Está en la página 1de 2

MISSÃO ACADÊMICA BRASILEIROS À COREIA POPULAR

Apresentação:

O presente projeto tem por objetivo apresentar e propor a organização de uma delegação
político-acadêmica de brasileiros à República Popular Democrática da Coreia (RPDC).

Justificativa:

Este projeto justifica-se por diversas razões. Primeiro, contribuir para a formação de uma
nova geração de pesquisadores brasileiros interessados nos temas da Ásia, incluindo a
Coreia Popular. Segundo, aprimorar a visão acadêmica desses pesquisadores com viés
progressista dedicados a compreender com objetividade a história da Coreia Popular.
Terceiro, extrair lições e aprendizados para compartilhar no Brasil e ajudar a dirimir os
estereótipos replicados pela grande mídia ocidental.

Objetivos:

A delegação pretende:

1. Produzir um livro a partir da trajetória dos pesquisadores e da missão acadêmica


para a Coreia Popular;
2. Ampliar a divulgação na mídia alternativa de sua experiência de desenvolvimento,
mesmo sob cerco militar e embargos econômicos;
3. Fomentar a formação de novos coreanistas comprometidos com a causa popular
e soberana.

Organização e cronograma:

1. Delegação de 10 membros
2. Viagem entre 1 e 14 de Julho de 2019
3. Passagens custeadas pelos membros
4. Estada e alimentação custeado por uma associação de ciências sociais da RPDC
da Coreia

Coordenação:

Coordenação Política:

 Antônio Barreto – Presidente do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e


Luta pela Paz (CEBRAPAZ)
 José Reinaldo Carvalho – Diretor de Estudos e Pesquisas do CEBRAPAZ

Coordenação Acadêmica:

 Diego Pautasso – Pós-doutor em Estudos Estratégicos Internacionais pela


Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professor do Colégio
Militar de Porto Alegre (CMPA)
EDITAL DE SELEÇÃO À MISSÃO ACADÊMICA PARA COREIA POPULAR

Sobre a missão acadêmica:

1. Viagem acadêmica à Coreia Popular entre 1 e 14 de julho de 2019;


2. O propósito é realizar visitas à Universidade, aos setores produtivos (empresas,
fazendas), locais de prestação de serviços públicos (hospitais, escolas, etc.), entre
outros – com roteiro a ser detalhado posteriormente;
3. Toda a estadia, hospedagem e alimentação, bem como deslocamento interno
serão cobertos pelo governo da RPDC;
4. Apenas a passagem fica sob responsabilidade do delegado;
5. Um dos objetivos da delegação é organizar um livro com pesquisas acadêmicas
dos membros da delegação, combinando suas respectivas experiências
acadêmicas com os materiais e informações colhidos na missão.

Requisitos:

1. Possuir trajetória como pesquisador, professor e/ou jornalista na área


internacional que trabalhe temas envolvendo a Península Coreana e/ou Ásia
Oriental;
2. Entregar um Memorial Descrito explicando a trajetória e justificativa do interesse
do candidato em participar da missão até dia 31 de agosto de 2018. O Memorial
deve ter apenas uma página (espaço simples, fonte Times) para o e-mail
zereinaldo@terra.com.br;
3. A resposta da Comissão será dada dia 6 de setembro nos sites do CEBRAPAZ e
do ISAPE;
4. A vaga será garantida após a compra dos bilhetes aéreos até dia 21 de setembro
junto à agência de viagem indicada para coordenar as reservas.