Está en la página 1de 8

EDIÇÃO ESPECIAL ACAREG 2009

06 de Agosto de 2009 distribuição gratuita


Diário Director: Manuel Santos Coordenador: José Carlos Santos jornal nº 51 / 6

Novos Céus e Nova Terra ACAREG 2009


Na senda do Elemento Original Dia #6 - 06Ago2009

Sei que o que


faço é uma
gota no
oceano,

Mas sem
isso, o
oceano fica
mais Chefe Nacional está
pequeno entre nós
Me. Teresa de Calcutá

jornalescuta@aveiro.cne-escutismo.pt
ULTIMA PAGINA

Os nossos Serviços
Depois da intendência outros departamentos complementam
a complexa tarefa de fazer deste Acampamento uma máquina
bem oleada que dia após dia funcione com o mínimo de
atropelos.

É o caso do departamento de ambiente e salubridade que


trabalha para que as condições de higiene e ambiente dele
dependentes sejam o melhor possível.

O DMF, a Informática e a Secretaria, sempre atentos ás


exigências dos seus clientes têm sempre um sorriso para
quem, á rasca por causa de uma fotocópia ou para trocar
uma t-shirt, demanda estes serviços.

O espírito de missão sempre presente. Ambiente e salubridade

DMF

O Acareg 2009 é apoiado pela


Câmara Municipal de Vagos Informática

jornal.escuta@gmail.com
O GRANDE DIA DO ACAREG 2009

Os lobitos estão com bom “Ar”


Depois da ida a S. Jacinto e á
praia da Vagueira, “Os Lobitos
estão com Bom Ar” e é o 5º dia
de grande Aventura do ACAREG.

Jogos divertidos, pistas a seguir,


fazem as delícias da lobitada.

Balões de ar e de água animaram


a manhã de hoje.

A tarde, em ambiente mais calmo


já a anunciar o fim da tempesta-
de, é preenchida com a constru-
ção de um barco á vela que
guardará a marca de cada lobito
e a sua forma de sentir este
ACAREG.

e scu t a 3
ACAREG 2009

... todos chegaram ao fim com a sensação de missão cumprida


“O despertar de um novo dia,
com novos desafios pela frente,
novas metas para atingir, novos
lugares para descobrir.
Foi com este espírito que os
exploradores do sub-campo
Praia começaram mais um dia
de actividades: rumo á “cidade”.
Chegámos de autocarro á Ponte
de Vagos. Orientados por carta,
partimos para a aventura que
ao início se mascarava de fácil,
mas que, rápidamente tirou a
máscara e se mostrou um
pouco complicada.
Houve quem se perdesse,
houve quem se magoasse, mas
sobretudo todos chegaram ao
fim com a sensação de missão
cumprida.
No regresso, embora cansados,
estávamos satisfeitos com o
resultado.
Sub-Campo Praia
G.E. 189 - Ilhavo

e scu t a 5
ACAREG 2009

Tudo vale a pena quando o caminho não impostos. Mas, neste último dia de ACAREG, acho
é pequeno. Depois de um dia passado em lares de que tenho a segurança necessária para
idosos, casas de acolhimento de jovens dizer:
Aceitar o desafio – o raid e crianças e instituições para deficientes, NÓS, OS IRMÃO FRATELLI, ACEITÁMOS O
nós, os irmãos Fratelli, podemos dizer DESAFIO MAIS IMPORTANTE DE TODOS:
Sair de noite para o raid pode assustar que apesar de (nos) termos dado, A MISSÃO DE SER HOMEM NOVO E VIVER
quando não vemos o fim à estrada, estamos ainda mais ricos. NOS TRILHOS DO FOGO.
quando o frio das pausas aperta e quando E é na hora em que essas pessoas que se
o sono já pesa mais do que a mochila. atravessaram no nosso caminho nos
Mas não imaginam como sabe bem sentir abraçam, no final, que o pano do nosso
os pés cansados dos nossos mundo ideal cai e vemos o mundo real,
companheiros, lado a lado com os nossos. com todas as cores – as mais felizes e as
Sentir as vozes que cantam connosco de menos alegres.
manhã à noite. Sentir que cada vez mais, Vale a pena, mesmo, quando no fim o
somos irmãos. “adeus” é dito com um “gosto muito de
E vale ainda mais a pena, quando no final ti” envolvido num abraço apertado
da jornada uma nova luz se acende dentro resultante de um dia de brincadeiras e
de nós. partilhas inocentes.
Dar um pouco mais – o serviço Regressar e partir
Por vezes o mundo encarrega-se de cruzar São estas novas luzes que temos o prazer
no nosso caminho pessoas que fazes de experimentar que nos fazem voltar a
mudar a nossa perspectiva, o nosso um dos trilhos mais importantes: o de
caminho e todo o sentido que damos à encontro a nós mesmos. É este regresso
vida. às nossas próprias raízes, à fé que nos
Pessoas que não têm o afecto a que alimenta, aos valores que nos suportam
estamos habituados, pessoas que não e à experiência que nos condiciona que
têm a liberdade à qual nem damos valor, nos fazem querer sempre voltar a partir
pessoas que vivem os limites que, por de encontro a uma nova sensação... a
vezes, julgamos ser a nós que são aceitar um novo desafio.
correio do leitor
Uu nviu elvieuivluelbi Iu evsuuaivu'v Para os HOMENS com ou sem bigode XV ERCA EM ESGUEIRA 25 A 27/SET/09
duelsisuevlubl mi'uIv. Susleicucvuusl 2i do nosso Clã! O Clã de Esgueira tem um desafio para
yuevku elhitu sviu voçês! Marquem nas vossas agendas aque-
nloiiusvnueleirupvmuolci ousv Obrigado por nos terem abrigado e las datas para nos reencontrarmos no XV
ruelhituevgu2l sieuuvsuslii ruuvou protegido naquela noite tão fria e ERCA! Venham recordar os velhinhos SUPER
elviluovsu dlniau evrualhisu suyualwiluav tempestuosa do nossa jornada. “Qui MÁRIO, PACKMAN ou PRINCE of PERSIA!
euwl eipuovhu Il. niousvauelri 1u 4v lindo”! Esperamos por ti! Contamos convosco!
sunleipupvauhl ginuivhutlyiruevvuEl *i Gajas de Santa Joana visitem xv-erca.blogspot.com CLA 25ASM
Irmãos Fratelli,

Orgulho-me de vós e grito de alegria, porque conseguistes encontrar o Fogo dentro de cada um e espalhá-lo em quem cruzou
o vosso Caminho. O Amor, elemento Original perdido pelos Homens, foi de novo encontrado pelo vosso esforço, dedicação,
pelo vosso acreditar, a vossa Fé!

Graças dou ao Senhor por não desistirem deste sonho tornado realidade… Porém, a tarefa que foi incumbida apenas começou
agora! Este Espírito e vontade, terão que continuar sempre em todos os trilhos da vossa vida, não sejais inércia, sede
motivadores.

Vigiai, mantende-vos firmes na fé, sede homens, sede fortes, fazei tudo com amor! Sede meus imitadores, como eu o sou em
Cristo. Todos os irmãos vos saúdam. Saudai-vos uns aos outros com um ósculo santo.A saudação é da minha própria mão,
de mim Paulo. A graça do Senhor Jesus esteja convosco.

Eu vos amo a todos em Jesus Cristo.

… INCENDEIA-TE POR QUEM SE QUEIMOU POR TI!

e scu t a 7
PALAVRA DO CHEFE DE CAMPO

Assistência de Campo
Reflexão:
de nos teres chamado à vida que no agora que vivemos, e na
A vida é um dom dá sentido e esperança ao nosso eternidade que esperamos.
próprio viver: nas alegrias e nas
Senhor, no meio das muitas nuvens tristezas, nos êxitos e nos fracassos, José Eduardo Borges de Pinho in "Acordar
que aparecem no nosso dia-a-dia, com Deus"
não somos capazes de ver que tu
és e o que significas para nós. No
meio dos muitos ruídos que
atravessam a nossa vida, não
conseguimos muitas vezes ouvir-
te.

E assim, vamos caminhando,


dexando que o tempo passe,
preocupados simplesmene com o
imediato e com aquilo, que vamos
conseguindo fazer com o trabalho
das nossas mãos.

Esquecemos, Senhor, que a vida é


um dom, e que é essa gratuidade
Mais dois Departamentos:
O Jornal Escuta que funcionou com um
espaço próprio com condições de
trabalho adequadas e o
Departamento de Saúde que funcionou
também em espaço próprio e que teve
alturas em que não teve mãos a medir.
Bem hajam os profissionais de saúde que
lá estiveram abnegadamente para nos
atender sempre com uma palavra amiga
de conforto

2 e scu t a
ACAREG 2009

O NOSSO CHEFE NACIONAL E ASSISTENTE NACIONAL


ESTÃO CONNOSCO
É verdade! Hoje temos entre nós o nos-
so Chefe Nacional Carlos Alberto e nos-
so Assistente Nacional Pe. Rui.

É deveras para todos nós um grande


incentivo e uma honra receber no nosso
Acareg o Chefe Nacional.

Após a sua chegada durante a manhã,


de imediato procedeu a uma visita aos
serviços, visto que a maior parte dos
escuteiros estava em actividades
externas.

De seguida deslocou-se então a alguns


dos locais onde os escuteiros estão em
actividade.

Acabou a sua manhã no almoço com


os serviços de campo.

CARAS DO ACAREG

4 e scu t a
ACAREG 2009

O ACAREG para a III secção decorre num campo onde a interacção não é
regra facultativa, é obrigatória! Como na imensidão do mar todos, os peixes
tem o mesmo objectivo e também nós procuramos um bocadinho de areia
para rebolar as nossas emoções.
Portanto, nos nossos oceanos, apesar de todo o cansaço, as
dificuldades, as provas, as preocupações nunca se perde a alegria, o espirito
do grupo e a vontade de partilhar esse contentamento.
No campo reina a partilha e a vontade de dar o melhor, não só
pela equipa mas por todos os que preenchem o mar. Gritos, cânticos,
gargalhadas, jogos e brincadeiras são uma rotina mas nunca sem esquecer
as responsabilidades e o trabalho necessário para que na meta final todos
sejamos vencedores.
Nos oceanos temos o privilégio de ter o Porto de Abrigo que nos
mostra o rumo certo e para lá chegar cria em nós a vontade de deixar o
Mundo um pouco melhor! Pela dedicação dos nossos apostólos sabemos
que apesar de algumas coisas não correrem como o desejado, eles esforçam-
se para nos proporcionar não só uma semana de interacção e divertimento,
mas também uma mensagem para o nosso desenvolvimento pessoal.

“Não podemos ser o que devíamos ser se continuarmos a ser o


que somos.”
Corina e Joana

Correio do Leitor
Para Catarina Fernandes Rapto de última hora à equipa
Pioneira 319 Santa Joana Sponge Bob
Multiplica os grãos de areia da praia
pelas estrelas do céu e vê o amor que Temos a vossa mascote como refém.
eu sinto por ti. Não lhe acontecerá nada se colaborarem.
Alguém que está O guia da equipa em questão deverá com-
constantemente a admirar-te do alto parecer no segundo balneario, na terceira
porta, pelas 15 horas do dia que decorre.
Esta pessoa deverá ser portadora de 2
chouriças, que serão entregues como
Para o Xico e Bruno Estarreja pagamento.
Obrigada por nos terem emprestado
Qualquer envolvimento da chefia, terá
os óculos e levado as mochilas , consequências graves.
mostraram a verdadeira força de
pónei. Vamos ter saudades vossas. Escrito por: ALZZJAREG

6 e scu t a

Intereses relacionados