Está en la página 1de 5

Referências Bibliográficas

ARRUDA, Pedro Fassoni. O imperialismo e a dominação burguesa na Primeira
República brasileira (1889-1930). 2007. 326 pg. Tese (Doutorado em Ciências
Sociais), Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais), Pontifícia Universidade
Católica de São Paulo, São Paulo.
BAMBIRRA, Vania. El capitalismo dependiente latino-americano . 5ª edição. México:
siglo XXI, 1978.
BASADRE, Jorge.
Comercio, 2005.

Historia de la República del Perú (1822-1933). Lima: El

BARROS, Ruy Coelho de. A guerra com o Paraguay: Aspectos polêmicos.
Aprofundamento. 2007. Dissertação (Mestrado em História). Programa de PósGraduação em História. Universidade Federal do Mato grosso, Cuiabá.
BELLUZZO, Luiz Gonzaga de Mello. Ensaios sobre o capitalismo no século XX.
Campinas: Editora UNESP, 2004.
BONILHA, Heraclio. O Peru e a Bolívia da independência à Guerra do Pacífico. In
BETHELL, Leslie (Org.). História da América Latina. Volume III: Da independência
até 1870. São Paulo: Edusp/Imprensa Oficial do Estado / Brasília: Fundação
Alexandre de Gusmão, 2004.
BLOCH, March. História e Historiadores. Madrid: Ediciones Akal, 1995.
CARDOSO, Ciro Flamarion. História Econômica da América Latina. Rio de Janeiro:
Graal, 1984.
CARDOSO, Fernando Henrique; FELATTO, D. Dependência e desenvolvimento na
América Latina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.
CHIAVENATO, José Júlio. A Guerra do Chaco (Leia-se Petróleo). São Paulo: Editora
Brasiliense, 1980.
______________________. Bolívia – Com pólvora na boca, Editora Brasiliense: São
Paulo, 1981.

2010. Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Econômico. Chile e la Guerra del Pacífico. Programa de pós-graduação em História. Dissertação (Mestrado em História). DONGHI. São Paulo: Editora Moderna. GONZALEZ. São Paulo. . Rio de janeiro: Companhia das Letras. Bolívia: Crise de coesão territorial no coração da América do Sul. Maldita Guerra: nova história da Guerra do Paraguai. C. DORATIOTO. FURTADO. __________________. Soldados e negociantes na Guerra do Paraguai/Divalte Garcia Figueira. Rio de Janeiro: Paz e Terra. Maria Teresa Garritano. DOS SANTOS. 1975. Divalte Garcia. FRANCO. São Paulo: Humanitas FFLCH-USP : FAPESP. São Paulo: Companhia Editorial Nacional. Trípico del Chaco._______________________. 2011. 2008. Tulio Halperin.. Santiago de Chile: Centro de Estudos Bicentenario. G. A história esquecida da Guerra do Paraguai: fome. 1998. História da América Latina. 2001. Eduardo Maganha. doenças e penalidades. Thiago Fernandes. Rio de Janeiro: Editora Ática. Universidade de São Paulo. Imperialismo y dependência. A economia Latino-americana. 1977. SERRANO. 2002. FIGUEIRA. DOURADO. Antônio E. Universidade Estadual de Campinas. Campinas. Universidade de São Paulo. O conflito com o Paraguai: A grande guerra do Brasil. 1978. Theotônio. FREIRE. 142 pg. 1996. 2011. Dissertação (Mestrado em geografia) Programa de Pós-graduação em Geografia Humana. Celso Monteiro. DONOSO. 116 pg. Caracas: Colección Claves Políticas de América. Francisco M. 2011. São Paulo. Asunción: Editora Comuneros. Genocídio americano: A Guerra do Paraguai. Imperialismo capitalista em três atos: Investigações sobre o capitalismo. Dissertação (Mestrado Economia).

_________________. LENIN. . KOCKA. pp. 2003. IANNI. 1998. 1979. O imperialismo: fase superior do capitalismo. A era dos extremos: o breve século XX 1914-1991. São Paulo: Abril Cultural. _________________. HOBSBAWN.___________________. MARX. MARIUTTI. 2004. K. Petrópolis: Vozes. 1984. Rio de Janeiro: Paz e Terra. O Capital – Crítica da Economia Política. Manuel Ravest. 1941. 1983. Octávio. J. Kurt Rudolf. Organização e apresentação de Emir Sader. Vol. V. Dialética da dependência: uma antologia da obra de Ruy Mauro Marini. 2000. Universidade Estadual de Campinas. Comparison and beyond. 1 e 2. Imperialismo na América Latina. 1979. History and Theory. No. 42. 2003. São Paulo: Tipografia Cupolo. La Compañía Salitrera y la Ocupación de Antofagasta 18781879. La guerra del Chaco. MIROW. Rio de Janeiro: Companhia das Letras. Campinas. Rio de Janeiro: Paz e Terra. MORA. Santiago: Editorial Andrés Bello. A ditadura dos cartéis. Imperialismo e o desenvolvimento econômico europeu. 1. São Paulo: Civilização Brasileira. Eric J. Colonialismo.I. MARINI. Vol. Rio de Janeiro: Global. 1999. A era dos impérios: 1875-1914. Eduardo Barros. Ruy Mauro. 292 pg. Tese (Doutorado em Economia). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. 1987. Programa de Pós-graduação em Ciências Econômicas. 39-44. A era do capital: 1848-1875.

V. Fernando Dall’Onder. 2010. 2007. TILLY. N. POMER. 188 pg. Buenos Aires. Programa de pós-graduação em História. Madrid: Ristre Multimedia. Universidade de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Ciência Política). 1991.. Bolívia: Logística nacional e construção do estado. SANTILLANA. Enquadramento do Paraguai ao modo de produção capitalista (1870 . 202 pg. Carlo L. Francisco B. Miguel Luís Amunátegui e o debate histórico no Chile do século XIX. M. PACHECO. São Paulo. Large Processes. La importancia de la actividad minera en la economía y sociedad peruana. M. BUSTAMANTE.. São Paulo: Companhia de bolso. Léon. SEBBEN. Cultura e Imperialismo. E. Revista de História Comparada. Breve Historia Contemporánea del Perú. Universidade de São Paulo. Programa de pósgraduação em Ciência Política. R. de A. Huge Comparisons. 2008. PORCELLI. política e negócios. Argentina y la guerra por el Chaco Boreal. THEML. Porto Alegre. URRUTIA. Programa de Pósgraduação em História Social. 2012. 2010. Fortunato. n. Estratégia militar e economia na América Latina independente: 1810-2000.NETO. La guerra del Paraguay: estado. PASTORE.1. História Comparada: Olhares Plurais. . Y. 1. São Paulo. Vitória da Conquista. Franklin. Dissertação (Mestrado em História). Edward W. Guerra del Pacífico. Soldados nus: Filhos do acaso ou filhos da glória. New York: Russel Sage Foundation. 1993.1875). Buenos Aires: Colihue. Big Structures. 2011. Luis. Universidade federal do Rio Grande do Sul. Charles. México: Fondo de Cultura Económica. Centro Editor de América Latina. 2007. 333 pg. SAID. C. Tese (Doutorado em História). PEASE G. 1984. 2008. Vanessa. In: XXI Colóquio Internacional do Museu Pedagógico. 1995. Santiago de Chile: CEPAL.

Porto Alegre: Globo. 2006. . ZISCHKA. A Guerra Secreta pelo Petróleo. Bolívia e as questões do petróleo. La guerra del Pacifico. 1922. (Tese de Doutorado). VILARINO. 1936. Ramon Casas. Charles Victor Grosnier. desenvolvimento e dependência no final dos anos 1950. Santiago do Chile: Imprenta Cervantes. Acordos Roboré – Brasil. Anton.VARIGNY. São Paulo: PUC/SP.