Está en la página 1de 1

DOI: http://dx.doi.org/10.21270/archi.v5i0.

1334

GradO-oo6
Marcadores de resistncia s tetraciclinas no biofilme microbiano: principais
genes e distribuio na microbiota residente
Brbara Paula DIAS, Lcia Clara Garcia BELIZRIO, Warlley CAMPOS, Ellen Cristina
GAETTI-JARDIM, Ana Cludia OKAMOTO, Elerson GAETTI-JARDIM JNIOR
Departamento de Patologia e Propedutica Clnica, Faculdade de Odontologia de Araatuba,
Universidade Estadual Paulista Jlio de Mesquita Filho UNESP, Araatuba SP, Brasil
As drogas do grupo das tretraciclinas foram amplamente utilizadas por apresentarem amplo
espectro de ao e atividade inibitria sobre algumas enzimas leucocitrias e bacterianas. A
resistncia a esses frmacos se alastrou e seu emprego clnico acabou comprometido. Esse
estudo avaliou a distribuio dos genes de resistncia s tetraciclinas em 570 isolados de
microrganismos anaerbios facultativos e obrigatrios obtidos de infeces de cabea e
pescoo, de 2000 a 2015. Os isolados eram submetidos a testes de susceptibilidade
tetraciclina pelos mtodos de difuso em gar (anaerbios facultativos) ou diluio da droga em
gar (anaerbios obrigatrios). O DNA das amostras resistentes foi extrado e a presena dos
genes tet (A, B, C, D, E, G, K, L, M, O, Q, S e T) foi avaliada por meio da amplificao do DNA
por meio da reao em cadeia da polimerase utilizando-se iniciadores e condies especificas
para cada marcador. Entre os facultativos, 31,2% foram resistentes, com destaque para
Pseudomonas aeruginosa (68,2%), e os marcadores mais frequentes foram tetA, tetM (18,7%)
e tetB (16,0%). Entre os anaerbios obrigatrios a resistncia foi observada em 8,1% dos
isolados e os marcadores mais frequentes foram tetM e tetQ. Os dados foram submetidos ao
teste T-Student e teste de correlaes de Spearman. Os resultados mostraram que a
resistncia tetraciclina est associada resistncia a outras drogas entre os anaerbios
facultativos, ao passo que entre os anaebios obrigatrios sua ocorrncia foi isgnificativamente
mais elevada entre Parvimonas micra (20%) e Porphyromonas gingivalis (15%). Concluiu-se
que a utilizao sistmica desses frmacos esbarra na disseminada resistncia e muito
variados so os macadores encontrados entre microrganismos isolados de infeces bucais.
Descritores: Antibacterianos; Resistncia Microbiana a Medicamentos; Gentica.
Agradecimentos/Apoio Financeiro: FAPESP (Processo 12/54851-0)

Arch Health Invest 2016;5 (Spec Iss 1): 17-369 Proceedings of the 6 Congresso da FOA - Unesp/Annual Meeting)
DOI: http://dx.doi.org/10.21270/archi.v5i0.1334

ISSN 2317-3009 - 2016


88