Está en la página 1de 9

REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)

Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de


pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA
(tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

Sumário
1. INTRODUÇÃO ................................................................................................... 2

2. PERGUNTA DE PESQUISA .............................................................................. 2

3. REVISÃO DA LITERATURA ............................................................................ 2

3.1. O papel da Revisão da Literatura ..................................................................... 2

3.2. Quando fazer uma revisão da Literatura ........................................................... 3

3.3. Publicações Scopus usando o termo “systematic review” ................................ 3

4. PASSOS DE UMA REVISÃO ............................................................................ 5

5. QUADRO PARA DEFINICÃO DA PERGUNTA DE PESQUISA ................... 6

5.1. Dica final .......................................................................................................... 8

REFERÊNCIAS ............................................................................................................. 8

Como referenciar ESTE DOCUMENTO em formato ABNT........................................ 9

1
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

1. INTRODUÇÃO

Uma das dificuldades iniciais em uma pesquisa científica é estabelecer a “pergunta de


pesquisa”.

Este documento faz uma brevíssima apresentação do que é a Revisão da Literatura para
as Pesquisas Científicas e a seguir apresenta um quadro que serve primordialmente à definição
da chamada “pergunta de pesquisa”.

2. PERGUNTA DE PESQUISA

A pergunta de pesquisa reflete o problema e o contexto (problemática) ao mesmo tempo


que implica nos objetivos do trabalho.

Os objetivos por sua vez, determinam o que você fará para responder à pergunta. Assim
o Objetivo geral é a grande resposta e os Objetivos Específico são as etapas a serem alcançadas
para se atingir o objetivo Geral.

Este quadro apresenta diversas técnicas para se determinar a pergunta, valendo-se de


mnemônicos. Algumas são voltadas à pesquisa quantitativas e outras qualitativas. Outras se
referem ao chamado “padrão outro” quanto tratamos de Revisões Sistemáticas da Literatura
(Vide Cochrane1 e Campbell2 – Systematic Review of Literature SRL).

Faz-se necessário recordarmos então, o que é uma Revisão da Literatura em termos


de pesquisa científica.

3. REVISÃO DA LITERATURA

3.1. O papel da Revisão da Literatura


São revisões de literatura que seguem um conjunto de métodos científicos que têm o
objetivo explícito de limitar tendenciosidades, principalmente por procurar identificar, analisar
e sintetizar todos os estudos relevantes (de qualquer delineamento), para responder a uma
questão específica (ou a um conjunto de questões).

Para realizar a revisão, esses métodos são especificados antecipada e detalhadamente,


da mesma forma que se espera em qualquer pesquisa.

1
https://www.cochrane.org/
2
https://campbellcollaboration.org/

2
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

3.2. Quando fazer uma revisão da Literatura


Para revisar toda a evidência sobre uma questão específica (se existe alguma incerteza
sobre a resposta).

Para que decisões possam ser tomadas de forma transparente e com uma base defensável
(por exemplo, políticas públicas com base “no que funciona”).

A revisão da literatura tem sido um instrumento muito importante para as pesquisas


científicas e vem sendo adotada em inúmeros programas de Pós-Graduação. Nos últimos 20
anos o crescimento deste tipo de pesquisa tem sido muito forte (exponencial – gráficos 1 e 2).

3.3. Publicações Scopus usando o termo “systematic review”


Uma rápida pesquisa na base científica SCOPUS (até jul/2018), revela que:
a) Mais de 199.000 documentos são ou usam o termo “systematic review” -Grafico 1
b) Mais de 86.000 tem o Título de SR (ou seja, são revisões sistemáticas) – Gráfico 2.

Grafico 1 – Artigos científicos com o termo “systematic review”

3
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

Gráfico 2 – Artigos científicos cujo título do artigo apresenta o termo “systematic review”

A Revisão da Literatura permite que possamos chegar ao “estado da arte”, refutar ou


corroborar teorias e especialmente identificar lacunas para pesquisa. Estas lacunas são
fundamentais para orientar as Teses de Doutorado.

Poderemos enumerar pelo menos 12 tipos de revisão da literatura (procure por “Tipos
de Revisão da Literatura + Tabajara” no Google). Neste documento vamos nos referir muito
rapidamente a dois tipos apenas: A Revisão Sistemática e a Revisão Integrativa observando que
ambas se referem a uma prática baseada em evidências.

a) Revisão Sistemática da Literatura


Teve seu início na área da saúde onde permanece como o “padrão ouro” das pesquisas.
São fortemente suportadas por duas instituições: Cochrane (saúde) e Campbell (Sáúde e
Gestão). Para RSL é importante observar que:

i. Se aplicam apenas a dados empíricos procurando eliminar as tendenciosidades.


Os aspectos teóricos constam apenas do referencial teórico inicial, servindo de
base para os experimentos que serão considerados no estudo.
ii. os protocolos PRISMA e ENTREQ que devem ser seguidos. O primeiro o
PRISMA3, se refere a pesquisas Quantitativas e o segundo, o ENTREQ (, às
qualitativas.
iii. Trata-se de uma metodologia dominante e com métodos muito claros e muito
rígidos.

3
PRISMA: Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses: The PRISMA
Statement. Disponível em: www.prisma-statement.org.

4
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

b) Revisão Integrativa da Literatura


Permite síntese de evidências (qualitativas e quantitativas) e a revisão teórica
enumerando os diversos aspectos conceituais dos diversos autores. Permite a avaliação crítica
com a atribuição de significados aos fenômenos. Toda esta abrangência pode configurar-se com
vários métodos sendo mais difícil sua execução e o controle das tendenciosidades.

i. Se aplicam tanto a experimentos como dados teóricos.


ii. Podem ser valer dos mesmos protocolos, embora não sejam mandatórios como
na RSL.
iii. Trata-se assim de uma metodologia muito ampla elevando o risco de
tendenciosidade.
Para o leitor interessado em mais alguns detalhes recomendamos a leitura do artigo de
2013 - Systematic Reviews- Questions, Methods and Usage - by Henrik Hansen and Neda
Trifkovic - Danida, Ministry of Foreign Affairs of Denmark.

4. PASSOS DE UMA REVISÃO

Em geral para a elaboração de uma Pesquisa Científica, temos as seguintes etapas:


questão de rvisão, planejamento da revisão, busca e seleção de artigos, reparação dos dados,
análise e síntese de resultados, riscos e relatório final das evidências.

Neste artigo nos concentramos apenas nas técnicas para a determinação da pergunta
de pesquisa.

A seguir apresentamos um quadro com os mnemônicos mais utilizados para a


elaboração da pergunta de pesquisa. Tomamos a liberdade de construir este resumo, o qual
serve para uma ideia muito geral. Recomendamos a leitura dos artigos que constam das
referências deste documento.

5
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

5. QUADRO PARA DEFINICÃO DA PERGUNTA DE PESQUISA

Quadro 1 – Mnemônicos utilizados para a definição de perguntas de pesquisa


PICO P I C O
Population or Problem (or Intervention or Exposure
Uso SRL quanti Comparison Outcome
pacient)
Quais as características da Como você deseja intervir? Qual comparação ou alternativa a
Quais resultados possíveis (morte,
População ou Pacientes? O que quer fazer com o paciente esta intervenção (placebo, drogas,
complicações, etc.)?
Qual o problema ou doença? (tratar, diagnosticar, observar)? cirurgia)?
PICOT P I C O T
Population Intervention Comparison Outcome Time
Efeitos
População: amostra de sujeitos recrutados no Refere-se ao Identifica o grupo de O que se planeja medir para examinar a Duração
terapêuticos
estudo. É preciso equilíbrio entre a definição tratamento que será referência ou controle, eficácia de sua intervenção. Definir os da coleta
de uma amostra de pacientes que fornecido aos ou ainda o tratamento instrumentos / ferramentas / técnicas de dados.
provavelmente serão vistos em prática real. sujeitos considerado “gold”. para medição naquela população.
PICo P I Co
Population or Problem Interest Context
Uso SRL quali
Quais as características da População ou paciente? Interesse: defina o evento, atividade, experiência ou Contextualize incluindo as diversas
Qual o problema, condição ou doença? processo aplicado na população. caraterísticas.
PIOD P I O D
Populations interventions or exposures Outcomes Design of Study
SRL
Qual a População ou Que ação sobre a população será O que se pretende Quais critérios, métodos e ferramentas que vão assegurar a
Amostra? avaliada? medir? qualidade dos resultados e das evidências?
PEO P E O
Population and their problems Exposure Outcome or themes
Sociais e Saúde
Quem são os usuários, pacientes ou Ao que se expõe a População? Você está procurando por melhorias na dor, resposta a tratamentos,
comunidade afetada? Quais seus (Violência doméstica, reanimação mobilidade, qualidade de vida, etc.?
sintomas, idade, gênero, etc.? assistida, etc.) Qual o elemento a ser considerado nas experiências dos pacientes.

6
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

FINER F I N E R
Feasibility Interesting Novel Ethical Relevant
Geral
Viabilidade: limites práticos e Interesse Novo, original, inédito Ética Relevância
 Número adequado de Interesse e  Confirma ou refuta Riscos aceitáveis. Resultados importantes:
assuntos/objetos de estudo. motivação do descobertas anteriores  Privacidade  Para conhecimento científico
 Expertise técnica adequada. pesquisador ou  Amplia descobertas.  Riscos à saúde e meio  Para política clínica e de
 Acessível em tempo e recurso. grupo de pesquisas  Fornece novas ambiente. saúde
 Escopo definido e gerenciável descobertas  Normas e legislação.  Para futuras pesquisas
SPIDER S PI D E R
Sample Phenomenon of Interest Design Evaluation Research Type
Pesquisas
O tamanho da amostra O fenômeno inclui
Qualitativas e/ou Do projeto de como a pesquisa A avaliação pode incluir Os tipos de pesquisa incluem
varia em função da comportamentos,
Quantitativas foi estabelecida, dependerão os resultados subjetivos - estudos qualitativos, quantitativos
abordagem (quali/quanti) experiencias e
intervenções resultados e análise. como visões, atitudes, etc. ou métodos mistos

SPICE S P I C E
Intervention or
Ciências Sociais Setting Perspective Comparison Evaluation
Exposure or Interest
É o contexto A Perspectiva se refere aos usuários. Intervenção é a ação A comparação se refere às ações Avaliação é o resultado ou
para a pergunta Podem ser também, usuários em de interesse, ou resultados alternativos, ou medida que determinará o
 Onde potencial ou partes interessadas do executada pelos solução dominante. sucesso da intervenção.
(locus) serviço. Para quem usuários. O que  O que mais?  Quanto?
ECLIPSE E C L I P S
Políticas e
gestão de saúde Expectation Client Location Impact Professionals Service
(derivada da Expectativa (melhoria Grupo (para quem o Localização (onde Impacto Profissionais (envolvidos
CLIP) Serviço (para qual serviço você
ou informação ou serviço é destinado): está localizado o (resultados) na prestação / melhoria do
está procurando informações
inovação) Cientes, Usuários, etc. serviço?) serviço)
Fonte: Elaborado por Cleverson Tabajara Vianna

7
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

5.1. Dica final


Conforme os diversos autores pesquisados temos as seguintes recomendações para a elaboração
das questões de pesquisa, hipóteses e objetivos:

a) Aumente sua familiaridade com o tópico desejado, fazendo pesquisas exploratórias.


Determine o domínio do tema (área, palavras, publicações principais e bases)
b) Busque especialistas, experts, o orientador e colegas para ouvir sugestões. Observe as
referências dos artigos mais citados e procure os autores seminais.
c) Utilize um ou mais critérios para estabelecer a pesquisa (ex. PICOT). Determine a
pergunta central e os objetivos (que responderão à pergunta). Estabeleça como irá
medir os resultados (esperados).
d) Veja que perguntas, objetivos e resultados sejam viáveis e relevantes. Considere os
aspectos de ineditismo, relevância e viabilidade.

REFERÊNCIAS

Abbade, L. P. F., Wang, M., Sriganesh, K., Mbuagbaw, L., & Thabane, L. (2016). Framing of
research question using the PICOT format in randomised controlled trials of venous
ulcer disease: a protocol for a systematic survey of the literature. BMJ Open, 6(11),
e013175. http://doi.org/10.1136/bmjopen-2016-013175
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5129008/pdf/bmjopen-2016-
013175.pdf

Borg Debono V, Zhang S, Ye C, Paul J, Arya A, Hurlburt L, Murthy Y, Thabane L1. A look at the
potential association between PICOT framing of a research question and the quality
of reporting of analgesia RCTs. PUBLIMED. BMC Anesthesiol. 2013 Nov 19;13(1):44.
doi: 10.1186/1471-2253-13-44.
Farrugia, P., Petrisor, B. A., Farrokhyar, F., & Bhandari, M. (2010). Research questions,
hypotheses and objectives. Canadian Journal of Surgery, 53(4), 278–281.

Khan, K. S., Kunz, R., Kleijnen, J., & Antes, G. (2003). Five steps to conducting a systematic
review. Journal of the Royal Society of Medicine, 96(3), 118–121.

Riva, J. J., Malik, K. M. P., Burnie, S. J., Endicott, A. R., & Busse, J. W. (2012). What is your
research question? An introduction to the PICOT format for clinicians. The Journal
of the Canadian Chiropractic Association, 56(3), 167–171.
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3430448/pdf/jcca_v56_3_167_co
mmentary.pdf

Thabane, Lehana & Thomas, Tara & Ye, Chenglin & Paul, James. (2009). Posing the Research
Question: not so simple. Canadian journal of anaesthesia = Journal canadien
d'anesthésie. 56. 71-9. 10.1007/s12630-008-9007-4.
https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs12630-008-9007-4

8
REVISÃO DA LITERATURA - definição das questões de pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos)
Elaborado pelo Professor CLEVERSON TABAJARA VIANNA (tabajara@ifsc.edu.br) em 07/07/2018

Tong, A., Flemming, K., McInnes, E., Oliver, S., & Craig, J. (2012). Enhancing transparency in
reporting the synthesis of qualitative research: ENTREQ. BMC medical research
methodology, 12(1), 181.

Wildridge, V. and Bell, L. (2002), How CLIP became ECLIPSE: a mnemonic to assist in searching
for health policy/management information. Health Information & Libraries Journal,
19: 113-115. doi:10.1046/j.1471-1842.2002.00378.x

COMO REFERENCIAR ESTE DOCUMENTO EM FORMATO ABNT.

VIANNA, Cleverson Tabajara. Revisão da Literatura - definição das questões de


pesquisa (estudos qualitativos e quantitativos). Florianópolis, 2018, 9p.
Disponível em: <copie aqui o site onde achou >. Acesso em: 15 jan. 20xx

 Este documento está em padrão APA.