Está en la página 1de 11

Política Internacional

Aula 07
Sistema ONU: evolução e reforma da ONU

guerras “proxy”) Reinterpretação do veto na guerra da Coreia (1950): (abstenção não é veto) 1971: Substituição da República da China (Taiwan) pela RPC . A ONU na Guerra Fria Agenda tomada por temas de segurança (desarmamento. não-proliferação.

A ONU na Guerra Fria Agenda tomada por temas de segurança (desarmamento. não-proliferação. guerras “proxy”) Frequentes vetos no CS Reinterpretação do veto na guerra da Coreia (1950): (abstenção não é veto) 1971: Substituição da República da China (Taiwan) pela RPC .

UN-Habitat (Istambul) 2000: Cúpula do Milênio . A ONU no pós-Guerra Fria Grandes conferências: 1990: Crianças (Nova York) 1992: Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio) 1993: Direitos Humanos (Viena) 1994: Populações (Cairo) 1995: Desenvolvimento humano (Copenhague) 1995: Mulheres (Pequim) 1996: Assentamentos humanos.

Reforma da ONU Problemas: Burocratização Aumento de gastos Falta de representatividade no CS Falta de transparência nas negociações .

Brasil. Japão + 2 africanos) “moratória do veto” . JAP. Índia. duas propostas: A: 6P sem veto + 3 NP B: 8 “semi-permanentes” (mandato de 4 anos. renovável) + 1 NP Proposta do G4: 6P + 4 NP (Alemanha. sem veto) 2003: Kofi Annan. Reforma da ONU 1965: expansão do CS (11 -> 15) 1992: proposta americana de “quick fix” (ALE.

não abre mão do veto China: não aceita Japão EUA: ressalvas (FRA. Reforma da ONU Resistências à proposta do G4: “Unidos pelo Consenso”: rivais regionais União Africana: proposta A. RUS: declararam apoio ao Brasil no CS) . UK.

RUS: declararam apoio ao Brasil no CS) . não abre mão do veto China: não aceita Japão EUA: ressalvas (FRA. UK.Resistências à proposta do G4: “Unidos pelo Consenso”: rivais regionais União Africana: proposta A.

com a inclusão de pelo menos cinco novos países. situação agravada pelo fato de o Conselho não poder tomar decisões nem agir em nome de todos os Estados- membros da Organização. entre os quais o Brasil. o Conselho de Segurança tem sido arguido quanto a representatividade e eficácia. ( ) Órgão máximo da ONU responsável pela manutenção da paz e da segurança internacionais.CACD 2009/2011 (adaptada) ( ) A França apoia o aumento do número de membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas. .

como a redefinição das competências do Secretariado Geral. .CACD 2007 ( ) Tendo alcançado consenso acerca de questões políticas e institucionais. no presente. do Conselho de Segurança e das agências especializadas do Sistema Nações Unidas. ( ) O dissenso a respeito da ampliação do Conselho de Segurança e o exercício do veto por parte dos membros permanentes do Conselho de Segurança têm impedido o avanço das reformas. financeiras e de recursos humanos. assumindo conotação preponderantemente técnica. no tratamento de questões administrativas. o processo de reforma concentra-se.

que haviam sido suspensas com o término do mandato de Koffi Annan. ( )O estabelecimento do Conselho de Direitos Humanos e o da Comissão de Construção da Paz representam avanços concretos no processo de reforma da ONU. reabriram-se automaticamente as negociações relativas à reforma do Conselho de Segurança. .CACD 2007 ( ) Com a eleição e a posse do novo Secretário-Geral da ONU.