Está en la página 1de 6

ROTEIRO PARA MISSA DA PÁSCOA DOS MILITARES

RECOMENDAÇÕES GERAIS
Recomenda-se que a Páscoa dos Militares seja sempre bem celebrada, o que supõe um
planejamento feito com uma NOTA DE SERVIÇO regulamentar, na qual sejam observadas
as propostas do Senhor Arcebispo da Arquidiocese Militar do Brasil, conforme roteiro
descrito abaixo.
Sempre que possível usar meios modernos na Missa, como o data show para as músicas.
ROTEIRO SUGERIDO PELA ARQUIDIOCESE MILITAR DO BRASIL
1. ANTES DA CELEBRAÇÃO (Atribuições do capelão)
a. Entrar em contato com a Cúria da Arquidiocese Militar do Brasil para verificar a
possibilidade do Arcebispo Militar presidir a celebração. Caso o mesmo não possa, entrar
em contato com o Bispo da Diocese local. Se o Arcebispo militar presidir a celebração, o
Bispo da Diocese local deverá ser convidado para o evento.
b. Providenciar para que o dia da Páscoa dos Militares seja um dia de festa e de guarda
para a guarnição militar.
c. Sempre que possível a celebração não deverá coincidir com outras solenidades litúrgicas
(Ascensão do Senhor, Pentecostes, Santíssima Trindade, Corpus Christi, Sagrado Coração
de Jesus, Natividade de São João Batista, São Pedro e São Paulo Apóstolos, Assunção de
Nossa Senhora, Nossa Senhora Aparecida, Todos os Santos, Fiéis Defuntos e Cristo Rei).
d. Realizar palestras e confissões nas unidades que participarão da celebração.
e. Nas palestras preparatórias inclua-se o ensaio dos cantos litúrgicos que serão entoados
no dia da celebração, de modo que todos os conheçam.
f. Incentivar a participação de oficiais e praças das OM envolvidas tanto na preparação
quanto na celebração.
g. Deve haver o engajamento de militares nas funções litúrgicas como comentarista e
leitores. Deve-se buscar a devida preparação, pois, a improvisação poderá prejudicar a
celebração.
h. O comentarista, sempre que possível, será um militar da ativa. A sua preparação é de
suma importância para o bom andamento da cerimônia.
i. O Grupo de Canto deve ser composto, preferencialmente por militares.
j. Quando existir banda de música na Unidade, é recomendável que a mesma participe da
Missa acompanhando o grupo de canto.
k. Caso a Unidade possua uniformes históricos, a presença de militares trajando-os no
corredor principal e na entrada da igreja, causará um significativo impacto na comunidade
presente. É conveniente um reconhecimento prévio para se verificar a disposição e a
quantidade de pessoas necessárias. Faça-se também o devido reconhecimento do local da
Missa, ensaio das funções litúrgicas e a devida preparação do local para receber os fiéis e
autoridades.
m. Verificar a quantidade necessária de folhetos litúrgicos Pastoreio Militar próprios para a
Páscoa dos Militares.
n. Caso as canções selecionadas para a Missa sejam diferentes daquelas constantes do
folheto litúrgico, providenciar a projeção ou a confecção de um folheto de cantos próprio.
o. A Páscoa dos Militares é um evento público, mas estritamente militar, sem ênfase às
autoridades civis.
p. Preparar uma relação das autoridades convidadas. Entregar ao Arcebispo a relação de
autoridades presentes, antes do início da Missa.
q. Com a chegada da autoridade militar de maior posto, dá-se início à Missa.
r. O Arcebispo e o padre capelão acolhem os participantes da Páscoa na porta de entrada
do templo.
s. Se a maior autoridade militar, fizer o uso da palavra, este momento deverá ser
previamente ajustado com presidente da santa Missa.
2. DURANTE A CELEBRAÇÃO
a. Ritos Iniciais
1) No comentário inicial deve ser apresentado o objetivo da celebração da Páscoa e o
sentido da “Páscoa dos Militares”.
Comentarista: Irmãos e irmãs em Cristo, boa noite! É com muita alegria que nos reunimos
aqui no 20º BPMMG para juntos podermos celebrar a Páscoa dos Militares, Páscoa
significa passagem, era festa realizada pelos Judeus para comemorar a fuga da escravidão
do Egito. Mas para nós Cristão celebramos a ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo,
que nesta Santa Missa Jesus possa ressurgir em nossos corações trazendo em nós e em
nossas famílias a esperança da fé.
2) Durante a execução do Canto de Entrada, ocorre a solene procissão até o altar, de onde
o Presidente fará os Ritos Iniciais com a devida saudação aos presentes.
Canto de Entrada:
Cristo ressuscitou, aleluia! Venceu a morte com amor! (BIS) Aleluia!
Tendo vencido a morte, O Senhor ficará para sempre Entre nós / para manter viva a Chama do
amor que reside em Cada cristão a caminho do pai.
Cristo ressuscitou, aleluia! Venceu a morte com amor! (BIS) Aleluia!
Tendo vencido a morte, O Senhor nos abriu horizonte Feliz / pois nosso peregrinar Pela face do
mundo terá Seu final lá na casa do Pai.
3) Entrada e posicionamento solene das bandeiras - Observar as Normas de Cerimonial
Militar.
4) Hino Nacional – Será executado pela Banda de Música e cantado pelos presentes.
5) O Ato Penitencial cantado.
Senhor que viestes salvar Os corações arrependidos. Piedade, Piedade, Piedade de nós
Piedade, Piedade, Piedade de nós.
Ó Cristo que viestes chamar, Os pecadores humilhados. Piedade, Piedade, Piedade de nós
Piedade, Piedade, Piedade de nós.
Senhor que intercedeis por nós, Junto a Deus Pai, que nos perdoa. Piedade, Piedade, Piedade
de nós, Piedade, Piedade, Piedade de nós.

6) Hino de Louvor -.
Glória, glória, ao pai, criador, ao filho, redentor, e ao espírito, glória! (bis)
Ao pai, criador do mundo, Ao filho, redentor dos homens, E ao espírito de amor demos sempre
glória! E ao espírito de amor demos sempre glória!
Glória, glória, ao pai, criador, ao filho, redentor, e ao espírito, glória! (bis)
b. Liturgia da Palavra
1) As leituras serão proclamadas por militares previamente selecionados e preparados. Os
leitores serão conduzidos ao ambão pelo cerimoniário ou seu auxiliar.
Primeira Leitura (At 15,7-21)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.
Naqueles dias, 7depois de longa discussão, Pedro levantou-se e falou aos apóstolos e anciãos: “Irmãos,
vós sabeis que, desde os primeiros dias, Deus me escolheu, do vosso meio, para que os pagãos
ouvissem de minha boca a palavra do Evangelho e acreditassem. 8Ora, Deus, que conhece os
corações, testemunhou a favor deles, dando-lhes o Espírito Santo como o deu a nós. 9E não fez
nenhuma distinção entre nós e eles, purificando o coração deles mediante a fé. 10Então, por que vós
agora pondes Deus à prova, querendo impor aos discípulos um jugo que nem nossos pais e nem nós
mesmos tivemos força para suportar? 11Ao contrário, é pela graça do Senhor Jesus que acreditamos
ser salvos, exatamente como eles”.
12Houve então um grande silêncio em toda a assembleia. Depois disso, ouviram Barnabé e Paulo contar
todos os sinais e prodígios que Deus havia realizado, por meio deles, entre os pagãos. 13Quando
Barnabé e Paulo terminaram de falar, Tiago tomou a palavra e disse: “Irmãos, ouvi-me: 14Simão acaba
de nos lembrar como, desde o começo, Deus se dignou tomar homens das nações pagãs para formar
um povo dedicado ao seu Nome. 15Isso concorda com as palavras dos profetas, pois está
escrito: 16“Depois disso, eu voltarei e reconstruirei a tenda de Davi que havia caído; reconstruirei as
ruínas que ficaram e a reerguerei, 17a fim de que o resto dos homens procure o Senhor com todas as
nações que foram consagradas ao meu Nome. É o que diz o Senhor, que fez estas
coisas, 18conhecidas há muito tempo’.
19Por isso, sou do parecer que devemos parar de importunar os pagãos que se convertem a
Deus. 20Vamos somente prescrever que eles evitem o que está contaminado pelos ídolos, as uniões
ilegítimas, comer carne de animal sufocado e o uso do sangue. 21Com efeito, desde os tempos antigos,
em cada cidade, Moisés tem os seus pregadores, que leem todos os sábados nas sinagogas”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.
2) O Salmo Responsorial, se possível, seja cantado, ao menos o refrão. Responsório (Sl 95)
— Anunciai as maravilhas do Senhor entre todas as nações.
— Anunciai as maravilhas do Senhor entre todas as nações.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! cantai e bendizei seu
santo nome!
— Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, e entre os povos do
universo seus prodígios!
— Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” Ele firmou o universo inabalável pois os povos ele julga
com justiça.

3) Na Aclamação ao Evangelho o comentarista poderá motivar a assembléia com palavras
como: “Fiquemos de pé e, com alegria, cantemos a Aclamação ao Evangelho”.
Canto de Aclamação:
Refrão: Aleluia, aleluia, aleluia. (2x)
Quando estamos unidos, estás entre nós e nos falarás da tua vida.
Este nosso mundo sentido terá Se tua palavra renovar.
Evangelho (Jo 15,9-11)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 9“Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei.
Permanecei no meu amor. 10Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor,
assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. 11Eu vos disse isto,
para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena”.


— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia

Profissão de Fé – Creio em Deus Pai...
Oração da Comunidade:

A nossa antífona será: Senhor J esus Ressuscitado, atendei as nossas preces...
1 – Senhor Pai de amor, olhai por todos os Militares de Minas Gerais e do Brasil, para que
possam realizar com ética e amor a sua profissão de servir e proteger a sociedade mesmo que
seja com o sacrifício da própria vida, rezemos ao Senhor!
2 – Deus de misericórdia, olhai pelas famílias de todos os militares, para que possam esperar
com fé e afeto a volta do trabalho, sabendo com amor e paciência compreender esta profissão
escolhida, rezemos ao Senhor!
3 – Senhor da infinita piedade, olhai pelos Militares que estão enfermos ou inválidos, que o
Senhor possa sustentá-los na esperança da cura, seja esta física ou espiritual, rezemos ao
Senhor!
4 – Deus todo poderoso, olhai para nossa Igreja, em especial pedimos pelo Bispo de nossa
diocese Dom Ricardo Pedro e Padre Nedir que o Senhor possa cobri-los com as bênçãos do
céu, para possam permanecer firmes e fiés o bom combate da fé! Rezemos ao Senhor!
c. Ofertório
– As ofertas devem ser conduzidas por militares. Além do pão e do vinho, serão
conduzidos os símbolos das Forças. Poderão ser conduzidos objetos que caracterizem ou
simbolizem as Forças Militares presentes.
Canto do Ofertório
Venho Senhor minha vida oferecer, Como oferta de amor e sacrifício; Quero minha vida a ti
entregar, Como oferta viva em teu altar.
Pois pra te adorar foi que eu nasci, Cumpre em mim o teu querer, Faça o que está em teu
coração, E que a cada dia, Eu queira mais e mais, Estar ao Teu lado Senhor.
d. Oração Eucarística III (Importante, deve ser passado ao Padre no início)
1) As respostas da Oração Eucarística III, Serão rezadas. (Colocar somente as respostas
no Slide)
2) Durante a Lembrança dos Mortos, o corneteiro executará o Toque de Silêncio.
Canto do Santo:
Santo, Santo, Santo, dizem todos os anjos, Santo, Santo, Santo é o Senhor Jesus
Santo, Santo, Santo é quem nos redime, Porque meu Deus é Santo, E a terra cheia de Sua
glória está (2x)
Céus e terras passarão, mas Sua palavra não passará (x2) Não, não, não passará, Não, não,
não, não, não, não passará
Hosana a Jesus Cristo filho de Maria, Bendito o que vem em nome do Senhor, Santo, santo,
santo é quem nos redime, Porque meu Deus é Santo, E a terra cheia de Sua glória está (2x)
Rito de Comunhão
1) Abraço da Paz - Não se canta durante o abraço da paz. A saudação deve ater-se às
pessoas que estão próximas, direita e esquerda.
2) O Cordeiro de Deus, sempre que possível será cantado.
Canto Cordeiro:
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade, tende piedade, tende piedade,
piedade de nos.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade, tende piedade, tende piedade,
piedade de nos.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz, dai-nos a paz, dai-nos a paz
Senhor, a vossa paz...
3) Comunhão – Os concelebrantes ajudam na distribuição da Eucaristia. Na falta de
sacerdotes, os Ministros Extraordinários ajudarão na distribuição. O Ministro Extraordinário
não pode tomar o lugar do diácono ou do sacerdote.
4) Canto de Comunhão – Poderá ser executado um canto fácil e conhecido. Um segundo
canto deverá ser preparado e somente executado se houver tempo para isso.
Canto de Comunhão:
Tenho esperado este momento, Tenho esperado que viesses a mim, Tenho esperado que me
fales, Tenho esperado que estivesses assim
Eu sei bem o que tens vivido, Sei também que tens chorado, Eu sei bem que tens sofrido
Pois permaneço ao teu lado.
Ninguém te Ama como Eu, Ninguém te Ama como Eu, Olhe para a cruz, está é a minha grande
prova, Ninguém te Ama como Eu.
Ninguém te Ama como Eu, Ninguém te Ama como Eu, Olhe para a cruz, foi por ti, porque Te
amo, Ninguém te Ama como Eu.
Eu sei bem o que me dizes, Ainda que nunca me fales, Eu sei bem o que tens sentido, Ainda
que nunca me reveles, "Tenho andado ao teu lado Junto a ti permanecido Eu te levo em meus
braços, Pois sou teu melhor amigo."
f. Entrada solene e homenagem a Nossa Senhora
1) Neste momento o padre capelão se manifesta, fala sobre o sentido da presença da Mãe
de Deus junto aos seus filhos e faz a animação do momento.
Canto de Nossa:
Quem é Esta que avança como Aurora. Temível como exército em ordem de batalha. Brilhante
como o sol e como a lua. Mostrando os caminhos aos filhos seus. Ah, ah, ah, minha alma
glorifica ao Senhor. Meu Espírito exulta em Deus, meu Salvador.
Consagração a Nossa Senhora:
Oh, Minha Senhora e também minha mãe, Eu me ofereço inteiramente, todo a vós. E em prova
da minha devoção, eu hoje vos dou meu coração.
Consagro a vós meus olhos, meus ouvidos, minha boca, Tudo o que sou, desejo que a vós
pertença, Incomparável mãe, guardai-me e defendei-me, Como filho muito amado vosso,
Amém. Como filho muito amado vosso, Amém.
g. Ritos Finais
- Após a benção final, antes do presidente e concelebrante se retirarem do altar, o
comentarista orientará a assembléia para esperar a retirada solene das bandeiras, o que
será feito segundo o prescrito no cerimonial militar. Em seguida o presidente se retirará,
juntamente com os concelebrantes enquanto a Banda de Música / Grupo de Cantos
executam o Canto Final.
Canto Final:
O Senhor é Rei , o Senhor é meu pastor e Rei, O Senhor é Rei , o Senhor é meu pastor e Rei
O Senhor está no céu , o Senhor está no mar , na extensão do infinito O senhor está no céu , o
Senhor esta no mar , na extensão do infinito
Está no céu , está no mar , extensão do infinito Está no céu , está no mar , extensão do infinito
Quando eu vacilar , eu não temerei , pois o Senhor está comigo
Quando eu vacilar , eu não temerei , pois o Senhor está comigo
Está no céu , está no mar , extensão do infinito Está no céu , está no mar , extensão do infinito