Está en la página 1de 3

Economia Monetária I

Lista 2

1. Explique o que significa financiamento direto e financiamento indireto. Por que,
na maioria dos países, o sistema financeiro é “baseado em bancos”, ou seja, em
crédito bancário? Comente sobre as possíveis razões da recente expansão do
processo de desintermediação financeira.

Financiamento direto é a forma de financiamento em que o agente superavitário
empresta diretamente para o deficitário, enquanto no indireto existe um intermediário,
normalmente um banco comercial. No sistema baseado em bancos as relações de
crédito são mais simples pois o intermediário retém as informações dos agentes e
permite que os recursos sejam alocados e transferidos da forma mais eficiente. Quanto
maior o acesso à informação dos agentes menor o risco, logo, com o desenvolvimento
dos meios de comunicação e do próprio sistema financeiro a desintermediação
financeira vai se tornando a forma mais eficiente de alocar e transferir recursos
reduzindo, ainda, os custos de transação para os agentes.

2. (a) Explique o que significa e o que justifica (i) a regulação financeira prudencial
e (ii) a regulação de defesa do consumidor de produtos e serviços financeiros.

A regulação prudencial é um conjunto normas que visam a operação eficiente do
mercado, para o lado tomador e emprestador de crédito. Parte do princípio de que as
externalidades, tanto positivas quanto negativas resultam da atividade financeira,
porém, as assimetrias informacionais podem gerar distorções contratuais que
beneficiam apenas um dos lados e por esse motivo ela é necessária.

A regulação de defesa do consumidor de produtos e serviços financeiros são normas
que exigem disponibilidade de informações, transparência e até limites na forma de
operação por parte das instituições financeiras. Como a assimetria de informação
prejudica principalmente os clientes de instituições financeiras dado que, entre outros
fatores, contratos financeiros são escritos em linguagem legal que nem sempre é
acessível a clientes a regulação se tornou necessária.

(b) Explique o conceito de “coeficientes mínimos de capital” para os bancos e
mostre as razões de sua exigência nos Acordos da Basiléia.

São coeficientes de capital exigidos dos bancos em proporção aos seus ativos,
ponderados de acordo com seus riscos. Ou seja, os bancos devem construir seu capital
proporcionalmente aos seus ativos e risco. Sua principal razão de existência é que ao

notas etc. ainda. empréstimos subprime. isto é. risco sistêmico. Seus principais riscos são de crédito que é a o risco de calote que é mitigado principalmente pelo próprio contrato já que o ativo é a garantia e o risco de juros. (bancos x cliente) Empréstimo subprime: um empréstimo em que o agente tomador de crédito não possui um bom histórico de crédito ou. O banco de investimento permite o descasamento dessas datas. (seguro de carro) Seleção adversa: fenômeno de informação assimétrica em que os compradores acabam selecionando de forma equivocada produtos e serviços. (carros usados) . e como podem reduzi-los. para venda posterior. ao invés de ter que esperar que o mercado. que é o financiamento da aquisição de imóveis. absorvendo temporariamente em sua própria carteira os títulos emitidos. os compradores finais de títulos. seja receptivo a essas emissões. 3. probabilidade de que elevações de juros reduzam o valor dos ativos mais do que o dos passivos. bônus. especialmente residenciais. Defina: informação assimétrica. risco moral. Quais são as funções típicas de um banco de investimento e de um banco de poupança? Quais são suas principais operações ativas e passivas? Explique os principais tipos de risco enfrentados por estas instituições financeiras. não possui condições financeiras para tomar o empréstimo. mercado primário. (alto risco) Risco moral: quando um agente econômico muda de comportamento devido o contexto de uma transação econômica. 4.forçar os bancos a aplicarem parte do seu próprio capital em determinada operação os fazem se expor menos ao risco. Bancos de poupança atuam no mercado de crédito e ocupam um segmento específico. Informação assimétrica: quando em um determinado mercado um lado dos agentes possui informações privilegiadas em detrimento do outro. probabilidade de o banco ter superestimado a absorção dos ativos pelo mercado. Sua forma tradicional de operação é a hipoteca no qual o próprio imóvel é utilizado como garantia e o tomador de crédito se torna dono na quitação da dívida. conglomerado financeiro. mercado secundário. como ações.. investidores institucionais. seleção adversa. e é minimizado quando a economia está estável e sem pressões inflacionarias. banco múltiplo. Seu principal risco é o de mercado. A função do banco de investimento é permitir às empresas que desejam investir ou a governos que têm planos de gasto poder fazê-lo na época que lhe seja mais favorável.

(Itaú) . (abertura de capital) Mercado secundário: onde ocorre a negociação dos títulos (bolsa de valores) Banco múltiplo: banco universal que oferece serviços financeiros de operações ativas.. corretoras. (insolvência de um grande banco) Mercado primário: mercado onde é feito a emissão de títulos no qual uma empresa consegue financiamento. (banco grande) Investidores institucionais: são instituições que investem recursos com a finalidade de lucro próprio ou de terceiros.Risco sistêmico: risco de um sistema ou mercado colapsar como um tudo ou.) Conglomerado financeiro: conjunto de intuições que têm efetivamente uma administração em comum e que operam sob uma mesma marca comercial. Opera em suas carteiras de banco comercial. passivas e acessórias.. em efeito cascata. banco de investimento. (fundo de pensões.