos", diz
Lula
Brasília - A produção de biocombustíveis colocará o país no “grupo seletivo dos países
ricos”, afirmou na noite de ontem (23) o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que ao participar
da entrega do Prêmio Parceiros do Desenvolvimento, comentou o telefonema de terça-feira
(22) do primeiro-ministro britânico, Tony Blair “Eu dizia no telefone para o Tony Blair: eu só
estou esperando o dia em que o Brasil virar a oitava economia para saber se vocês vão
acabar com o G8 e criar o G7, para o Brasil não participar”, contou. O G8 é o grupo dos
sete países mais ricos do mundo, mais a Rússia.
EM TEMPO:
O Grupo dos Oito (inglês:Group of Seven and Russia, alemão:Sieben führende
Industrieländer und Russland, antigo G7), mais conhecido como G8, é um grupo internacional
que reúne os sete países mais industrializados e desenvolvidos economicamente do mundo.
Todos os países se dizem nações democráticas: Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino
Unido, França, Itália e o Canadá (antigo G7), mais a Rússia - esta última não participando de
todas as reuniões do grupo. Durante as reuniões, os dirigentes máximos de cada Estado
membro discutem questões de alcance internacional.
Questão
22. (IBGE – 2007) A produção de biocombustívies vem despertando interesses e
publicações em diversos países. No Brasil, tem sido muito discutida a produção de
biocombustível que tem como fonte um produto agrícola. Trata-se da(o):
a) gasolina.
b) acetona.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
19
19
c) paracetamol.
d) etanol.
e) propanol.
IX. Assunto: O NOVO SÓCIO DO CLUBE ATÔMICO: CORÉIA DO NORTE
A Coréia do Norte voltou a assustar o mundo, em 9 de outubro de 2006, ao anunciar a
realização do primeiro teste nuclear de sua história. Em tom ufanista, a nota da agência
oficial do governo norte-coreano (representado pelo chefe de Estado Kim Jong Il), afirmava:
“O ensaio nuclear é um acontecimento histórico que trouxe felicidade para as nossas
Forças Armadas e para o nosso povo”. O texto garantia que a experiência fora bemsucedida,
sem nenhum tipo de vazamento radioativo. Essa explosão subterrânea, ocorrida
no nordeste do país, foi um capítulo mais tenso de uma crise asumiu maiores proporções a
partir de 2002, quando o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, afirmou que a
Córeia do Norte, O Irã e o Iraque constiuíam o “ eixo do mal”.
Sanções e acordo
Menos de uma semana depois do teste nuclear, o Conselho de Segurança(CS) da ONU
aprovou por unaminimidade resolução que impôs sanções à Coréia do Norte. De acordo com a
ONU, a ação do país comunista representava “uma ameaça clara à paz e à segurança
internacionais”.
A forte pressão internacional nos seguintes meses acabou levando a Coréia do Norte à mesa
de negociações. Para alívio, sobretudo dos países vizinhos, os norte-coreanos aceitaram em
13 de fevereiro de 2007 um acordo no qual se comprometem a suspender suas
atividades atômicas. Pelos termos acertado, a Coréia do Norte concorda em “desativar” o
programa nuclear em troca do fornecimento de energia e de garantais de segurança por parte
dos norte-americanos. (Revista Atualidades – 2007)
Questão
23.( Consulplan – 2007) Um país de regime comunista assustou o mundo em 9 de
outubro de 2006, ao anunciar a realização do primeiro teste nuclear subterrâneo de sua
história. Onde aconteceu esse fato?
a) China.
b) Coréia do Norte.
c) Coréia do Sul.
d) Japão.
e) Estados Unidos.
XX. Assunto em Foco: CUBA
No último dia de julho de 2006, a notícia do afastamento de Fidel de Castro do governo
cubano, por motivo de saúde, e a transferência de poder para seu irmão Raúl de Castro
pegaram o mundo e os cubanos de surpresa e lançaram dúvidas sobre o futuro da ilha. Foi a
primeira vez, desde 1959, que o líder entregou o comando do único país comunista das
Américas – pouco antes de completar 80 anos. Ultimamente, os olhos do mundo se voltam à
ilha da América Central, indagando-se sobre a gravidade da doença e as chances de Fidel
voltar a dirigir o país. Mas, mesmo considerando que ele reassuma o poder, o período de Fidel
está no fim, e aí surgem questões ainda mais candentes. Como ficará Cuba sem Fidel? O
regime comunista, que obteve avanços sociais e impôs restrições de liberdade aos cubanos,
sobreviverá nos mesmos moldes em outras mãos? Ou será que, sem Fidel, o regime desabará
e o capitalismo será restaurado na ilha?
(revista atualidades 2007)
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
20
20
Questões de assuntos diversos
24. (Consulplan - 2006) Na Espanha existe o movimento separatista basco. Os bascos
habitam uma área no nordeste da Espanha e uma pequena área no sudoeste da França,
conhecida como País Basco. Esse povo é muito antigo, mas sua origem é desconhecida. Sua
cultura é bastante diferente, sobretudo pela língua, o euskara, e sua identidade cultural gerou o
movimento nacionalista basco, iniciado em fins do século XIX. Os bascos lutam pela criação de
um Estado independente. O movimento separatista é liderado pelo grupo guerrilheiro chamado:
a) ETA.
b) FARC.
c) Movimento Bascos.
d) Taliban.
e) Xiitas.
25. (Consulplan - 2007) O perigo de um colapso energético no Brasil, sobretudo nas áreas
servidas pela Bacia do Paraná, obrigou o governo a tomar medidas visando à redução imediata
no consumo. Sobre essas medidas e sobre as causas do risco iminente de colapso no
fornecimento de energia, assinale a alternativa correta:
a) A crise energética brasileira no setor hidrelétrico no Sudeste deve-se ao reduzido potencial
hidrelétrico regional e a seu pequeno aproveitamento.
b) A falta de investimentos no setor energético no complexo Sudeste-Sul, nas últimas décadas,
é responsável pelo colapso.
c) Apesar da grande capacidade produtiva dos rios do Sudeste, as secas foram pronunciadas,
reduzindo a capacidade dos reservatórios.
d) As secas não tiveram impacto sobre a produção de energia, pois a hidrelétricas brasileiras,
possuem grandes reservatórios.
e) O caos energético deve-se a um alinhamento de fatores como: chuvas reduzidas e
investimentos aquém do crescimento no consumo.
26. ( Consulplan - 2006) O estabelecimento de uma “Nova Ordem Mundial” se insere no
contexto do capitalismo monopolista e do processo de globalização, desprovido das questões
meramente ideológicas e da oposições militar entre as duas superpotências hegemônicas do
período da Guerra Fria. O discurso tecnológico polarizado entre a liberdade e a igualdade
social foi substituído pelo discurso voltado para a necessidade da extinção de barreiras
comerciais e pelo fim da reserva de mercado. Em relação à inserção do Brasil nesse
rearranjo geopolítico mundial, pode-se afirmar:
a) O país deixou de ser subdesenvolvido alçando à condição de economia estabilizada.
b) A Ordem Internacional da Guerra Fria era desvantajosa para o Brasil, que se inseria
inadequadamente como um país de Terceiro Mundo.
c) O desenvolvimento brasileiro deve-se sobretudo à sua condição de industrializado, e não
depende de capitais externos, como a Argentina.
d) A posição do Brasil evoluiu para a de potência regional, mas permanece a periferia do
sistema liderado pelos Estados Unidos.
e) Com a consolidação de uma Ordem Mundial Multipolar, o Brasil busca vantagens no
economia e na política, superando o seu potencial na frente de muitos países desenvolvidos.
27. (Consulplan - 2006) No Afeganistão, depois de lutas entre facções rivais, a milícia
Taliban tomou o poder em 1996 e instaurou um governo islâmico fundamentalista. Sobre
o assunto, analise as proposições:
I. As imposições do Taliban, devidas as suas convicções religiosas, atingem especialmente as
mulheres.
II. O Taliban adotou o código islâmico – a Sharia - , que entre outros princípios prevê punições
físicas para as mulheres que saem sozinhas e para usuários de drogas.
III.Dentro de uma posição democrática, a milícia Taliban busca uma melhor forma de governar
uma região.
Corretas:
a) I e II.
b) II e III.
c) I, II e III.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
21
21
d) I e III.
e) Apenas a I.
28. (Consulplan – 2006)“ Esse movimento guerrilheiro conta com aproximadamente 17 mil
combatentes, controla uma área no interior do país equivalente à Suíça, correspondendo a
aproximadamente 40% do território nacional. Nessa região determina suas próprias “leis e
justiça”. Entre as normas impostas está a cobrança de um imposto(vacina). Estima-se que essa
guerrilha arrecadem a cada ano cerca de 500 milhões de dólares em “Pedágio”, dando
proteção aos traficantes e aos camponeses plantadores de coca contra ações do exército”.
O texto se refere:
a) Grupo guerrilheiro ETA(Espanha).
b) Movimento Taliban (Afeganistão).
c.)As Farc(Colômbia).
d.)Os aiatolás(Irã).
e) Exército Republicano Irlandês – IRA(Irlanda do Norte)
29. (Consulplan 2006) No rio Yang Tsé está sendo construída uma usina que será
concluída em 2009, ela superará a de Itaipu (Brasil), atualmente a maior do mundo. O rio
Yang Tsé fica localizado em que país:
a) Índia.
b) China.
c) Coréia do Norte.
d)Japão.
e) Indonésia.
30. A OPEP(Organização dos Países Exportadores de Petróleo) possui o domínio de um:
a) monopólio.
b) cartel.
c) truste.
d) conglomerado.
e) holding.
31.(Consulplan - 2006) A queda do muro de Berlim, ocorrida no dia 9 de novembro de
1989, pode ser considerada, como um marco:
a) do fim a Segunda Guerra Mundial.
b) o fim da Guerra Fria.
c) o início da Bipolaridade do poder.
d) a separação da Alemanha.
e) final do socialismo no mundo.
32. (IBGE – 2007) Nos últimos cinco anos, o número de migrantes que se dirigiram do
Nordeste para São Paulo foi inferior àquele de migrantes que partiram de São Paulo para
o Nordeste. Neste caso específico, esse fenômeno populacional, conhecido como
migração de retorno, tem como principal causa a(o):
a)expansão da economia nordestina contrastando o êxodo declínio do Sudeste.
b)eficiência das políticas públicas que eliminaram o êxodo rural nordestino.
c)decisão temporária das famílias de rever seus parentes e amigos no Nordeste.
d)auxílio da Prefeitura de São Paulo àqueles que queiram retornar ao Nordeste.
e)avanço das atividades turísticas no Nordeste, requisitando mais trabalhadores.
33. (IBGE – 2007) Observe o quadro.
ASSENTAMENTO AGRÍCOLAS, 1964 a 2000
1964 a 1994 1995 a 2000
Famílias assentadas 218.033 482.206
Projetos criados 360 3.736
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
22
22
Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2002.
Acerca de um dos aspectos da questão da terra no Brasil, assinale a conclusão correta.
a) O aumento do número de famílias assentadas e de projetos criados resulta de pressões
pela reforma agrária no País.
b) O aumento de mais de 900% no número de projetos criados no período indica que a
reforma agrária foi concluída no Brasil.
c) O incremento do número de famílias assentadas é resultante da liderança da iniciativa
privada no campo brasileiro.
d) A desproporção entre o aumento do número de famílias assentadas e de projetos criados
decorre da ausência de política agrária no País.
e) A elevação de pouco mais de 100% no número de famílias assentadas demonstra a
estagnação da reforma agrária brasileira.
34.(IBGE – 2007) Analise o mapa.
De acordo com a distribuição da população entre as cidades destacadas, é correto
afirmar que:
a) as Regiões Sul e Sudeste reunidas poderiam ser denominadas de região concentrada.
b) as principais cidade da Região Sul igualam-se demograficamente às do Nordeste.
c) a Região Centro-Oeste tem cerca de duas vezes a população urbana da Região Norte.
d) à exceção de Salvador, as capitais nordestinas têm o mesmo número de habitantes.
e) na Amazônia, existe apenas uma cidade com população superior a 2 milhões de
habitantes.
35. (IBGE – 2007) No último trimestre de 2006, o Brasil assistiu a uma crise no setor aéreo,
requisitando grande esforço da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para amenizar a
situação. Essa crise foi provocada, inicialmente, pela (o):
a) substituição do alto comando da Aeronáutica.
b) operação-padrão dos controladores de vôo do País.
c) reestruturação ampla e repentina da Infraero.
d) atuação do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias.
e) mau tempo meteorológico, típico dessa época do ano.
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
23
23
36. (IBGE – 2007) No Brasil, estudos comprovam que, entre 1981 e 2004, a classe média
alta, reunindo aqueles que recebem acima de R$2.500,00 por mês, sofreu redução de 5,2%
para 4,1% da população, enquanto que a massa trabalhadora, formada por aqueles que
vivem mensalmente com R$250,00 a R$500,00, cresceu de 24,6% para 28,4%. Esses dados
referem-se explicitamente ao agravamento, no País, de uma crise:
a) fiscal.
b) social.
c) industrial.
d) comercial.
e) cultural
37. (IBGE – 2007) Em 2007 foi lançado no Brasil o PAC – Programa de Aceleração do
Crescimento. A execução desse programa tem uma abrangência.
a) distrital.
b) municipal.
c) regional.
d) estadual.
e) nacional.
38. (Consulplan-2006) O Conselho de Segurança(CS) da ONU(Organização das Nações
Unidas) deu um ultimato ao Irã para que o país interrompa uma atividade considerada
pelas grandes potências como perigosa à paz mundial. Qual atividade é essa?
a) Venda de armas aos grupos terroristas.
b) Financiamento do grupo Hezbollah.
c) Produção e venda de minas terrestres ao governo Libanês.
d) Enriquecimento de petróleo.
e) Armazenamento de petróleo.
39. (Consulplan – 2006) A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou,
este ano, a primeira vacina que protege as mulheres contra o HPV (papiloma vírus
humanos), vírus responsável pela morte de mais de 7 mil mulheres por ano, no Brasil.
Sobre esse fato, é correto afirmar, EXCETO:
a)O HPV é responsável por mais de 95% dos casos de câncer de mama.
b)São necessárias três doses de vacina para a imunização.
c)A droga deve chegar ao Brasil até o final deste ano, mas ainda não está certa sua
distribuição pela rede pública de saúde.
d)A vacina funciona melhor em meninas que não iniciaram ainda a vida sexual e, portanto, não
tiveram contato com o HPV.
e)A vacina também imuniza contra os pré-cânceres cervicais, vulvares e vaginais.
40. (Consulplan – 2006) A Bolsa Família é um programa social de transferência de renda
do governo brasileiro. Ele abriga outros programas sociais. EXCETO:
a) Bolsa Escola.
b) Cartão Alimentação.
c) Bolsa Alimentação.
d) Sistema de Cotas.
e) Auxílio Gás.
41. (Consulplan – 2006) Luiza Mello em seu estudo sobre “Entraves ambientais à
expansão do potencial hídrico exigem revisão de modelo”, revela que o Brasil está em
potencial hidráulico para o mundo, como a Arábia Saudita em petróleo. Ou seja, 90% da
capacidade de geração se baseia em duas fontes gratuitas:
a) gás natural e termeletricidade
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
24
24
b) geração eólica e matriz energética
c )água de chuva e força de gravidade
d) biomassa e cultivo da mamona
e) bagaço de cana e energia térmica
42. (Consulplan – 2007) Apesar de toda a onda de protesto das principais nações do
planeta e da ONU (Organização das Nações Unidas), em função do projeto de
desenvolvimento de armas nucleares no Irã e na Coréia do Norte, a Índia, país com a
segunda maior população do planeta, vem realizando verdadeira corrida armamentista,
juntamente com um país vizinho, contando com o apoio de nações como França, Israel e
Alemanha. Que país vizinho é este, com quem a Índia tem relações conturbadas dede
que os dois se tornaram independentes do Reino Unido, em 1947?
a) Afeganistão.
b) Rússia.
c) Indonésia.
d) Paquistão.
e) China.
43. Desde 1º de Janeiro de 2007, a Organização das Nações Unidas (ONU) tem um novo
Secretário–Geral que é:
a) Trygve Lie
b) Kurt Waldheim
c) Javier Peres
d) Kofi Annan e) Ban Ki-Moon
44.(BNDES – 2008)Sobre a questão do potencial brasileiro de liderar o setor da agroenergia,
encontram-se as seguintes posições:
Posição I
“Em seu planejamento estratégico, a Petrobras não deixou de lado a inclusão social. Cerca de
70 mil famílias de agricultores poderão ter emprego e renda para o fornecimento de insumos
para as três primeiras usinas de produção de biodiesel da companhia (...) Utilizando óleo
vegetal e gordura animal como matérias-primas, as três usinas deverão entrar em operação no
segundo trimestre de 2008.”
Informe Petrobras, Revista Carta Capital, 5 dez. 2007.
Posição II
“[A questão], no Brasil, passa por nossa capacidade política de realizar uma reforma agrária
ecológica que atinja o poder oligárquico dos agronegociantes, democratizando o acesso à terra
e garantindo a descentralização do abastecimento energético e alimentar, respeitando a
diversidade de biomas do país e a criatividade das culturas de nosso povo. O que passa longe
das grandes monoculturas empresariais de cana, ou dendê ou eucalipto (...)”.
Porto-Gonçalves, C.W., Revista Caros Amigos, set. 2007.
A análise das duas posições permite concluir, corretamente, que a(s)
a)Posição II expande o ponto de vista da Posição I, criticamente.
b)Posição II nega a possibilidade de realização apresentada na Posição I.
c)Posição I responde à Posição II, referindo-se a outras matérias-primas.
d) Posição I despolitiza a Posição II, secundarizando a dimensão social.
e)recentes descobertas de petróleo no País descartam ambas as posições em foco.
45. (BNDES – 2008)Com a marca de 0,800, o Brasil alcançou, segundo a ONU, através do
Índice de Desenvolvimento Humano, o grupo dos países com alto índice. A taxa de
alfabetização brasileira,por exemplo, é de 88,6%, o que contribui para o resultado alcançado.
Assinale a opção que apresenta um mecanismo já adotado pelo governo brasileiro para reduzir
o número de analfabetos no País.
a) SAEB.
b)MOBRAL
PRÓ-CONCURSO DE PE LTDA.
Atualidades – Salatiel Cavalcanti
25
25
c)ENADE
d)ENEM
e)PROUNI
46. (BNDES – 2008)A política, no Brasil, é marcada pela instauração recorrente de Comissões
Parlamentares de Inquérito (CPI’s). Acerca dessas comissões são apresentadas as afirmativas
abaixo.
I - As CPI’s existem no País desde o final do século XIX, durante a chamada República Velha, ainda
que não estivessem regulamentadas por leis ou normas, à época.
II - As CPI’s estão previstas nas Constituições dos estados, não sendo, portanto, exclusividade do
Congresso Nacional.
III -A Constituição de 1988 estabelece que essas comissões têm os mesmos poderes de investigação
das autoridades judiciais, sendo um recurso do Legislativo sem, contudo, substituir o Poder Judiciário.
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)
a) I, II e III.
b) II e III, apenas.
c) I e III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I, apenas.
47. (BNDES – 2008)Jornal O Globo, 2 dez. 2007.
A França vem enfrentando problemas sociais internos que repercutem na imagem do País no
exterior. Ainda que não interfiram diretamente nas relações internacionais francesas, episódios
de violência ocorridos na periferia de Paris, colocam o País em evidência. Esses episódios de
conflitos violentos estão fortemente vinculados aos protestos e reivindicações do
segmento social dos(as):
a)refugiados políticos.
b)ex-combatentes de guerra.
c) imigrantes trabalhadores.
d) fundamentalistas religiosos.
e) tribos urbanas neonazistas.
48. (BNDES – 2008)O exercício dos direitos e deveres da cidadania requer a possibilidade de
denúncia de irregularidades, ato de violência ou episódio de corrupção que envolva um agente
policial. No Brasil, em vários estados, foram criadas as Ouvidorias da Polícia com o objetivo de
garantir essa possibilidade. Esse tipo de ouvidoria corresponde a:
a) agências controladoras vinculadas à Guarda Nacional e à Polícia Federal.
b) repartições públicas subordinadas às polícias militares estaduais.
c) departamentos especializados das polícias civis estaduais.
d) órgãos de controle independentes das polícias, tanto civil quanto militar.
e) órgãos criados e geridos por ONG’s internacionais de Direitos Humanos.