Está en la página 1de 5

Ministério da Educação

Universidade Tecnológica Federal do Paraná


Campus de Curitiba
Gerência de Ensino e Pesquisa
Departamento de Química e Biologia

Lista de Exercícios
Disciplina: Mecanismos de Reações Orgânicas I

1. Desenhe as possíveis formas de ressonância para as seguintes espécies:

2. Coloque os cloretos primários, secundários e terciários na ordem aproximada de: (a) reatividade
SN1crescente, (b) reatividade SN2 crescente. Justifique:
3. (A) Associe cada intermediário abaixo (a-d) com a estrutura (1-8) que melhor o representar, (B) situe
a carga (+) ou (-) em seu orbital, (C) forneça a geometria e a hibridização do carbono carregado.

a) Cátion benzílico b) Ânion metílico c) Radical isopropila d) Ânion ciclopentadienílico

4. Coloque os seguintes intermediários em ordem crescente de estabilidade. Justifique:


a) Cátions:

5. Classifique os compostos/espécies abaixo, como eletrófilos (E) ou nucleófilos (Nu):


1
6. Preveja as velocidades relativas das reações de substituição nucleofílica dos itens a e b abaixo.
Justifique suas respostas.

7. Nas reações mostradas abaixo (a) faça o mecanismo, (b) forneça os produtos, (c) identifique o
nucIeófilo, (d) o eletrofílico, (e) o substrato e (f) o grupo de saída, utilizando como solvente o .

8. Forneça o mecanismo e o produto das reações de substituição abaixo (a-b). O solvente está indicado
acima da seta da reação.

9. (a) Forneça o mecanismo e os produtos das reações a seguir. Escreva "não há reação" se for
necessário. (b) Em qual(is) caso(s) a reação seria mais rápida da esquerda para a direita. (c) Em
qual(is) caso(s) a reação seria mais rápida da direita para a esquerda. Sugestão: Analise os grupos de
saída.

10. A Tabela abaixo mostra as velocidades das reações do CH3I com dois nucleófilos diferentes em dois
solventes diferentes. De uma explicação para a variação da velocidade com a mudança do solvente.

2
11. Dê os produtos das seguintes reações de substituição. Indique se elas resultam do processo SN1 ou
SN2. Forneça o mecanismo detalhado para cada caso.

12. Dê os produtos das seguintes reações de substituição (a-b). Qual destas transformações deveria
ocorrer mais rapidamente em um solvente polar aprótico (como a propanona ou o DMSO). Qual deveria
ocorrer mais rapidamente em um solvente polar prótico (como a água ou o CH3OH)? Explique sua
resposta com base no mecanismo esperado em cada caso.

13. Relacione as reações (a e b) abaixo a um dos diagramas de energia (i ou ii). Forneça as estruturas
das espécies presentes nos pontos marcados por letras maiúsculas nas curvas de energia.

14. Considere a reação:

(a) Forneça o mecanismo.


(b) O que acontecerá com a velocidade de reação se a concentração de hidróxido for dobrada?
(c) O que acontecerá com a velocidade de reação se a concentração de brometo de etila for dobrada?
15. Considere a reação:

(a) Forneça o Mecanismo.


(b) O que acontecerá com a velocidade de reação se a concentração da água for dobrada?
(c) O que acontecerá com a velocidade de reação se a concentração do brometo de fenil-etila for
dobrada?
16. Ao se converter o (R)-2-clorobutano em (S)-2-butanol pela reação com água em THF como
solvente, obteve-se o 2-butanol com uma rotação específica [α]D = +8,5° de mesmo sinal, mas inferior à
rotação específica do (S)-2-butanol enantioméricamente puro [α]D = +13°.

3
a) O mecanismo da reação é do tipo SN1 ou SN2? Mostre o mecanismo e Justifique.
b) A reação fornece como produto dois enantiômeros, qual é o majoritário (R ou S)? Justifique.
c) A reação ocorre com inversão de configuração, retenção de configuração, ou racemização (parcial ou
total).
17. Qual reação SN2 deverá reagir mais rapidamente em solventes próticos? Mostre o mecanismo e
Justifique.

18. (a) Determine as configurações R e S do substrato e do(s) produto(s) nas seguintes reações SN2.

19. Responda às questões sobre os processos A e B:

19a) O mecanismo da reação A é do tipo:

19b) O mecanismo da reação B é do tipo:

19c) Quando o processo A é efetuado duplicando-se a concentração inicial de cianeto, a velocidade da


reação:
a) Não sofre alteração.
b) É duplicada.
c) É quadruplicada.
19d) Se as concentrações iniciais de tosilato de propila e de cianeto forem duplicadas, a velocidade da
reação:
a) Não sofre alteração.
b) É duplicada.
c) É quadruplicada.
19e) No processo B, se a concentração inicial de cloreto de terc-butila for duplicada, a velocidade da
reação:
a) Não sofre alteração.
b) É duplicada.
c) É quadruplicada.
19f) No processo B, se a concentração de água for duplicada, a velocidade da reação:
a) Não sofre alteração.
4
b) É duplicada.
c) É quadruplicada.
19g) Escolha entre os esquemas 1-6 aqueles que melhor representem os estados de transição das
etapas determinantes da velocidade dos processos A e B.
CH3 CH3 CH3

H δ+ + δ+ H δ+ δ−
δ C O C Cl
O C CH3
δ−
H H
CH3 CH3 Cl CH3 CH3
CH3
2 3
1

Pr Pr
Pr
δ− + δ+ δ− δ−
δ C NC C OTs
NC C H
δ−
H OTs H H
H H
4 5 6