Está en la página 1de 12

ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

UFFICIO STAMPA
__________________________________________________________________

UFFICIO RELAZIONI ESTERNE, SVILUPPO E MANIFESTAZIONI

ENIT NEWS

N. 1 –Gennaio 2010
ENIT – AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO
Via Marghera, 2 - 00185 Roma
Tel. +39 06 4971327 - Fax +39 06 4971310 - stampa@enit.it - www.enit.it
Cod. Fisc. 01591590581 – Part. IVA 01008391003
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

N. 1–Janeiro 2010 ENIT NEWS

SUMÁRIO
1. CRISE, O TURISMO RESISTE AO IMPACTO E A ITÁLIA CONTINUA META
COBIÇADA. 2010 EMBLEMA DE RETOMADA

2. MARZOTTO: TURISMO CULTURAL GRANDE MOTIVO DE ATRACÇÃO DE


TURISTAS ESTRANGEIROS

3. A ENIT PRESENTE NA JOSP FEST


4. A REGIÃO TOSCANA LANÇA CATÁLOGO PARA A PROMOÇÃO DO TURISMO
ESCOLAR

5. ITÁLIA-ÍNDIA: MISSÃO DE GOVERNO

6. RIESELIV

7. ENIT GANHA PRÉMIO DO READERS’ CHOICE AWARD USA

8. CMT ESTUGARDA

9. FERIENMESSE

10. F.RE.E.

11. DUBLIM – HOLIDAY WORLD SHOW

12. ENIT E GRANDES JARDINS ITALIANOS JUNTOS PARA A PROMOÇÃO DO


HORTICULTURAL TOURISM

2
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

1. 1. CRISE, O TURISMO RESISTE AO IMPACTO E A ITÁLIA CONTINUA META


COBIÇADA. 2010 EMBLEMA DE RETOMADA

O período continua difícil mas o turismo resiste, com um aumento das


A Itália mantém o seu
cotas de mercado da Itália nos mercados internacionais, vistas as fortes
encanto de meta cobiçada
reduções que sofreram os nossos principais concorrentes no ano passado.
no imaginário dos
O ano 2010 poderá evidenciar, portanto, uma parcial recuperação das
visitantes estrangeiros
presenças e a conservação das cotas de mercado turístico do nosso País,
segundo os resultados da última investigação sobre o turismo organizada e
realizada pela ENIT-Agência através da rede dos seus Escritórios no exterior, nos principais mercados do
incoming italiano. Como consequência da crise económica mundial ocorreu uma redução das viagens ao
exterior e uma contracção da despesa turística, para além de um uso maior do meio próprio e das ofertas
last minute e low cost.
“A Itália conserva vivo o seu encanto internacional de marca única no mundo, mas um empenho maior por
parte de todos, desde a comunicação até o esmero dos detalhes nos serviços prestados, traria imensos
benefícios a todo o sector – salienta o Presidente da ENIT-Agência, Matteo Marzotto – uma identidade ainda
mais confiável e melhores perspectivas”.
As indicações provenientes dos maiores mercados incoming da área europeia são contrastantes.
Da Alemanha temos fortes sinais de fidelidade à Itália, onde os maiores Operadores Turísticos registraram
em 2009 uma tendência positiva nas vendas, no concernente às viagens de automóvel rumo ao Norte e
Centro de Itália. Privilegiados os destinos clássicos das Lagoas setentrionais e do alto Adriático, as costas da
Romanha e das Marcas. Andamento positivo também para a montanha estiva do Alto Adige e do Trentino,
enquanto o balanço das viagens aéreas rumo ao Sul e às ilhas foi menor que as expectativas. Para a
temporada invernal os interlocutores comerciais, inclusive aqueles que operam online, assinalam até hoje
uma ligeira diminuição das vendas, mas para o ano 2010 as previsões – confortadas também pela
Associação federal das agências de viagem – se revelam em geral optimistas.
A monitorização da Áustria indica um aumento de cerca 14% no número de pacotes vendidos para a Itália, a
favor da oferta italiana cultural, de montanha, termal e bem estar. Para o próximo ano os Operadores
Turísticos austríacos julgam que o destino Itália continuará a ocupar um lugar relevante nas vendas totais.
Os indicadores da Suíça, concernentes os fluxos em saída e a despesa turística para o exterior, também
assinalam uma elevada propensão para as viagens, com aumentos de até 5% a favor do nosso País.
Para o incoming da Península Ibérica as grandes cidades confirmam incrementos de 5-10% para as
localidades mais procuradas (Roma, Florença, Veneza, Milão, Nápoles), em particular a favor do turismo
religioso, quer para a Espanha quer para Portugal.
Durante o ano 2009 o destino Itália confirmou-se como o segundo preferido pelos turistas franceses,
enquanto a tendência negativa registrada para o turismo proveniente do Reino Unido (devido principalmente

3
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

à desvalorização da Esterlina em relação ao Euro), deveria apresentar uma recuperação gradual durante o
ano em curso.
No concernente aos demais mercados europeus, as avaliações dos Operadores Turísticos contactados
indicam o destino Itália estável para os visitantes provenientes da Bélgica e um incremento das viagens
rodoviárias da Holanda, enquanto assinala-se um crescimento da procura de nicho para os tour
enogastronómicos e special weekend para os fluxos provenientes dos Países da área escandinava.
Quanto à Europa do Leste as reservas evidenciam uma procura estável da Rússia, com incrementos de 10-
12% em 2009, a favor das localidades onde se pratica esqui (Trentino e Vale de Aosta) e das cidades de
arte (Roma, Veneza, Florença e Milão); uma boa performance nas vendas do mercado polonês e uma
estagnação para 2010 do número das viagens totais provenientes da República Checa e da Hungria.
Fase de recuperação dos fluxos turísticos provenientes dos Estados Unidos onde, considerando o
abrandamento da crise económico-financeira, os operadores turísticos prevêem um crescimento do turismo
outgoing para este ano de 8-10% aproximadamente. Itália coloca-se como meta europeia mais procurada.
Os circuitos artísticos tradicionais, mas também os centros menores, detêm a maior cota de mercado,
seguidos pela enogastronomia e pelo ecoturismo.
Do Japão assinala-se um bom andamento respeito à venda de pacotes ligados às festas recém terminadas.
O sector da intermediação está a se concentrar nas ofertas e pacotes low cost para encorajar o mercado.
Relativamente à China está previsto um crescimento do movimento turístico rumo à Itália que se pode
quantificar entre 10 e 15%, enquanto para a Índia – uma das economias menos afectadas pela recessão
mundial – os oito membros da ITOCI (que representam os maiores grupos de empresas) prevêem um
incremento de 20% dos grupos para a Europa e para a Itália e um aumento de 30% das viagens FIT.
“Os resultados da nossa Monitorização fazem bem esperar para este ano – salienta o Presidente Marzotto –
porque Itália permanece o país preferido de milhões de visitantes estrangeiros, um dos destinos principais
para as férias, como confirmam os testes das bolsas e das manifestações turísticas em muitos dos países
onde a ENIT-Agência está presente. Pedimos uma ajuda à imprensa para uma informação correcta. Os mídia
registam qualquer sinal confirmando a crise, mas não registam com a mesma pontualidade os sinais de uma
retomada. Valorizando a correcta informação sobre o turismo, através da contribuição da imprensa que mais
incide sobre os líderes de opinião, tenho certeza de que o País traria grande vantagem na solução dos seus
maiores problemas, económicos e de ocupação.”
“O Plano Executivo 2010 que foi adoptado e que agora está a ser avaliado pelo Ministro do Turismo,
Senhora Michela Vittoria Brambilla – acrescenta o Director Geral, Paolo Rubini – prevê que a ENIT forneça
cada vez mais suporte profissional e marketing para toda a cadeia turística nacional que oferece os seus
produtos aos clientes estrangeiros, desde as Regiões até às empresas, focando as nossas actividades na
busca de resultados concretos, mensuráveis e coerentes com o programa do Governo, objectivado a dobrar
o PIB produzido pelo turismo nos próximos anos. Para além das diversas manifestações, feiras, workshops,
relações públicas, contactos com os operadores Turísticos, educational, etc. agendados, em 2010 iremos

4
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

aumentar e reforçar a componente de consultoria das nossas actividades, assistindo os operadores


económicos na construção do próprio produto turístico, na segmentação da própria oferta e na identificação
do mercado de desemboque mais coerente e prometedor. Continuaremos atentos aos mercados tradicionais
como aqueles europeus, mas dedicaremos uma atenção especial aos mercados da China, Índia, Brasil,
Rússia e Canada onde operaremos com sempre maior inovação, eficácia e dinamismo.
Da análise dos resultados destas actividades, numa óptica de benchmark contínuo, seremos capazes de
aperfeiçoar estratégias cada vez mais eficazes de desenvolvimento do incoming das quais poderão beneficiar
todos os operadores do sector e os nossos parceiros institucionais representados pelas Regiões. Isso porque
o resultado do sector turístico só poderá vir de um trabalho de equipa do inteiro sistema País.”

2. MARZOTTO: TURISMO CULTURAL GRANDE MOTIVO DE ATRACÇÃO DE


TURISTAS ESTRANGEIROS

Para o 150° aniversário da Unidade de Itália espera-se um grande fluxo


turístico. Só em Turim, fulcro das celebrações para boa parte de 2011, está
Os lugares de celebração
prevista a chegada de 6 milhões de turistas em 250 dias (de 17 de Março a
histórica, uma
20 Novembro). Números que, como faz notar o Director de 'Itália 150',
extraordinária
Paolo Verri, durante o encontro organizado pelo Instituto Piepoli e Dexia
oportunidade para o
Crediop", terá repercussões positivas para todo o território. Os pacotes
turismo italiano
montados com Alpitour, com a qual estamos a trabalhar, combinam a
Região Piemonte com outras cidades italianas, como Nápoles, Florença, Veneza e Milão".
“Turim – salienta o Presidente da ENIT Matteo Marzotto – sem duvida ponderou bem as próprias estimativas
de fluxo turístico. Um fluxo de seis milhões é um dado significativo. Não sei se será confirmado de modo
proporcional para toda a Itália, mas a ocasião é daquelas às quais não se pode faltar. Certo é – acrescenta
Marzotto – que Turim estruturou-se tempestivamente e com determinação. Creio que Verri esteja a fazer um
trabalho incrível e creio, como sempre, que se trabalhe ao melhor com a programação e o planejamento".
"Considero, em todo caso - observa o Presidente da ENIT – que a repristinação de lugares de celebração
histórica seja uma oportunidade extraordinária para o turismo italiano, quer incoming quer outgoing, porque
no fundo, a parte mais significativa do turismo italiano é aquela da oferta cultural: cerca de 48% dos
estrangeiros que visitam a Itália chega ao nosso País para visitar as cidade de arte ou os lugares ligados à
cultura e à história. É evidente, portanto, que todas as oportunidades graças às quais é possível valorizar o
património histórico cultural têm um retorno directo para o turismo. A ENIT-Agência – garante Marzotto –
fará a sua parte, quer do ponto de vista da promoção quer da comunicação.

5
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

3. L’ENIT PRESENTE NA JOSP FEST


“Os 330 milhões de viajantes dos lugares de fé constituem 30% dos
Matteo Marzotto, Presidente turistas totais que cada ano se deslocam no mundo, segundo os dados
ENIT-Agência, no Josp UNWTO. Se considerarmos que 70% dos bens artísticos culturais do
Tourism Summit: nosso País estão ligados à religião e que 80% dos chamados turistas
destemporalização e do Espírito não são verdadeiros peregrinos, mas pessoas interessadas
descentralização são à arte e à cultura, percebemos que este sector do turismo tem imenso
excepcionais oportunidades potencial. O nosso objectivo é transformar Roma numa grande hub das
que requerem grande viagens do espírito, a partir da qual dar início às viagens para as metas
atenção por parte dos religiosas em todo o resto da Europa”. Foi o que disse o Presidente
operadores. ENIT-Agência, Matteo Marzotto, durante a conferência de imprensa de
Josp Fest, organizada pela Obra Romana de Peregrinações na Feira de
Roma. “Não me escondas o teu rosto” foi o fio condutor do Festival. Um convite para a redescoberta das
raízes e dos valores cristãos, bens essenciais que atendem às autênticas necessidades do homem. Quatro os
pavilhões, com 33mq de exposição, subdivididos nas respectivas temáticas: Journey, World, Experience,
Festival. Trezentos expositores provenientes dos cinco continentes. São 13 as Regiões italianas presentes na
Manifestação que este ano chega à sua segunda edição.
Devido à sua difusão no território, é de vital importância para o nosso País valorizar, conservar e promover
as metas religiosas, um património fundamental para o desenvolvimento de um sector que deveria ser
considerado força motriz na economia dos territórios e catalisador na criação de novas políticas de protecção
e defesa ambiental para um turismo sustentável, típico da experiência da peregrinação.
Antes da abertura do Festival foi realizado um Summit entre os maiores actores do sector, representantes do
mundo do transporte e do turismo internacional, com a participação de Matteo Marzotto da ENIT-Agência
juntamente com Marco Sansavini da Alitalia, Mauro Piccini da Alpitour, Mauro Moretti e Gianfranco Battisti da
Trenitalia, Domenico Pellegrino da MSC, Antonello Vecchio da Sabre, reunidos para assinarem o acordo para
a criação de uma carta do turismo, um documento de orientação económica e social para o sector.

4. A REGIÃO TOSCANA LANÇA O CATÁLOGO PARA A PROMOÇÃO DO


TURISMO ESCOLAR

Diversificar e destemporalizar a oferta turística inclusive no âmbito das viagens


Rubini: è necessária
de instrução. É o que está a fazer a Região Toscana com o novo catálogo, com
uma oferta turística
mais de 200 itinerários para o turismo escolar, apresentado pelo Vereador
visada ao target
responsável da Cultura, turismo e comércio, Paolo Cocchi, na abertura do
jovens
encontro “A viagem de Instrução 2.0”.

6
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

A iniciativa organizada com Ansas Toscana (Agência nacional desenvolvimento e autonomia escolar), foi
realizada no Auditorium Duomo, com a participação, entre outros, de Francesco Verzillo, Director do Núcleo
territorial Ansas Toscana, de Giovanna Boda, Dirigente do Ministério para a universidade e a investigação, de
Paolo Rubini, Director Geral da ENIT-Agência, para além de Franca Gattini (Ansas) e Carlo Triarico (Apab)
que apresentaram o catálogo de itinerários.
A potencialidade do mercado das viagens de instrução é espantosa: Dois milhões e setecentos mil
estudantes, cento e trinta mil classes. “É fundamental portanto – salientou na sua fala o Director Geral da
ENIT Rubini – satisfazer a exigência de uma procura específica de turistas infantis, adolescentes e jovens,
inclusive com maior oferta de estruturas receptivas adequadas, como hostéis projectados desde o início para
este target. O mercado do turismo escolar foi um dos mais atingidos pela crise mundial, mas este ano nos
sentimos optimistas – continua Rubini – porque estamos a ver um renovado entusiasmo dos jovens
estudantes que devem ser capacitados para criar os protagonistas das viagens do amanhã. Se o catálogo on
line da Região Toscana pudesse ser disponibilizado rapidamente também em inglês, a ENIT faria dele um
instrumento de promoção no exterior para incentivar as viagens de instrução de estudantes estrangeiros
para o nosso País, como nos tempos do Grande Tour”, valendo-se da já ampla disponibilidade de voos low
cost.

5. ITÁLIA-ÍNDIA:

MISSÃO DE GOVERNO
O Director Geral da ENIT, Paolo Rubini, tomou parte na missão de
Governo e Regiões na Índia, organizada pelo Instituto do Comércio
O Director Geral em missão a
Exterior, com o Ministério do Desenvolvimento Económico, em
Delhi e Mumbay para iniciativas
colaboração com as Regiões Marcas, Toscana, Lácio, Friuli-Venezia-
de promoção no mercado indiano
Giulia, Liguria, Piemonte, Apúlia, Sicília e Província Autónoma de
Trento e com a Ficci, Federation of Indian Chambers of Commerce
and Industry. Objectivo da iniciativa – realizada em New Delhi e
Mumbai – foi o de "potenciar a cooperação económica entre a empresa italiana e aquela indiana,
favorecendo a identificação de oportunidades comerciais e industriais entre as empresas dos dois países nos
sectores estratégicos, identificados pelas próprias regiões".
A ENIT-Agência pretende aproveitar a tendência de crescimento do mercado indiano com intervenções de
marketing visadas, capazes de reforçar a marca Itália e favorecer a comercialização de pacotes dedicados
exclusivamente ao nosso País. Com estes objectivos o Director Geral teve vários encontros significativos,
entre os quais assinala-se a reunião de Mumbai com os membros de ITOCI (India tour operators council for
Italy), que conta com os mais representativos operadores indianos da oferta do destino Itália, permitindo

7
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

evidenciar as oportunidades oferecidas pelo mercado e as possíveis iniciativas a serem realizadas para
incrementar os fluxos turísticos rumo à Itália.
O encontro com Aashish Singh, Vice Presidente da Yash Raj Film, o mais grande e conhecido produtor
indiano, teve a finalidade de encontrar sinergias promocionais com a importante indústria cinematográfica
indiana, aumentando a visibilidade da Itália na Índia.
Durante a missão foi realizado também um encontro de trabalho com o vector indiano Jet Airways e outros
operadores do sector, com o objectivo de favorecer, inclusive através da acção da ENIT, a abertura de
novas ligações aéreas entre os dois países.
O destino Itália é percebido pelos viajantes indianos como ícone do top travel e está entre as metas mais
procuradas pelo público da faixa alta, aquele mais preparado e exigente em termos de qualidade versus uma
elevada capacidade de despesa. Os fluxos turísticos outbound aumentam mediamente 20% cada ano para
atingir, segundo as previsões UNWTO, a cota de 50 milhões até 2020.

6. RIESELIV
A ENIT-Agência participou na manifestação turística internacional REISELIV
O Director Geral recebe o de Oslo, a mais importante feira existente na Noruega para encontros
Embaixador na visita ao comerciais do sector viagem e turismo. Foi apresentado um stand de 120
stand ENIT mq no qual foram hospedadas as Regiões Sardenha e Lácio, o APT de
Lucca, o APT Arquipélago Toscano, cinco operadores privados com espaço
personalizado, para além de numerosos operadores creditados no Clube
Itália. Na inauguração do stand ITALIA o Director Geral da ENIT, Paolo Rubini, presente à manifestação,
recebeu a Embaixatriz de Itália na Noruega, S. E. Rosa Anna Coniglio Papalia, que honrou a presença
italiana da feira.
O programa das actividades, para além do briefing sobre o mercado norueguês para os operadores italianos,
realizado pelo Delegado da ENIT da Área Escandinava e Báltica, Massimo Montaruli, previa uma noite de
promoção oferecida pelo APT de Lucca junto à Residência da Embaixada de Itália em Oslo e uma
conferência de imprensa da Região Sardenha, com a presença do Vereador responsável do Turismo,
Sebastiano Sannitu, o qual ilustrou a riqueza da oferta turística da Sardenha que inclui praia, arte e férias
activas.
A edição 2010 da feira Reiseliv fez registrar um consistente fluxo de visitantes, quer de público quer de trade
turístico, evidenciando a forte propensão para as viagens no exterior por parte do turista norueguês e o seu
crescente interesse pela Itália.

8
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

7. A ENIT GANHA O PRÉMIO DO READERS’ CHOICE AWARD USA


A ENIT é o Número 1 na A ENIT, com a sua sede na América do Norte, foi votada Número Um entre

América entre os os National Tourist Boards Europeus segundo os resultados da investigação

National Tourist Boards lançada pela Readers’ Choice Award Usa para 2009.

Europeus, segundo a Performance Media Group realizou uma sondagem entre os agentes de

investigação da Readers’ viagem do próprio banco de dados, um entre os mais importantes a nível

Choice Award Usa para internacional formado pelos assinantes de revistas “trade”, mediante um

2009. questionário enviado para 18.000 agentes assinantes da “Agent@Home”,


30.000 da “Vacation Agent”, 50.000 da “Travel Pulse”.
Através do questionário os agentes de viagem manifestaram o próprio parecer, baseando-se nas actividades
promocionais e na qualidade dos serviços oferecidos ao trade pelos National Tourist Boards Europeus.
Performance Media Group publicará este mês um número Especial de Agent@Home e Vacation Agent
dedicado à ENIT-Agência, como Número Um dos Escritórios Turísticos Europeus, e pela merecida atenção e
visibilidade entre os 42.000 agentes de viagem assinantes das revistas.
Award será ainda apresentado no “Travel Pulse”, um portal interactivo que inclui um canal televisivo para
agentes de viagem e profissionais da indústria turística ao qual, em 2009, se inscreveram, a pagamento,
mais de 64.000 agente de viagem, e que registrou uma média de 74.000 visitantes e 128.000 visitas por
mês.

8. CMT ESTUGARDA

A ENIT-Agência promoveu a marca italiana na "CMT" de Estugarda, já na sua


42a edição, no New Stuttgart Trade Fair Centre. Quatro Regiões (Emília-
Emília-Romanha,
Romanha, Ligúria, Marcas e Sardenha) reunidas num stand de 300m2 no qual
Ligúria, Marcas e
foram hospedados também 8 operadores inscritos no Clube Itália com 9
Sardenha com
espaços personalizados.
ENIT-Agência na
Este ano foi Parceira do sector caravaning a Região Campânia, com uma rica
CMT de Estugarda.
apresentação da oferta de acampamentos e aldeias turísticas.
A feira de Estugarda é uma das maiores manifestações alemãs da indústria
turística dedicadas ao desporto e ao lazer. Cerca de 205.000 visitantes e 1900 expositores provenientes de
95 países, contribuíram para realizar o sucesso da manifestação em 2009. Mais uma vez este ano, a CMT
confirmou-se como um dos mais importantes eventos turísticos na Europa, graças à habitual fórmula
vencedora que reúne caravanning, mobilidade e turismo hoteleiro.
Durante a manifestação foram agendados 4 eventos especiais dedicados à: turismo de bicicleta e viagens
aventura, golf & bem-estar, cruzeiros & ferry boat, viagens culturais.

9
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

9. FERIENMESSE
A ENIT-Agência apresentou-se na FerienMesse de Viena com um stand de
357m2 no qual foram hospedadas sete Regiões: Friuli Venezia Giulia,
A Itália turística ocupa na
Lácio, Ligúria, Marcas, Sardenha, Úmbria e Vêneto e quatro espaços
Áustria um papel de
personalizados. Na área ENIT/Regiões foram creditados mais de 100
peimeiro plano com 26%
operadores públicos e privados italianos. A resenha turística de Viena, a
da cota de mercado.
mais importante na Áustria com a participação este ano de 823
expositores dos Países da concorrência, propõe cada ano férias na Áustria
e no exterior aos cerca de 140.000 visitantes.
A Itália turística ocupa na Áustria um papel de primeiro plano com 26% da cota de mercado. Em 2009,
apesar da crise económica, o escritório estatístico austríaco, Statistik Áustria, detectou um aumento de
15,71% no fluxo turístico da Áustria rumo à Itália. Este relevante sucesso é o resultado de um exacto e
intenso programa promocional, conduzido pela ENIT, objectivado a conservar a posição líder do nosso País e
incrementar as chegada dos austríacos na maior parte das regiões italianas. Em particular, a campanha
publicitária “Italia Much More”, as muitas acções promocionais em co-marketing com os operadores
turísticos austríacos e a política sobre a contenção e a conveniência do preço turístico italiano, promovida
pelos operadores da nossa oferta turística, contribuíram para atingir os objectivos prefixados que foram
superiores às expectativas.
E ainda, em 2010 a ENIT realizará Áustria um percurso de actividades promocionais ad hoc para manter e
aumentar o resultado obtido em 2009.
Na feira de Viena foram apresentados interessantes projectos, como “Caminho Franciscano da Paz Assis –
Gubbio” e a Exposição “As cores de Giotto” da Região Úmbria, os “Itinerários Dantescos” de Promocattolica,
assim como a repristinação dos voos Alitalia de Viena a Roma duas vezes por dia.

10. F.RE.E.
A ENIT oferecerá uma montra de Itália turística no F.RE.E. de Mónaco
ENIT-Agência oferece à agendada do dia 18 ao 22 de Fevereiro. Com um stand de 503m2, no qual
Baviera uma rica serão hospedadas 12 Regiões (Campânia, Emília-Romanha, Friuli Venezia
amostragem da oferta Giulia, Lácio, Lombardia, Marcas, Piemonte, Sardenha, Sicília, Úmbria, Vale
turística italiana de Aosta, Basilicata), além de 10 espaços personalizados dedicados aos
privados pertencentes ao Clube Itália, a Itália volta a apresentar-se como
uma das metas preferidas dos alemães.
No âmbito da manifestação estão previstas diversas actividades
promocionais paralelas, como as conferências de imprensa da ATL Lácio da Região Campânia /APT Salerno.

10
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

A FREE, com mais de 100.000 visitantes, uma área dedicada de 79.000m2 e mais de 1.600 operadores, é a
feira mais importante do sector na Alemanha bávara, especializada na apresentação de pacotes para férias
activas e outdoor. A ENIT apresentará o Pavilhão na secção da exposição reservada ao leisure.
O turista alemão está constantemente em busca de férias sob medida, em estruturas receptivas de
qualidade médio alta capazes de oferecer serviços diversificados, em territórios que ofereçam praia,
montanha, desporto, cultura; territórios com clima suave que possam ser visitados inclusive na baixa
temporada e onde se possam encontrar iguarias enogastronómicas, enotecas e adegas abertas o ano todo.
A combinação destes elementos, reunidos num único destino, transforma o nosso País na meta vencedora
entre as preferências do exigente e atento público teutónico.

11. DUBLIM – HOLIDAY WORLD SHOW


A ENIT de novo presente no mais importante evento turístico do ano da
ENIT-Agência hospeda
Irlanda, na Holiday World Show de Dublim, nos dias 22 a 24 de Janeiro. Um
Sardenha e Consórcio
stand de 114m2 no qual serão hospedadas a Sardenha, o Consórcio Lago de
Lago de Garda no
Garda (representando Lombardia, Vêneto e Província Autónoma de Trento),
Holiday World Show de
além de dois espaços personalizados, para apresentar as belezas italianas no
Dublim.
contexto dinâmico, típico desta manifestação dedicada ao caravanning e às
férias em outdoors.
Com mais de 70 Países representados e mais de 2000 operadores creditados,
a Feira representa na Irlanda a melhor montra profissional em constante
evolução e com ofertas absolutamente exclusivas “show only”.
A Irlanda tem uma ligação muito forte com o nosso País, com o qual mantém óptimas relações comerciais.
Segundo investigações realizadas pela ENIT, o Bel Paese é um destino turístico muito cobiçado, apesar de
ser precedido, na classificação das preferências, por Reino Unido, Espanha, França e Estados Unidos. Cultura
e religião são os produtos mais procurados, juntamente com as cidade de arte - lideradas por Roma - e as
localidades lacustres e balneárias.

12. ENIT E GRANDES JARDINS ITALIANOS JUNTOS PARA PROMOVER O


HORTICULTURAL TOURISM
A ENIT-Agência e Grandes Jardins Italianos juntos promovem a
A ENIT-Agência e Grandes
Horticultural Tourism, que confere uma imagem prestigiosa à Itália e
Jardins Italianos
valoriza uma forma de Italian Style pouco conhecida, mas que pode ser
promovem uma nova
considerada a todos os efeitos um motor da economia. ENIT suportou a
tendência para o turismo
edição em inglês do livro fotográfico Grandes Jardins Italianos (prestigioso
em Itália
tomo com as mais ilustres assinaturas do jornalismo de sector e do

11
ENIT - AGENZIA NAZIONALE DEL TURISMO

panorama académico italiano), que será, em 2010, um importante porta-estandarte do Turismo Cultural
italiano no mondo. Os turistas poderão portanto acrescentar às visitas das grandes cidades de arte a
oportunidade de admirar os jardins, a sua paisagem rural e aprofundar o conhecimento do território durante
dez mês do ano.
Desde a década de 60 até hoje ocorreu uma mudança radical no panorama do turismo mundial: os
viajantes, estrangeiros e italianos, estão cada vez mais interessados nas belezas paisagísticas e ambientais,
património ainda não plenamente valorizado. A procura de Horticultural Tourism fez nascer nos dez jardins
do network os percursos didácticos, evolução dos antigos passeios escolares, para além do gradual aumento
do horário e dos meses de abertura ao público. As propriedades, quer estatais quer privadas, pertencentes a
entidades e fundações, cumularam um notável know-how na realização de eventos e exposições de flores e
viveiros (por exemplo os Jardins da Landriana, o Parque Hidrotermal Negombo, Villa Durazzo e Palazzo
Patrizi). Em 2009, o pior ano para a economia mundial, Grandes Jardins Italianos marchou contracorrente,
registando quase seis milhões de visitantes pagantes, com um aumento de 27% em relação ao ano anterior.
Dados significativos também o investimento das propriedades em intervenções de restauração, de
replantação de espécies botânicas (por exemplo as novas colecções de Hortênsias na Villa Serra e na Villa La
Babina), mas também e sobretudo o crescente número de empregos.

12