Está en la página 1de 36

Guia para

cuidar dos
idosos da
família
Tire suas principais
dúvidas sobre saúde
na terceira idade
Guia para cuidar dos
idosos da família
Tire suas principais dúvidas sobre saúde
na terceira idade
O tempo passa rápido demais. E eis que, de repente, de saúde público não consegue atender a toda essa
as pessoas que cuidaram de nós com tanto carinho e demanda.
dedicação passam a precisar de nossos cuidados para O resultado dessa conta que não fecha é simples: os ido-
viver em segurança. sos precisarão contar com o apoio da família para viver-
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em dignamente e terem sua integridade física respeitada.
até o ano 2050 a população mundial com mais de 60 anos Cuidados correto funcionam como prevenção,diminuin-
será de 2 bilhões de pessoas. Em 1960 havia pouco mais do a chance de complicações e internações.
de 3 milhões de idosos em nosso país e, em 2010, esse
Nós da Medicar sabemos como é difícil essa situação
número saltou para quase 20 milhões!
e estamos aqui para ajudar. Elaboramos este Guia para
Com os avanços médicos e farmacêuticos nas últimas cuidar dos idosos da família com muito carinho porque
décadas as pessoas estão com uma longevidade maior. sabemos que os “nossos” idosos são prioridade em
Consequentemente com chances de desenvolver nossas vidas, não é mesmo?
doenças crônicas e debilidades, o que torna essa Reserve um pouco do seu tempo para conhecer as
população mais frágil e mais suscetível a atendimentos preciosas dicas a seguir. Certamente, elas lhe darão
médicos e internações e, infelizmente, o sistema mais segurança!
Alimentação 1 6 Remédios

Atividades físicas 2 7 Estímulo da Memória

Alzheimer requer
Higiene 3 8
cuidados especiais

Segurança no lar 4 9 Socialização

Segurança em Acesso a serviços


5 10
ambiente externo de saúde
Alimentação
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
1. ALIMENTAÇÃO 5 
Somos o que comemos. Quando o assunto é idoso
essa máxima é ainda mais séria porque as limitações
impostas pelo processo natural de envelhecimento
pedem maior atenção no que diz respeito aos hábitos
alimentares. Vejamos as dicas dos especialistas.

1. Crie uma rotina de horários para alimentação e siga o


mais rigorosamente possível.

2. De preferência a alimentos na forma natural e evite


ao máximo os ultraprocessados (biscoitos recheados,
salgadinhos etc). Óleo, sal, açúcar e gorduras devem ser
ingeridos com moderação.

3. Verduras, legumes e frutas são ricos em minerais,


fibras e vitaminas, diminuindo risco de várias doenças e
auxiliando a função intestinal. São de consumo obrigatório.
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
1. ALIMENTAÇÃO 6 
4. Leites e derivados ajudam a fortalecer os ossos e
devem fazer parte do cardápio, assim como carnes,
peixes, aves e ovos, ricos em proteínas e minerais.

5. Certifique-se de que o idoso está consumindo


os 2 litros de água todo dia. Aromatizar a água com
hortelã, ou rodelas de laranja ou limão, são uma boa
pedida para incentivar a hidratação.

6. Verduras, legumes e frutas são ricos em minerais,


fibras e vitaminas, diminuindo risco de várias doenças e
auxiliando a função intestinal

7. Alimente o idoso em um lugar agradável e evite


que ele coma isoladamente. Companhia agradável
proporciona prazer e ajuda a abrir o apetite.

Importante lembrar que em algumas doenças existe


restrições dietéticas, por esse motivo sempre siga
rigorosamente as orientações de seu médico.
Atividades Físicas
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
2. ATIVIDADES FÍSICAS 8 

Atividade física regular contribui para uma vida mais


saudável aos que estão na terceira idade. Eles melhoram
a capacidade funcional e previnem doenças, permitindo
maior qualidade de vida e independência.

A caminhada é uma boa opção e, dependendo das condições


do idoso, existem locais que oferecem atividades gratuitas
com acompanhamento profissional.

Mas antes de iniciar qualquer tipo de atividade física,


converse com seu médico e veja a melhor opção indicada
para o seu caso.
Higiene
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
3. HIGIENE 10 
A higiene é condição essencial para a saúde de todas as
pessoas, independente da idade. Porém, para os mais
velhos, atitudes simples como tomar banho podem se
transformar em uma tarefa penosa.

O banho precisa ser regular e em segurança. Instale


barras de segurança e coloque cadeiras plásticas no
banheiro para o momento do banho e, também, para secar
a pele e hidratá-la. Se o idoso estiver muito debilitado é
indispensável a ajuda de algum familiar.

Existem no mercado assentos para elevar a altura do


vaso sanitário, facilitando sua utilização, e a colocação
de barras para ajudar na hora de levantar é importante.
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
3. HIGIENE 11 

Até mesmo o lavatório precisa ser avaliado em relação à


altura e se houver dificuldades para abaixar, uma cadeira
para sentar-se no momento de cuidar da higiene bucal
será um conforto extra.

Pode parecer excesso de zelo, mas as roupas também


devem ser motivo de cuidados. Peças confortáveis e
práticas são as ideais.
Segurança no lar
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
4. SEGURANÇA NO LAR 13 
É natural com o avançar da idade que haja diminuição
na agilidade , equilíbrio e coordenação, o que amplia a
chance de acidentes com os mais maduros e alguns cuida-
dos são essenciais para prevenção de acidentes domésticos.

1. PISO. O banheiro precisa ter piso antiderrapante. Se


não for possível colocar esse tipo de piso em toda a casa,
certifique-se de que o restante não seja escorregadio.
Jamais deixe o piso molhado ou passe produtos que o
deixem escorregadio (como cera).

2. ESCADAS. Adote o uso de corrimão e crie uma rotina


para evitar o sobe e desce contínuo.
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
4. SEGURANÇA NO LAR 14 
3. QUARTO. Coloque interruptores perto da cama ou, ao
menos, uma luminária. Também é preciso que o telefone
fique sempre próximo ao idoso (com os números de
emergência visível e em letra grande), assim como uma
garrafinha de água.

4. ILUMINAÇÃO. Toda a casa deve ser bem iluminada e


sem tapetes que podem levar a escorregões indesejados
e perigosos.

5. OBJETOS NA ALTURA CERTA. Tudo o que o idoso utiliza


em seu cotidiano deve estar em uma altura onde ele não
precise abaixar muito e, principalmente, não tenha que
subir em cadeiras e bancos.
Segurança em
ambiente externo
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
5. SEGURANÇA EM AMBIENTE EXTERNO 16 

Evite que o idoso saia desacompanhado, mas se assim


for preciso, coloque em sua bolsa (ou carteira) uma
identificação com: nome e endereço do idoso, nome e
telefone de pessoa de contato.

O cuidado deve ser redobrado se for preciso usar trans-


porte público. Nesse caso, evite horários de pico e tenha
muita atenção para subir, se acomodar e descer do ônibus.

Atenção, também, para as vias públicas. Buracos, degraus


e outros perigos podem estar no caminho.
Remédios
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
6. REMÉDIOS 18 
A primeira dica é nunca usar medicamentos sem indicação
profissional – o que vale para todas as idades. Guarde
todas as receitas de medicamentos usadas pelo idoso e
apresente-as ao médico para evitar com isso possíveis
interações medicamentosas.

Os remédios devem ser administrados da forma como


foi indicada (dosagem e horário, principalmente). Fique
de olho em possíveis efeitos colaterais e comunique o
profissional de saúde, caso ocorra algum problema (anote se
isso ocorrer para evitar problemas semelhantes no futuro).

Para evitar falhas com os medicamentos, adote uma


maneira de agendar os horários. Existem várias e o
importante é utilizar uma que funcione com você.
Estímulo da
Memória
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
7. ESTÍMULO DA MEMÓRIA 20 
A maioria das pessoas têm perda de memória na
velhice, mas algumas atividades simples podem manter
a mente em forma.

1. SUDOKU E PALAVRAS CRUZADAS. Ambos são muito


parecidos, sendo que o primeiro utiliza números no lugar
de palavras. Excelentes exercícios para o cérebro, podem
ser encontrados em jornais, bancas, livrarias e até na
internet (de graça).

2. JOGOS DE CARTA. Jogos como pôquer, paciência


ou buraco são excelente exercícios cerebrais e podem
retardar a perda da memória.
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
7. ESTÍMULO DA MEMÓRIA 21 
3. UTILIZAR OS CINCO SENTIDOS. Ouvir música,
degustar um prato saboroso, vislumbrar uma linda
paisagem, sentir um perfume diferente ou tocar em uma
superfície nova são experiências que despertam a mente
– lembre-se: ofereça experiências que atendam o gosto
do idoso, que pode ser diferente do seu.

4. XADREZ, DAMA E OUTROS JOGOS DE ESTRATÉGIA.


Qualquer desafio que envolva estratégia exercita o
cérebro, sempre necessitado de estímulos diários para
manter-se em funcionamento.

5. LEITURA, COMPUTADOR, ARTESANATO. Toda leitura


estimula a atividade mental e ajuda na memória do
vocabulário. O uso de computador ou trabalhos manuais
também reduzem a perda da memória - além de distrair!
Alzheimer requer
cuidados especiais
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
8. ALZHEIMER REQUER CUIDADOS ESPECIAIS 23 
A doença de Alzheimer é uma enfermidade incurável
e de natureza neurodegenerativa. Isso indica que
ela evolui ao longo do tempo. Acomete, geralmente,
pessoas idosas e seu principal sintoma é a perda gradual
da memória. Por sua complexidade exige cuidados
específicos. Vamos conhecer os principais?

1. REMÉDIOS. A maior parte dos doentes precisa fazer


uso diário de medicamentos prescritos pelo médico,
visando retardar o avanço da doença. Caso o paciente se
recuse a tomá-los, mantenha a calma e entre em contato
com seu médico para verificar o que fazer.

2. ATIVIDADE FÍSICA. Uma consequência muitas vezes


relacionadas a doença é a diminuição da mobilidade,
que pode se associar a dificuldade para andar e manter
o equilíbrio. Caminhadas acompanhadas do familiar ou
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
8. ALZHEIMER REQUER CUIDADOS ESPECIAIS 24 
atividades orientadas pelo fisioterapeuta podem ser
benéficas.

3. FORMA DE FALAR. A falta de palavras e a dificuldade


de compreensão que o idoso tem do que lhe dizem requerem
uma forma específica de atenção do cuidador:
• Fale próximo e olhe nos olhos;
• Segure a mão enquanto fala, demonstrando carinho;
• Fale de forma calma e com frases curtas;
• Use sinônimos para reforçar o que está falando;
• Ouça o que ele tem para dizer, mesmo se já disse a
mesma coisa várias vezes.

4. SEGURANÇA.
• Coloque uma pulseira de identificação (nome,
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
8. ALZHEIMER REQUER CUIDADOS ESPECIAIS 25 
endereço, telefone para contato);
• Mantenha portas e janelas fechadas e esconda as chaves;
• Esconda objetos perigosos (faca, peças de vidro);
• Informe a vizinhança sobre a doença para ter ajuda em
caso de “fugas”.

5. LIDANDO COM AGRESSIVIDADE.


• Não demonstre medo nem ansiedade;
• Não discuta, fale com calma para tranquilizá-lo;
• Não toque na pessoa e evite dar ordens enquanto
durar a crise;
• Retire do alcance do doente objetos que possam
ser arremessados;
• Mude de assunto e incentive o paciente a fazer
algo que goste.
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
8. ALZHEIMER REQUER CUIDADOS ESPECIAIS 26 
• Nos casos em que a crise de agressividade for
persistente ou o idoso se colocar em risco, entre em
contato com o médico do paciente ou com serviço de
urgência.

6. EXERCITE A MENTE DO PORTADOR.


• Peça ajuda nas tarefas de cozinha, conforme a
possibilidade do paciente: passar um pano na mesa,
arrumar a despensa – sempre cuidando da segurança
do idoso, obviamente;
• Selecione fotografias marcantes da vida do doente e de
seus familiares e as mantenha em murais, geladeiras,
porta retratos. Converse sobre as imagens para recriar
o momento na memória;
• Mantenha um calendário grande e um local que
seja visto todos os dias. Isso ajuda na localização
espaço-temporal;
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
8. ALZHEIMER REQUER CUIDADOS ESPECIAIS 27 
• Nomeie os objetos constantemente, ajudando-a
reter a informação. Por exemplo, aponte para um
objeto qualquer e pergunte: “qual o nome desse
objeto? Nossa, me esqueci. Para que serve mesmo?”.
Socialização
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
9. SOCIALIZAÇÃO 29 

Ser idoso não significa uma vida de solidão e tristezas.


Passear, ir a lugares que agradam, estar em contato com
amigos e com os familiares é essencial para a saúde da
pessoa mais velha.

Nenhum remédio ou tratamento substitui o carinho das


pessoas que lhe rodeiam e que lhe são importantes.
Converse constantemente com o idoso, estimule-o a dar
opinião sobre os assuntos que estão sendo conversados
e sobre temas cotidianos (qual comida preparar, onde
colocar o vaso de planta etc).
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
9. SOCIALIZAÇÃO 30 
Comunique tudo o que diz respeito à sua rotina
(como agendamento de consultas e exames ou a visita
de um amigo) e, estando em boas condições de raciocínio
e memória, respeite suas vontades – sempre usando o
bom senso.

Se o idoso não tiver mais autonomia para cuidar de sua


aparência, corte suas unhas, faça sua barba, arrume
(pinte) os cabelos, passe um batom... enfim, são cuidados
simples, mas que fazem toda a diferença.

O amor deve ser demonstrado enquanto temos as pessoa


queridas ao nosso lado, e não sabemos quanto tempo
dispomos de sua companhia, não é verdade?
Acesso a serviços
de saúde
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
10. ACESSO A SERVIÇOS DE SAÚDE 32 

Por mais dedicação que o cuidador tenha com as


pessoas idosas que estão sob sua responsabilidade,
certamente em algum momento será preciso recorrer a
um serviço médico.

Com os preços de planos de saúde tão altos, especialmente


para as pessoas mais velhas, e com um sistema de
saúde público sobrecarregado, o que fazer em caso de
necessidade? Eis uma questão que tira nosso sono, não é
mesmo? Mas existem soluções.
GUIA PARA CUIDAR DOS IDOSOS DA FAMÍLIA
10. ACESSO A SERVIÇOS DE SAÚDE 33 

Uma delas é contar com serviços de atendimento


domiciliar de emergência, como o oferecido pela
Medicar. Ao contratar esse tipo de serviço, toda a família
fica protegida, tendo atendimento imediato em casos de
urgência e emergência.

Com um simples telefonema, em poucos minutos uma


UTI móvel, com médico, enfermeiro e socorrista fará
o atendimento necessário no local, garantindo maior
segurança e conforto ao paciente – sendo que nos casos
que haja necessidade de remoção, a mesma ambulância
levará o paciente até um hospital.
Finalizando
Sabemos que cuidar de idosos é uma tarefa complexa,
ainda que muito gratificante. Muitas dúvidas podem
surgir, especialmente no início dos cuidados, e por isso
criamos este E-book com dicas que lhe darão maior
segurança e deixarão sua rotina bem mais tranquila.
Mas lembre-se: para cuidar de alguém, você precisa estar
bem. Então, não se coloque em segundo plano, faça o que
estiver ao seu alcance e conte conosco para oferecer a
tranquilidade que sua família merece.
Há 25 anos a Medicar trabalha para garantir o melhor Por seu compromisso com a saúde dos pacientes e
e mais ágil atendimento médico pré hospitalar na oferecendo serviços de qualidade e eficiência, a Medicar
residência do paciente, através de unidades móveis com conquistou a confiança de pessoas físicas e empresas que
equipe especializada e de uma Central de Atendimento aprovam sua forma de atuação.
com médico orientador durante as 24 horas do dia. Sabemos o amor e os cuidados que você tem por sua
Também disponibiliza consultas e exames, fisioterapia família e podemos auxiliar oferecendo soluções que
e fonoaudiologia domiciliar, cobertura de emergência e garantam a todos o acesso à saúde. Torne seu sono mais
urgência odontológica, entre outros importantes serviços. tranquilo e sua vida menos estressante, deixando conosco
a responsabilidade do atendimento médico emergencial.
Com cobertura nacional e na América Latina, a Medicar tem
como prioridade oferecer atendimento, para casos simples e Estamos prontos para fazer o melhor por seus
graves, garantindo segurança e conforto aos seus usuários. entes queridos!