Está en la página 1de 10

TRABALHO DE HISTORIA

3-A

LUCAS SILVA FRANÇA N:27 3-A

Apesar de possuírem interesses próximos. os movimentos de oposição ao regime czarista russo abriram portas para a formação do chamado Partido Operário Social- Democrata Russo (POSDR). os social-democratas russos não abraçavam um único projeto de reconstrução do país. Através desse partido. Lênin – com a publicação das “Teses de Abril” – denunciou o papel limitado do novo . a revolução proletária seria a responsável direta pelas transformações que modernizariam a economia russa e daria fim aos contrates sociais que marcavam o país. Foi nesse contexto em que observamos o desenvolvimento das alas menchevique e bolchevique. a revolução na Rússia teria uma condução particular àquilo que fora proposto pelo marxismo. sob a liderança de Vladimir Lênin. os mencheviques tomaram o poder na Rússia e visaram estabelecer o desenvolvimento da economia capitalista no país. a oposição entre mencheviques e bolcheviques alcançou o seu auge. Afinal de contas.Partido Operário Social-Democrata Russo (POSDR) No século XIX. Bolcheviques x Mencheviques O termo menchevique (do russo menshe. Nesse contexto. Com isso. Dessa forma. observamos a aglomeração de várias lideranças políticas visivelmente influenciadas pelos valores do socialismo marxista e interessadas em dar fim às imposições do governo vigente. que significava “minoria”) designava a facção que realizava uma interpretação ortodoxa dos conteúdos do pensamento marxista. Liderados por Georgy Plekanov e Yuly Martov. Contudo. Em fevereiro. apesar de buscarem o fim do czarismo. Segundo os mencheviques. os mencheviques acreditavam que a burguesia deveria liderar a nova república a ser constituída após a queda do Czar Nicolau II. que significa “maioria”). as forças produtivas seriam devidamente ampliadas para que uma revolução socialista acontecesse décadas mais tarde. o insucesso das ações políticas tomadas e a manutenção do país na Primeira Guerra Mundial acabaram gerando duras críticas. os bolcheviques (do russo bolshe. os integrantes do POSDR estabeleceram a criação de duas alas políticas fundamentais para o partido. acreditavam que o governo deveria ser diretamente controlado pelos trabalhadores. Em 1917. Por outro lado.

Revolução de 1905 Domingo Sangrento entende-se um episódio funesto ocorrido em 9 de janeiro de 1905. em meados do século XIX. Portanto. no processo de industrialização. onde aconteceu o massacre do Domingo Sangrento. gerou um grande problema para a Rússia. Contexto do episódio Para se ter uma compreensão satisfatória da Revolução de 1905. era herdeiro da política do absolutismo monárquico. já que ela havia se atrasado. A partir de então. a Rússia permanecia semifeudal. Na ocasião. Nicolau II. a formação das primeiras fábricas em solo russo. Lênin e outros líderes do partido promoveram mudanças nas estruturas políticas e econômicas do país. inicialmente. . os bolcheviques já tinham organizado uma força militar revolucionária que logo derrubaria a administração menchevique. que permitiu o escoamento de produtos industriais da Europa Ocidental para o Leste do continente e. foi uma das que receberam tais fábricas. sobretudo por conta da construção da ferrovia transiberiana. Enquanto nações como Alemanha. Rússia. foram fuziladas pelos guardas imperiais. França e Inglaterra estavam avançadas em termos industriais. ainda forte na Rússia naquela época. Ao mesmo tempo.governo no atendimento das causas populares. A cidade de São Petersburgo. No início de novembro. o que acabou por configurar a Revolução Russa de 1905 – encarada como um ensaio da Revolução de 1917. faz-se necessário saber alguns detalhes do contexto da Rússia czarista da transição do século XIX para o século XX. consequentemente. na cidade de São Petersburgo. determinadas a entregar em mãos de Nicolau II uma carta de reivindicações de melhorias das condições de trabalho nas fábricas da cidade. Essa estrutura. milhares de pessoas que estavam nas imediações do Palácio de Inverno – residência dos czares –. devemos levar em conta que o último czar. em relação a outras potências europeias. A ação arbitrária contra os trabalhadores acabou por gerar uma reação em cadeia de revoltas em várias outras cidades russas. um grande exército de proletários foi organizado para conter as forças reacionárias que se opunham à experiência revolucionária. A transição do regime semifeudal para o industrial ocorreu de forma abrupta na década de 1890.

por exemplo. além de reivindicar melhores condições de trabalho. que daria no bolchevismo. em outubro de 1905. tendo à frente Lenin e Trotsky. A alta nobreza . as estradas de rodagem também eram péssimas e insuficientes e quase sempre cobertas pela neve ou pela lama. em detrimento das suas. social-democratas e a esquerda revolucionária de matriz marxista.O grande problema era que nem o czar e os aristocratas russos nem os primeiros industriais do país souberam lidar com a massa de operários. Entre os opositores. e a indústria não tinha condições de atender às necessidades de mobilização. Greves. mas o comando era ineficiente. trabalhadores urbanos. um parlamento nacional. não havia apoio logístico. Nesse meio-tempo. reformas econômicas e o fim dos privilégios da estrutura absolutista. Isso foi feito a partir do chamado Manifesto de Outubro. ocorreu em virtude da demissão arbitrária de quatro operários que haviam reclamado dos maus-tratos físicos empreendidos pelo capataz na fábrica. A Rússia entrou na primeira guerra mundial despreparada para uma guerra moderna de longa duração e verdade que seu exército possuía o maior contingente de toda a Europa. permitindo a criação da Duma. as manifestações de operários e camponeses. tornando difícil o abastecimento das tropas no front. a nova estrutura política promovida pelo czar e a economia do Império Russo ruiriam. Entretanto. em 1914. com o advento da Primeira Guerra. buscando coordená- las. O massacre do Domingo Sangrento. concordou em promover certa abertura política. O czar e a czarina eram místicos. a de 1917. Reação popular e dos movimentos organizados O Domingo Sangrento fez com que a revolta dos trabalhadores russos se espalhasse como fogo tanto no campo quanto nas cidades. o que permitiu que fosse levada a cabo a segunda e definitiva Revolução Russa. a oposição clandestina ao czarismo passou a atuar com as massas. faltavam armas e as táticas de guerra eram ultrapassadas. isto é. Havia ainda problemas políticos e sociais. o crescimento dos partidos socialistas e a insatisfação das minorias nacionais submetidas ao Império Russo e obrigadas a adotar a religião. também tinha em vista a reforma política da Rússia. a cultura e a língua russa. isto é. A pressão popular. Rússia e Primeira Guerra Mundial A revolução Russa já estava anunciada desde 1905 o regime czarista estava minado por várias forças contrárias: a oposição política da nobreza liberal e da burguesia. mentalmente desequilibrados e sempre atendiam às indicações militares e políticas de videntes incompetentes e estelionatários. bem como liberais. motins e manifestações reuniam milhares de pessoas. Nicolau II. estavam os anarquistas niilistas e os populistas narodiniques. que se formou em torno de cidades como São Petersburgo. As ferrovias eram insuficientes para a grande extensão do império. ambos partidários da ação violenta e do terrorismo.

desejosos da paz e enraivecidos com o imperador. perdera cerca de 5 milhões de soldados. o exército russo estava próximo da ruptura. arrimos de família. a Rússia lançou-se numa aventura contra o exército alemão. a falta de liberdade era quase absoluta. os camponeses viviam submetida à nobreza latifundiária. sem questionar. As tributações eram um fardo pesado para os mais pobres. A burocracia civil era incompetente e incapaz de fazer o país funcionar. Existia também muita inquietação nas outras nacionalidades dominadas pelos russos. Na falta de soldados experientes. No meio rural. greves e levantes constantes nas cidades e nos campos. acatando. pois vivia subjugada pelo czar (imperador). famintos e desarmados. A Revolução Russa de 1917 A Revolução Russa de 1917 foi um levante popular ocorrido na Rússia contra o regime czarista ocorrido em plena Primeira Guerra Mundial.era irresponsável. doentes ou aprisionados pelos inimigos. Os revolucionários aboliram a monarquia e implantaram um regime de governo baseado em ideias socialistas e comunistas. Em princípios de 1917. Não refeita da derrota contra o Japão. O exército russo era uma enorme massa de soldados cansados. qualquer decisão mais esdrúxula do czar. feridos. a Rússia estava à beira de uma revolução interna muito mais séria e radical do que a de 1905. Causas da Revolução Russa Na Rússia. maltrapilhos. No final de 1916. . Essa inquietação no Front combinou-se com saques de armazéns. foram convocados camponeses jovens. gerando descontentamento no campo e preocupações na frente de batalha. equipado pela mais poderosa indústria bélica da época. gerando fome. Todos esses focos de tensão obrigavam uma grande parte do exército russo a atuar como policiais. classe social teoricamente livre. com o aumento do movimento grevista nas cidades e com invasões de terras pelos camponeses. entre mortos. impedindo sua utilização na frente de batalha. durante o século XIX.

em russo). pouco adiantaram para aliviar as tensões. a imprensa e os tribunais. O regime czarista reprimia todo tipo de oposição. que retardava a modernidade do país. As reformas promovidas pelo czar Alexandre II (1855-1881) com a abolição da servidão em 1861. A guarda do palácio. liderados por Lênin. Capitalistas e latifundiários mantinham o domínio sobre os trabalhadores urbanos e rurais. as eleições. assustada com a multidão. como o Partido Social Democrata. as universidades. Apesar disso. . liderados por Plekhanov. No campo reinava forte tensão social com a permanência de um sistema de produção feudal. O episódio ficou conhecido como Domingo Sangrento e provocou uma onda de protestos em todo o país. A Ochrama. A oposição ao governo crescia. Revolução de 1917: Resumo Em janeiro de 1905. Os operários concentraram-se em grandes centros industriais como Moscou e Petrogrado. e a reforma agrária. Na realidade. um grupo de operários participava de um protesto pacífico em frente ao Palácio de Inverno de São Petersburgo. as condições de vida pioraram. defendiam a ideia revolucionária da luta armada para chegar ao poder  Mencheviques (minoria. para entregar um abaixo assinado ao czar. o desemprego e com a desvalorização dos salários. para fugir das perseguições políticas viviam fora da Rússia. Milhares de pessoas eram enviadas ao exílio na Sibéria. em russo). abriu fogo matando mais de mil pessoas. sede do governo. o que levou ao fracasso a revolução de 1905. pois o capital estava concentrado nas mãos de capitalistas. No governo do czar Nicolau II (1894-1917). defendiam a ideia evolucionista de se chegar ao poder através de vias normais e pacíficas como. o governo ganhou tempo e organizou as reações contra as agitações sociais e os sovietes. a Rússia acelerou seu processo de industrialização aliada ao capital estrangeiro. A burguesia também não tirava proveito. por exemplo. controlava o ensino secundário. que se dividiu em duas tendências:  Bolcheviques (maioria. As divergências de opinião fragmentaram o partido. liderado por Plekhanov e Lênin. Os partidos perseguidos iam para a clandestinidade. com a fome. polícia política.

Os quatro primeiros anos de governo bolchevique foram marcados por uma guerra civil que abalou profundamente a Rússia. o Tratado de Brest-Litovsk. que permitia a entrada de capital estrangeiro. Países Bálticos. o czar Nicolau II e sua família foram mortos em julho de 1918. Sofrendo pressões dos sovietes. Bandeira da URSS A foice e o martelo é um dos símbolos mais utilizados para representar o movimento socialista e comunista. O primeiro ato importante do novo governo foi retirar a Rússia guerra. No dia 6 de novembro. A revolução estava salva. O Exército Vermelho. terra e pão” e “Todo o poder aos sovietes”. Os bolcheviques distribuíram as terras entre os camponeses e estatizaram os bancos. tomaram o poder. O país se comprometia em entregar os territórios da Finlândia. Friedrich Engels e Vladimir Lênin. e de suas repúblicas constituintes. organizaram um congresso onde defendiam:“Paz. O emblema da foice e do martelo como símbolo da ideologia comunista foi amplamente utilizado nos brazões e bandeiras da URSS . em fevereiro de 1918. mas a paralisação econômica era quase total. as estradas de ferro e as indústrias. Polônia. formou-se um Governo Provisório. Para isso. sob a liderança de Lênin. criado por Leon Trotsky. Ucrânia e Bielorrússia. Em 1922 foi criada a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) que durou até 1991 quando foi dividida em vários paises. liderados por Lênin e Trotsky. derrotou o Exército Branco e garantiu a permanência dos Bolcheviques no poder. que passaram para o controle dos operários. foi assinado com as Potências Centrais. . De volta à Rússia.União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. foi criada a NEP (Nova Política Econômica). Igualmente. Consequência da Revolução de 1917 Com a deposição do czar Nicolau II. além de distritos no Império Otomano e na região da Geórgia. o governo concedeu anistia aos prisioneiros e exilados políticos. os bolcheviques. sob a chefia de Kerensky. Para restaurar a confiança no governo. disseminado principalmente por personalidades como Karl Marx. para evitar qualquer tentativa de restauração monárquica. a massa operária e os camponeses. A aplicação da NEP resultou no crescimento industrial e agrícola da Rússia. que passou para uma fase socialista.

consequentemente. como se as duas ferramentas estivessem entrelaçadas. No entanto. que.Saiba mais sobre o significado da URSS. Derrotado. em 1918. em 1924. Conclusão Após a morte de Lênin. vinha de uma família bastante rica e era um homem muito religioso. não era comunista. Trotsky foi expulso do país e. curiosamente. em 1918. do comunismo. o símbolo comunista está representado com a imagem da foice sobre a do martelo. para a ideologia comunista. Com Stálin no poder a URSS conheceu uma das mais violentas ditaduras da história. assim sendo. Na bandeira da União Soviética. liderados por Lênin. o símbolo da foice e do martelo teria sido baseado no símbolo da maçonaria. iniciou-se uma luta pelo poder entre Trotsky e Stálin. e uma estrela em cima do símbolo significando o Partido Comunista da União Sovietica(PCUS). um cinzel e um martelo. a união da foice e do martelo representava a aliança entre os dois tipos de proletariados essenciais para que houvesse a revolução do socialismo e. sob um fundo vermelho. O símbolo da foice e do martelo foi criado durante a Revolução Russa. O idealizador do símbolo foi o artista russo Evgueni Kamzolkin. De acordo com algumas interpretações. . quando os trabalhadores russos. acreditavam que só seria possível a vitória do socialismo com a união das forças entre os camponeses e os operários. em 1940 foi morto na cidade do México. a foice seria o símbolo da força dos camponeses e o martelo dos trabalhadores industriais. por um assassino a serviço de Stálin.

exiladas e mortas. Por regra. como um “deus”. Entre os principais objetivos de Stálin. Este posicionamento fez com que o aspecto ditatorial se fixasse no regime stalinista. Características do Stalinismo O Stalinismo ficou marcado por várias características particulares. O Stalinismo era baseado na doutrina do “socialismo em um único país”. Significado de Stalinismo Stalinismo foi um regime totalitário de governo liderado por Josef Stálin. . Durante o regime stalinista. Stálin era visto. o termo stalinismo era utilizado pelos opositores ao regime de Stálin. estava o desenvolvimento do poder industrial da União Soviética. que era secretário-geral do Partido Comunista. fruto de uma intensa propaganda estatal e nacionalista. capaz de fazer frente aos Estados Unidos.  Perseguição religiosa. entre 1924 e 1953. assume o controle e poder da União Soviética após a morte de Vladmir Lênin. Saiba mais sobre o significado de Totalitarismo. que marcaram este período comandado por um dos mais severos ditadores do século XX. ex-líder do país. isto porque havia um grande culto a personalidade do ditador durante o Stalinismo. e da derrota de seu oponente político Leon Trótski. Os ideais socialistas. Stálin. como parte do plano político de Stálin. Stálin era extremamente rígido contra qualquer tipo de pensamento contrário as suas ideologias. Os que apoiavam o ditador diziam-se seguir a doutrina do marxismo-leninismo. contrastando-se com as ideias libertárias e igualitárias que defendia o socialismo.  Ditadura comandada por um partido político único. líder da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). inicialmente defendidos por Stálin. por muitos soviéticos. milhões de pessoas foram presas. que foi exilado da URSS. transformando-a numa potência imperialista militar. foram se perdendo conforme o governo centralizava em suas mãos todos os poderes.

A Russia na Primeira Guerra Mundial https://www.significados.Domingo Sangrento e Revolução de 1905 http://www.br/historiageral/domingo-sangrento- revolucao-1905.bol.  Militarização da sociedade.br/a-russia-na-primeira-guerra-mundial.  Culto e adoração a figura de Josef Stálin.br/foice-e-o-martelo/ .com.  Criação de planos quinquenais (metas para a economia russa para os próximos cinco anos seguintes). Obrigatoriedade do “ateísmo marxista-leninista”.  Repressão a opositores ideológicos e políticos.htm .bol.br/historiageral/bolcheviques-x- mencheviques.br/stalinismo/ .com.htm .  Eliminação de qualquer forma de oposição do stalinismo.Revolução Russa https://www.com.com.  Coletivização obrigatória das produções agrícolas e industriais.clickescolar.Bolcheviques x Mencheviques http://mundoeducacao.uol.htm .Significado da Foice e o Martelo https://www.todamateria.uol.com.br/revolucao-russa/ .  Grande censura dos meios de comunicação.  Eliminação da NEP (Nova Política Econômica). Bibliografia http://mundoeducacao.com.Significado do Stalinismo .significados.