Está en la página 1de 18

1 2

VOU COM CRISTO, ALELUIA! SAUDADE DO CÉU


Vou com Cristo Aleluia! Tenho saudade do céu,
Minha alma quer descansar
Vou com Cristo Aleluia! - BIS
Promessa Jesus me deu,
- CORO- e sei que não vai falhar.
Aleluia, aleluia.
Vou em busca do meu lar! Tristezas e lutas vêm,
Querendo me naufragar
- II - Por isso minha alma tem,
Breve o meu barquinho vai Saudade do eterno lar.
pelas águas deslizar

SOLO- Vou com Cristo Aleluia Mas ouço uma voz que me diz,
é a voz do meu senhor.
Muito além me espera o pai Quantas almas que perecem,
lá no porto além do mar por não ter um salvador.
SOLO- Vou com Cristo Aleluia É a voz do meu senhor,
falando ao meu coração.
- CORO -
Aleluia, aleluia. Quando em lutas estou,
Meu piloto é Jesus! clamando em oração.
- III- Com Jesus no coração,
Vou com Cristo Aleluia- BIS
sinto gozo em trabalhar.
- CORO - A noite vai se aproximando,
Aleluia, aleluia. a luz precisa brilhar.
Jesus Cristo nos conduz!
Não desanimes irmão,
FINAL- Vou com Cristo, aleluia! pois Jesus em breve vem.
O que semear com lágrimas,
colheremos no além.
3 4

NO VIVER, PENSA EM DEUS A ESPERA DE JESUS - SOPRANO

-I- -I-
No viver, por este mundo. Assim como a noite espera, pelo dia,
Pensa em Deus - BIS Assim como a praia espera, pelo mar.
Seu amor é mui profundo Assim como as nuvens esperam, pelo vento,
Pensa em Deus! Com mais ansiedade eu estou a te esperar.

-Coro- -CORO-
No viver, (Pensa em Deus) Te espero chorando, te espero, mestre querido
Pensa em Deus, (Pensa em Deus) Estou me curvando ante o peso, da cruz.
Entre dores e prazeres Me ajude a chegar ao meu lar, prometido,
Pensa em Deus! Sem te não consigo viver, meu Jesus!

-II- Com mais ansiedade eu estou, a te esperar.


Quando amigos te traírem.
Pensa em Deus – BIS -CORO-
Se perigos mil surgirem Te espero chorando, te espero, mestre querido
Pensa em Deus! Estou me curvando ante o peso, da cruz.
Me ajude a chegar ao meu lar, prometido,
-III- Sem te não consigo viver
Quando fores vitorioso Sem te não consigo viver!
Pensa em Deus – BIS
Dele vem perfeito gozo FINAL: sem te não consigo viver, meu Jesus
Pensa em Deus! Meu Jesus!

(OBS.: A 2ª Estrofe SOLO!)


5 6

No Céu Não Entra Pecado - Harpa Cristã


Cristo Virá - Harpa Cristã
No céu não entra pecado
Fadiga, tristeza, nem dor;
Não há coração quebrantado, Talvez Cristo venha ao romper da aurora,
Pois todos são cheios de amor, Com santos arcanjos, e com voz sonora;
As nuvens da vida terrestre Os mortos porá dos sepulcros pra fora;
Não podem a glória ofuscar
Do reino de gozo celeste, Jesus, breve, vem nos buscar.
Que Deus quis pra mim preparar!
Cristo, que há de vir, virá!
Irei eu p'ra linda cidade,
Jesus me dará um lugar, Ele não tardará, sim, Jesus vem;
Co'os crentes de todas Idades, Aleluia! Aleluia! Amém!
A Deus hei de sempre louvar.
Do céu tenho muitas saudades,
Das glórias que lá hei de ver; Aleluia! Amém!
Oh! Que gozo vou ter,
Quando eu vir meu Senhor,
Rodeado de grande esplendor!
Talvez voltará quando o dia feneça,
Pagar não é necessário Ou em uma noite a luz resplandeça;
A casa, que lá hei de ter; Irmãos, esperai que Jesus apareça!
E meu eternal vestuário,
No céu, nunca vai se romper. Jesus, breve, vem nos buscar.
Jamais viverei em pobreza,
Aflito no meu santo lar,
Ali há bastante riqueza,
Da qual podarei desfrutar. O Seu esplendor e a glória veremos,
Do mundo, então, nós por fim, sairemos,
No céu o luto é banido, Assim, grande gozo no céu fruiremos;
Enterros não hão de passar;
Sepulcros jamais são erguidos, Jesus, breve, vem nos buscar.
Lá mortos não vou encontrar.
Os velhos serão transformados;
Mudados nós vamos ficar.
Quais astros por Deus espalhados
No céu, para sempre brilhar.
7 8
JUNTO A TI
A CADA PASSO -I-
Minha possessão eterna,
-I- És o meu maior amor;
A cada passo que eu dou na vida Bem maior que o bem da vida,
É um degrau a mais que subo ao céu És, meu Deus, meu Salvador.
Em cristo tenho a melhor guarida
E da morte não temo labéu - Coro -
Junto a ti, junto a ti, (Bis)
-coro- Quero andar contigo sempre
A cada passo vou me aproximando Na jornada minha aqui.
Daquele lar que cristo prometeu
E passo a passo sigo caminhando -II-
A cada instante mais perto de deus O prazer ou o descanso
Não te venho suplicar;
-II- Quero trabalhar sofrendo,
Estou seguro em suas mãos divinas Mas contigo sempre andar.
Que me conduzirão ao santo lar
Em cristo tenho a chave certa que abre -III-
O portal da glória celestial Pelo vale tão sombrio
E também terrível mar
-III- Queira tua mão divina
Às vezes sinto-me tão desolado Sempre, sempre me guiar.
Quando as tristezas vêm me assaltar
Então eu olho para o mestre amado -IV-
Que me diz: Sê firme no avançar! Quando pelas santas portas
Da feliz Jerusalém
Eu puder entrar na glória,
Gozarei o eterno bem.
9 10
CALVÁRIO, REVELAÇÃO DE AMOR CONTA AS BENÇÃOS

-I- -I-
No Calvário contemplamos Se da vida as vagas procelosas são,
Nosso meigo Salvador! Se, com desalento, julgas tudo vão,
- Oh! Revelação de amor! - Conta as muitas bênçãos, dize-as duma vez,
O mistério há tanto oculto, E verás, surpreso, quanto Deus já fez!
Deus em Cristo revelou!
- Oh! Revelação de amor! -CORO-
Conta as bênçãos! dize quantas são,
-Coro- Recebidas da divina mão!
Calvário! - Calvário! Vêm dizê-las, todas duma vez,
- Oh! Grande dor! E verás surpreso, quanto Deus já fez!
Calvário! - Calvário!
- Oh! Revelação de amor! -II-
Tem acaso mágoas? Triste é teu lidar?
-II- É a cruz pesada, que tens de levar?
Deus amou a este mundo Conta as muitas bênçãos, não duvidarás,
E seu Filho ofereceu. E em canto alegre os dias passarás.
- Oh! Revelação de amor! -
O Senhor, na cruz morrendo, -III-
De nós se compadeceu! Quando vires outros com seu ouro e bens,
- Oh! Revelação de amor! Lembram que tesouro prometido tem!
Nunca os bens da terra poderão comprar
-III- A mansão celeste que vais habitar.
Deus, o Pai, olhou o Calvário
E seu Filho abandonou! -IV-
- Oh! Revelação de amor! - Seja o conflito fraco ou forte aqui,
Mas sofrendo este abandono, Não te desanimes: Deus será por ti,
Cristo deu-nos seu perdão! Seu divino auxílio, minorando o mal,
- Oh! Revelação de amor! Te dará consolo, e galardão final.

FINAL; E verás surpreso, quanto Deus já fez!


11 12

VEREI MEU REDENTOR


TOMA MEU SENHOR
-I-
Finda a lida terreal. Quando já do rio além,
Nessa vida tão gloriosa me encontrar, -I-
Sei que lá meu redentor, finalmente eu hei de ver.
E com hinos de louvor hei de o saudar.
Toma, sempre, meu Senhor,
-coro- Minha mente e meu amor!
Hei de ver meu Redentor; Que meu modo de pensar
Redimido, junto dele eu hei de estar;
Hei de ver meu Salvador; Possa em tudo te agradar!
Os sinais dos cravos hei de contemplar.

-II- -II-
Oh, que enlevo divinal; o seu rosto a contemplar,
Desde a aurora desse dia perenal; como então meu coração,
haverá de o exaltar, Meu ouvido vem abrir,
Pela graça e compaixão celestial! Faz-me tua voz ouvir,
-III-
E depressa, com prazer,
Nessa pátria de esplendor, hei de amigos encontrar, Tuas leis obedecer.
Meus irmãos em Cristo lá hei de rever; Mas primeiro que os
irmãos, quando ali no céu chegar,
Meu Jesus é quem eu mais anseio ver. -III-
-IV-
Pelas portas de Sião, Com as vestes a brilhar, Os meus lábios vêm encher
Onde a noite e o pranto nunca chegarão, De verdade, amor, saber;
Lá no lindo céu de luz, há de Cristo me guiar,
E mui perto, sim, eu hei de vê-lo então.
Tua graça, que é sem par,
Quero sempre anunciar.
13 14

MARAVILHOSA GRAÇA
GLÓRIA INDIZÍVEL -I-
Maravilhosa graça, maior que o meu pecar
Como poder cantá-la? Como hei de começar?
Pois alivia a minha alma, e vivo em toda calma
Pela maravilhosa graça de Jesus.
-CORO-
-coro-
Jamais se contou ao mortal, Graça, quão maravilhosa é a graça de Jesus
Alta como o firmamento, alta e é sem fim.
Jamais se contou ao mortal, Graça, quão maravilhosa, suficiente a mim.
Metade da gloria celeste É maior que a minha vida inútil,
Jamais se contou ao mortal. É maior que o meu pecado vil
O nome de Jesus engrandecei e glória daí.

FINAL; Jamais se contou ao mortal, -II-


Maravilhosa graça traz vida perenal
Por ela perdoado, vou a mansão real.
(OBS.: As estrofes são cantadas por um solista.) Ela abranda o meu fardo, gozo de Deus o agrado
pela maravilhosa graça de Jesus

-III-
Maravilhosa graça, quão ricas bênçãos traz
O seu poder transtorna, o pecador falaz
Estou salvo com a verdade, por toda a eternidade,
Pela maravilhosa graça de Jesus.
15 16
ÓH MINHA ALMA
SE A DEUS SUPLICAS -I-
Ó minh'alma, sem demora,
-I-
Se a Deus suplicas força e auxílio, Ergue-te para entoar,
Os louvores do teu Cristo,
Confiando sem esmorecer,
E Seu nome celebrar!
ele há de ouvir-te em teu exílio
Pra remir-te, Sua vida Ele quis dar! -BIS
e teus espinhos remover.
Quem ama e crê no bom Senhor -II-
recebe os frutos desse amor. Minha condição tão triste
Conheceu meu Salvador;
Que dos céus desceu à terra,
-II-
Para ser meu Redentor!
Os teus queixumes revoltosos
Oh! Quão grande! E o amor de meu Senhor! -BIS
não aliviam teu pesar;
Em teus caminhos espinhosos -III-
procura em Deus teu mal sanar. Condenado, justamente,
Se tens tristezas e amargor, Que podia eu fazer,
não os transformes em rancor. Dessa pena pra livrar-me,
O perdão pra merecer?
-III- O Seu sangue, Quis Jesus por mim verter! -BIS
3- Fiel, prossegue em tua vida,
com gratidão e com louvor; -IV-
De meus crimes carregados,
de Deus a graça é prometida
Lá na cruz, em meu lugar,
ao corrompido pecador.
Foi Jesus crucificado,
Deus nunca deixa de atender
A minh'alma pra salvar;
a quem confia em seu poder! Vinde todos! Já comigo, O adorar! -BIS
17 18
SOSSEGAI – 578 HARPA CRISTÃ
ALEGRA-TE Ó ALMA FELIZ
Mestre! O mar se revolta: As ondas nos dão pavor:
-I- O céu se reveste de trevas: Não temos um Salvador!
Nas regias mansões eu almejo morar. Não se te dá que morramos? Podes assim dormir.
Ali reina o salvador. Se a cada momento nos vemos, Sim, prestes a submergir?
E vozes maviosas já ouço a cantar.
-CORO-
De jubilo e de louvor. "As ondas atendem ao meu mandar: Sossegai!
Seja o encapelado mar. A ira dos homens, o gênio do mal:
-Coro- Tais águas não podem a nau tragar,
Ao meu eterno Rei, alegre cantarei. que leva o Senhor, Rei do Céu e mar,
Pois todos ouvem o meu mandar: Sossegai! - sossegai!
Meus olhos hão de ver a praia celestial. Convosco estou para vos salvar: Sim, sossegai!"
Feliz e salvo sou e caminhando vou.
Ao meu querido eterno lar. SOLO- Noite azul, céu sereno, num barco pequeno
Vou deslizando no mar. E a brancura da lua, nas águas flutua
Numa beleza sem par
-SOLO-
Por senda escarpada eu terei de trilhar. De longe parece, ouvir-se uma prece
O mundo me olvidará. No vento, nas ondas, na espuma quem em véu.
Porem nas ribeiras de um límpido mar. Emoldura o caminho, que passa o barquinho.
Seguindo as estrelas, que o guiam do céu
Os santos me esperam lá.
-II-
-III- Mestre, na minha tristeza, estou quase a sucumbir:
Gloriosa esperança inefável de paz. A dor que perturba minha alma, Oh, peço-te: vem banir
Eu sinto em meu coração. De ondas do mal que me encobrem Quem me fará sair?
Em Deus eu terei comunhão que me traz. Pereço sem Ti, Oh, meu Mestre. Vem logo, vem me acudir!
A doce consolação. SOLO- Mas em dado momento, transforma-se o vento
Cessa da lua o clarão. E o mar tão bravio, é um desafio
-SOLO- Ao barco sem direção
Com voz de lamento, do meu pensamento
Alegra-te o alma contempla Jesus. Orei ao meu mestre, com fé sem igual
Se fiel ao teu Salvador. E voltou a bonança, Vitória se alcança
Os nítidos raios que vem lá da cruz. Olhando pra Cristo, O eterno fanal
Te envolvam em resplendor
-III-
Mestre chegou à bonança, Em paz vejo o céu e o mar!
FINAL.: REPETE O CORO MAIS SUAVE. O meu coração goza calma, Que não poderá findar.
Fica comigo, ó meu Mestre, Dono da Terra e Céu,
Eu assim chegarei bem seguro. Ao porto, destino meu.
20
19
LOUVOR
-I- GRAÇAS DOU – 597 HARPA CRISTÃ
Louvamos- Te, ó Deus,
-I-
pelo dom de Jesus, Graças dou por esta vida:
Que por nós, pecadores, Pelo bem que revelou
foi morto na cruz. Graças dou pelo futuro,
e por tudo que passou
-CORO- Pelas bênçãos derramadas,
Aleluia! Toda a glória pela dor, pela aflição
Te rendemos sem fim. Pela graça revelada!
Aleluia! Tua graça graças dou pelo perdão
Imploramos. Amém. -II-
Graças pelo azul celeste e
-II- por nuvens que há também
Louvamos- Te, ó Deus, Pelas rosas do caminho,
e ao Teu Filho de amor por espinhos que elas têm
Que foi morto, Pela escuridão da noite,
mais vive supremo Senhor pela estrela que brilhou
Pela prece respondida,
pelo sonho que falhou
-III-
Louvamos- Te, ó Deus, -III-
pelo Espírito, luz Pela cruz e o sofrimento
Que nos tira das trevas e por toda provação
e a Cristo conduz. Pelo amor que é sem medida,
pela paz no coração
-IV- Pela lágrima vertida,
pelo alivio que é sem par
Oh, vem nos encher Pelo dom da eterna vida,
de celeste fervor, sempre graças hei de dar!
E fazer-nos fruir
Teu afável amor.
21 22

SE MAIS EU PUDESSE GLORIOSO


-I- -I-
Oh! quanto desejo te amar meu senhor, Salvador nós te adoramos,
cantar com voz alta Jesus teu louvor. proclamamos teu amor.
E como eu quisera exaltar-te sem fim, Tu és santo e poderoso,
porque tu morreste na cruz para mim. mui glorioso és tu senhor.

-CORO-
-CORO- Glorioso, glorioso é teu nome,
Se mais eu pudesse Oh! Salvador - BIS
em Jesus confiar,
se mais eu pudesse, -II-
meu Deus te louvar. Redentor, senhor e mestre,
luz eterna das nações.
Oh! concede que teus santos,
louvem-te em seus corações.
-II-
-III-
Oh! quanto desejo melhor te cantar,
Do teu lar de luz e glória,
com alma humilhada Jesus, te adorar.
a mais infamante luz.
Renego os prazeres da vida de aqui,
Tu vieste dar a vida,
pois gozo perfeito eu terei só em ti.
pra nos redimir Jesus.

-IV-
-III-
Vem, oh vem eterno Cristo,
Oh! quanto desejo melhor te louvar,
Rei sublime divinal.
com justo entusiasmo Jesus, te exaltar.
Vem domina e para sempre,
Oh! Toma te peço meu viu coração,
do teu reino celestial
que humilde te entrego na grata oração.
23 24
SOU FELIZ

-I-
JUSTO, ÉS SENHOR Se paz a mais doce me deres gozar
Se dor a mais forte sofrer, oh! Seja o que for,
Tu me fazes saber que feliz com Jesus sempre sou!

-CORO-
Justo, és senhor,
Sou feliz, sou feliz, Com Jesus, com Jesus
Nos teus santos caminhos. Sou feliz com Jesus, meu Senhor!
És digno em todas
As tuas obras. (BIS) -HOMENS-
Embora me assalte o cruel Satanás
Bem perto estás dos E ataque com vis tentações;
que te invocam Oh! certo eu estou, apesar de aflições,
Que feliz eu serei com Jesus!
De todos que te invocam e
m verdade. BIS -MULHERES-
Meu triste pecado por meu Salvador
Foi pago de um modo cabal;
Aleluia, Aleluia! Valeu-me o Senhor, oh! mercê sem igual
Sou Feliz! Graças dou a Jesus!
(OBS.: No final repete o coro duas vezes.)
-TODOS-
A vinda eu anseio do meu Salvador,
Em breve virá me levar
Ao céu onde vou para sempre morar
Com remidos na luz do Senhor.

(OBS.: No final repete o coro suavemente.)


25 26
CAMPANHIAS DE OURO VAI MOISÉS

Deixa meu povo, ir!


Quando o Salvador chamar a mim e a ti.
I
-SOLO- Solo- Meu Israel cativo está
Há uma terra além do rio Deixa meu povo, ir!
Que chamamos doce eterna Solo- Opresso em duro labutar
E somente alcançaremos pela fé Deixa meu povo, ir!
Um a um de entrar havemos
Nesse lar de bem supremo -coro-
Quando o Salvador chamar a mim e a ti. Vai Moisés é Deus quem diz,
Meu Israel, ó Faraó.
-CORO- Deixa meu povo, ir!
Campanhias de ouro a tocar, ( A Tocar).
Santos e anjos a cantar, ( A Cantar). II
É glória e aleluia em resplendor, Solo- É Deus quem ordena em ti Moisés
Nesta terra além do rio, Deixa meu povo, ir!
Que chamamos doce eterna Solo- Senão teus filhos matarei
Quando o salvador chamar a mim e a ti. Deixa meu povo, ir!

-SOLO- III
Quando os dias se findarem Solo- Não mais trabalho e escravidão
E na morte adormecemos Deixa meu povo, ir!
Quando o Rei disser ao espírito: livre sê Solo- Com seus despojos partirão
Nunca mais angustiados Deixa meu povo, ir!
Para sempre com os amados
OBS.;(O coral responde ao solo nas estrofes,
FINAL: Quando o salvador chamar a mim e a ti. cantando “Deixa meu povo ir”)
27 28
MIL GLÓRIAS ABRIGO DE DEUS

-I-
Senhor Jesus, Exaltado seja sempre
o teu santo nome.
O que habita no abrigo de Deus,
Nome santo e bom – BIS Estará sob as sombras do amor.
Exaltado seja sempre o nome, de Jesus. Nenhum mal sobre ele virá,
Sob as asas feliz viverá.
Exaltado, seja sempre, o teu nome, Oh Jesus.
Tu que habitas, lá na glória, ó amado, bom Jesus. -CORO-
Oh! Eu quero habitar, no abrigo de Deus,
Glória, glória, glória, glória – Bis Só ali achareis, paz e profundo amor.
-I-
E delícias sem par, comunhão desfrutar,
Glória ao pai celeste, glória, glória E pra sempre seu nome exaltar.
a Jesus Cristo, pois salvou as nossas
Almas desse mundo de horror. -II-
Ele esta assentado revestido de poder, O que habita no abrigo de Deus,
e esperando pelo pai a sua igreja receber. Mui feliz para sempre estarão.
Anjos guardam a vida e saúde,
-II-
Te prepara, oh crente pra encontrar o salvador,
E seus pés nunca resvalarão.
pois breve esta igreja vai subir com o senhor.
Ele vem nas nuvens com poder e grande glória, -SOLO-
pra buscar a igreja santa que ganhou sua vitória.
O que habita no abrigo de Deus,
-III- Para sempre seguro estará.
No fim da jornada todo crente vai ganhar, Caiam mil ou dez mil ao seu lado,
Uma coroa lá no céu que Jesus Cristo vai nos dar.
Naquela cidade onde os salvos vão morar,
Deus, porém deste mal livrará.
Pois é Deus quem nos consola nossos prantos enxugará.

Final: Ao senhor... Para sempre, amém! Final- E pra sempre seu nome exaltar.
29 30

MANDA FOGO! BENDITA SEGURANÇA

Fogo, fogo meu senhor, fogo. Canta, minha alma! Canta ao Senhor!
Quero sentir teu poder! Rende-Lhe sempre ardente louvor!
Manda fogo, manda meu senhor, manda. Canta, minha alma! Canta ao Senhor!
Faz meu coração arder! Rende-Lhe sempre ardente louvor!
Fogo, fogo meu senhor, manda.
O fogo que Moisés via o fogo que na sarça ardia, -Homens-
o fogo que não a consumia. Vivo feliz pois sou de Jesus!
E já desfruto o gozo da luz!
Fogo que queima pecado, malícia, prostituição Sou por Jesus herdeiro de Deus;
Lascívia e glutonaria, ciúmes e divisão Ele me leva à glória dos Céus!
Blasfêmia, ira e discórdia, orgulho, murmuração
Inimizade e porfia, inveja e dissensão
Canta minha alma! Canta ao Senhor!
Quero obter energia para poder divulgar Rende-Lhe sempre ardente louvor!
Essa mensagem que salva e tem poder pra curar Canta minha alma! Canta ao Senhor!
Quero obter energia pra mortos ressuscitar Rende-Lhe sempre ardente louvor!
Quero obter ousadia para demônios expulsar!
-Mulheres-
Quero ver fogo caindo, quero ver coxo andar Ao seu amor, eu me submeti,
Quero ver fogo caindo, quero ver mudo falar E extasiado então me senti;
Quero ver fogo caindo, quero ver surdo escutar Anjos, descendo, trazem do céu,
E cego que for sarado, de alegria chorar! Ecos da excelsa, graça de Deus.
Quero ver fogo caindo e o Senhor batizar -TODOS-
Quero ver crente pedindo e o Senhor renovar Sempre me rendo em Seu grande amor,
Quero ver almas chorando, ao meu Senhor se entregar Me regozijo em meu Salvador;
Quero ver anjos constantes, em nosso meio voar! Esperançoso, vivo na luz;
Pela bondade do meu Jesus!

FINAL- Rende-lhe sempre ardente louvor!


31 32
CONTAR A JESUS
EU SOU UM POBRE PEREGRINO
-I-
-I- A Jesus Cristo contarei tudo
Eu sou um pobre peregrino Que haja em meu peito a me perturbar;
Cansado de longa jornada Os meus problemas, meus sofrimentos,
Demando a celestial morada Só Ele os pode suavizar.
Onde não há dor nem sofrer
O que suaviza a caminhada - CORO -
É que verei meu Salvador A Jesus Cristo, meu Bem-Amado,
Quando o rio atravessar Narrarei sempre minha aflição;
E chegar àquele lar! Aos meus cuidados, meus sofrimentos,
Só Ele pode dar solução.
-II-
Sombras escuras me perseguem - Homens -
Trilhando estradas escarpadas Quando tentado, sei que preciso
Mas vejo mui além douradas De um protetor que possa valer;
As plagas que buscando estou Só Jesus Cristo, que é invencível,
Queridos hei de lá rever Pode, portanto, me proteger.
Naquela pátria a me esperar
Quando rio atravessar A Jesus Cristo, meu Bem-Amado,
E chegar àquele lar! Narrarei sempre minha aflição;
Aos meus cuidados, meus sofrimentos,
Só Ele pode dar solução.
Em breve me libertarei
De toda mágoa e provação Meu Jesus, Meu Jesus,
Receberei meu galardão Meu Jesus Amado.
De tudo enfim descansarei Meu Jesus Amigo, só ele pode dar solução- BIS
Verei meu Jesus, meu Salvador
Que derramou por mim seu sangue - TODOS -
Quando o rio atravessar Sei que este mundo quer atrair-me,
E chegar àquele lar! BIS do bom caminho me desviar;
Mas Jesus Cristo, forte e zeloso,
(OBS.: Repete a 3ª estrofe em surdina com solo) Sempre me ajuda a perseverar.
33 34
O LAR DITOSO EU TE LOUVO – 10 HARPA CRISTÃ

-I- -I-
O lar ditoso e mui feliz, Glória a Deus, o Pai Eterno
De divinal fulgor, Cujo trono é os céus
Das pedras mais preciosas, O universo Lhe pertence
Fez, Jesus, meu Salvador. Glória, sim, ao nosso Deus
Oh! Quantas vezes almejei no gozo teu entrar,
Pois o Senhor me prometeu -CORO-
No céu um bom lugar. Eu te louvo! Eu te louvo!
Oh! Jesus, meu Salvador!
-Coro- Dai-Lhe glórias, ó remidos!
Ao lar feliz, celestial, Pois Seu sangue limpa o pecador
Jesus, enfim, me levará,
Lá viverei com Deus. -II-
Glória ao Filho, mui amado
-II- Que merece o louvor
O sol com todo o resplendor Demos glória ao Seu nome
No céu nao há de estar Ao Cordeiro, ao Redentor
Mas glória eterna, divinal,
Jesus fará brilhar. -III-
Tristeza e dor do mundo vil Demos nós, ao Santo Espírito
Jamais existem lá. Mil louvores por Seu dom
As lágrimas dos filhos seus, Por Sua graça tão imensa
Deus mesmo enxugará. Glórias Ele, Ele é bom!

-III- -IV-
Meu lar amado o teu brilhar Glória, glória ao Pai bendito
Desejo logo ver Glória, glória a Jesus
Pois pela fé no meu Senhor, Glória dai ao Santo Espírito
Feliz eu hei de ser. Ao Deus trino, nossa luz
Somente os salvos hão de entrar
No lar da redenção.
Porque Jesus os levará
A divinal mansão.

Intereses relacionados