Está en la página 1de 26

®

Biosensor Indústria e Comércio Ltda.
Rua da J uta, 463 – Distrito Industrial Abdo Najar
Americana – SP – CEP 13.474-772
Tel/ Fax: (0XX19) 3469-3636
sac@biosensor.com.br / www.biosensor.com.br








SEP-10S Plus


MANUAL DE USUÁRIO































































Anexo c

Desenhos dos cabos para conectores multifuncionais
(mfc)

BOMBA DE SERINGA



Dados de conexão:

Terra (GND)
Normalmente Fechado (NC)
Comum (COM)
Normalmente aberto (NO)

Nota:
Use o conector padrão Tipo D de 9 pinos.


















Conector de
enfermaria*
Conexão RS 232

+12V conexão*
SEP-10S Plus

Para bomba


MANUAL DE USUÁRIO
VERSÃO 00



SOFTWARE SP00

50

Sumário

1. OBJETIVO............................................................................. 6
2. VISÃO EXTERNA................................................................. 7
3. DESCRIÇÕES TÉCNICAS................................................... 9
3.1 PRINCIPIO DE OPERAÇÃO ................................................. 9
3.2 DESCRIÇÃO DO TECLADO............................................... 10
3.3 MODOS DE INFUSÃO....................................................... 11
3.3.1 Existem os seguintes modos de infusão:................... 11
3.3.2 Parâmetros usados no Modo de taxa contínua:....... 11
3.3.3 Parâmetros usados no Modo fácil............................ 11
3.4 PROGRAMANDO A BOMBA (VER PROGRAMAÇÃO DO MENU,
ANEXO B).................................................................................. 11
3.5 PREPARANDO A BOMBA PARA INFUSÃO E INICIAR A
INFUSÃO - INSTRUÇÕES RÁPIDAS.................................................. 12
3.6 OPERAÇÕES QUE PODEM SER FEITAS DURANTE A INFUSÃO
SEM PARAR DE INFUNDIR.............................................................. 12
3.7 OPERAÇÕES QUE PODEM SER FEITAS SOMENTE COM A
INFUSÃO A INFUSÃO PARADA ....................................................... 12
4. OPERAÇÃO DA BOMBA .................................................. 14
4.1 LIGAR E DESLIGAR A BOMBA ......................................... 14
4.2 COLOCAR E REMOVER A SERINGA.................................. 16
4.3 PURGAR.................................................................................. 20
5. PROGRAMANDO OS PARÂMETROS DE INFUSÃO.... 22
5.1 SELECIONANDO O NOME DA DROGA............................... 22
5.2 PROGRAMANDO A TAXA DE INFUSÃO OU O VOLUME PELO
TEMPO 23
5.3 PROGRAMANDO O VOLUME LIMITE DA INFUSÃO............ 23
5.4 PROGRAMANDO A TAXA DE BOLUS................................ 24
5.5 PROGRAMANDO A DOSE DE BOLUS................................. 25
5.6 PROGRAMANDO O NÍVEL DA PRESSÃO DE OCLUSÃO....... 25
6. INFUSÃO.............................................................................. 27
6.1 INICIAR E PARAR A INFUSÃO.......................................... 27
6.2 INJ EÇÃO DA DOSE DE BOLUS.......................................... 28
6.3 REVISÃO DOS PARÂMETROS PROGRAMADOS.................. 28
6.4 PARA MUDAR OS PARÂMETROS PROGRAMADOS............. 29

49

A lista das funções pode ser revisada usando as teclas de
seleção. Caso o nome exibido esteja marcado com um
asterisco, isso significa que a função está ativa. Para ativar
uma função inativa pressione a tecla ENTER, e o asterisco
aparecerá na frente do nome. Para desativar a função
pressione C. O asterisco desaparecerá da frente do nome.
Para trocar a taxa do fluxo para o limite superior selecione o
limite superior, pressionando a tecla PROG, colocar o novo
valor usando o teclado numérico e confirmar pressionando
ENTER.
Para colocar um novo nome de droga abra a lista de drogas
e selecione o nome da droga para poder substituir por uma
outra. Pressione a tecla PROG, e coloque o novo nome da
droga usando de acordo com as teclas abaixo (exemplo
para colocar a letra Z pressione a tecla nove por quatro
vezes):

Tecla 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 . YES NO,C
caracteres 1
A,B,
C,2
D,E,
F,3
G,H,I
,4
J ,K,L
,5
M,N,
O,6
P,Q,
R,S,
7
T,U,
V,8
W,X,
Y,Z,9
%,0,/
,-
. Espaço
Backsp
ace
Confirmar a nova droga pressionando a tecla ENTER.
Nota:
1. O caractere inserido pode ser reajustado através das teclas C
ou NO.
2. O velho nome da droga pode ser restaurado através da tecla
PROG até o novo nome ser confirmado

Para sair do menu de configuração pressione a tecla
START/ STOP.

ATENÇÃO!
É recomendado minimizar o número dos parâmetros, tipos de
seringas, nomes de drogas e deixar nas funções somente o que é
necessário para trabalhar. Isso ajuda a evitar erros na programação
dos parâmetros e assim diminuindo o risco ao paciente.




BOLUS RATE LIMIT: XXX
ml/h
Programação do limite
máximo da taxa de bolus




TOTAL VOLUME DISPLAY Exibição do volume total

AUTOSAVE Gravações das
configurações e do
volume total infundido
depois que a bomba for
desligada





DISPLAY DROG NAME Exibição o nome da
droga

TITRATION Programação da taxa de
infusão sem parar a
infusão

STANDBY Programar o tempo de
espera

KEYPAD LOCK Proteção do teclado
contra acidentes ou uso
não autorizado

MODE QUITE Um curto som
acompanha as teclas

NO MAINS ALARM AT
POWER UP
Alarme sobre a condição
que a bomba é ligada e
não está conectada na
rede elétrica

KOR FUNCTION Executar a função KOR

KOR RATE: XXml/h Programar a taxa de
KOR

DATE and TIME DISPLAY Exibição da data e hora
337
LANGUAGE SET:
ENGLISH e outros
Programação do idioma

637 DATE, TIME
Configurar a data e a
hora


Nota:
48
1. O parâmetro não é indicado quando KOR FUNCTION está
desativado
2. Opicional





....................................................................................... 50 ANEXO C
....................................................................................... 47 ANEXO B
....................................................................................... 46 ANEXO A
............................................................. 43 11. DADOS TÉCNICOS
........................................................................... 42 10. GARANTIA
LIMPEZA E DESINFECÇÃO............................................... 40
REPARO......................................................................... 40
.................................................................... 41 CHECAGEM
9.1
9.2
9.3
............................................ 40 MANUTENÇÃO DA BOMBA 9.
................................................................................. 37 AVISOS 8.
.............. 34 SINAIS DE ALARMES VISUAIS E SONOROS 7.
6.5 MODO DE ESPERA .......................................................... 30
6.6 ZERANDO O VOLUME DA DROGA INFUNDIDA E O VOLUME
TOTAL INFUNDIDO
6.7
6.8
6.9
........................................................................ 31
BLOQUEAR E DESBLOQUEAR O TECLADO....................... 32
EXIBIR DATA E HORA ..................................................... 33
.. 33 LIGAR E DESLIGAR A LUZ DO DISPLAY (MODO NOITE)

47



Anexo B
1. Objetivo
Menu de configuração
A SEP-10S Plus é destinada para infundir fluído e drogas
necessárias do dia a dia no ambiente clínico.
Para acessar as funções opcionais ou certos parâmetros,
manter a tecla START /STOP pressionada e ligar a bomba
pressionando a tecla ON/OFF. Quando ouvir um breve som,
liberar a tecla START/STOP, colocar o código apropriado
com as teclas numéricas e confirmar pressionando a tecla
ENTER. A lista total das funções e parâmetros opcionais e
os códigos dos acessos estão apresentados na tabela 1:

A SEP-10S Plus é indicada para infusões via intravenosa
(IV), intra-arterial (IA), epidural ou rotas subcutâneas de
administração. As taxas de infusão são programáveis de 0,1
a 1500 ml/h.
A bomba de seringa SEP-10S Plus é destinada para o uso
contínuo, acompanhando os pacientes em várias áreas,
incluindo:

Hospitais:

Tabela 1
Código Nome Descrição nota
100
Modo de bomba:
Modo de taxa contínua
Modo de bomba fácil


137
Lista de seringa:
10ml MONOJ ECT
20ml MONOJ ECT
30ml MONOJ ECT
50ml MONOJ ECT
100ml MONOJ ECT
e outras


147
Lista de droga:
ADRENALINA e outras


157
Configuração da droga
padrão
Restaurar a lista de
drogas padrão
(fabricante)

237
Nome das funções:
VOLUME LIMIT


VOLUME OVER TIME


TAXA DE INFUSÃO
LIMITE: XXXX ml/h


MANUAL BOLUS

AUTOMATIC BOLUS


BOLUS RATE
PROGRAMMING


Ativar:
Programação do volume
a ser infundido

Programação do VTBI
sobre o tempo

Programação do limite
máximo da taxa de
infusão

Infusão de bolus manual

Entrega do volume de
bolus programado

Programação da taxa de
bolus



Cuidados Gerais
Unidade intensiva
Posto de Anestesia / Recuperação
Salas de Emergências
Oncologia
Cirurgias
Pediatria / Neonatal
Anestesia
Laboratório cardíaco
Unidade de nascimento / Trauma

A bomba aceita uma grande variedade de seringa, usa
apenas uma, com volumes de 10 a 100.
A SEP-10S Plus pode ser configurada selecionando as
características através das teclas de seleção, programando
as especificações necessárias. As opções selecionadas
podem ser facilmente revisadas e as configurações
escolhidas podem ser trocadas de acordo com as diferentes
necessidades.



6

7

Anexo A 2. Visão externa
Visão frontal da bomba SEP-10 Plus.

Tipo de seringa: 50ml BD PLASTIPAK

Taxa da infusão (ml/h)


1-display 2-indicador 3-teclado
Tempo (min)
Visão da traseira da bomba SEP-10 Plus.

Curva de trombeta (%)


Intervalo (min)

1-braço condutor de seringa
2-abertura para encaixar o embolo da seringa
3-fole de borracha
4-abertura para encaixar os encaixes de dedo da seringa
5-Presilha da seringa
46

45

6-Parafuso do suporte Tempo de trabalho com bateria:
h (mínimo) com uma taxa de infusão de 5 ml/h 7-protetor do parafuso
2 h (mínimo) com uma taxa de infusão de 100 ml/h

8-Suporte do equipamento
9-fusível
Tempo para recarregar a bateria: 24 horas 10-conectar de rede elétrica
11-MFC*
12-Controlador do volume do alarme* Classificação: Classe II, tipo CF, IPX4.

*-opcional RS 232 (opcional)

Conexão para 12 VDC (opcional)
Conexão de enfermaria (opcional)

Faixa de temperatura de operação: +5 a +40° C
Faixa de temperatura de armazanamento: -20 a +40° C
Pressão do ar: 60 a 106 kPa
Umidade relativa: 90% máxima, sem condensação (operação e
armazenamento).

Dimensões: 135x305x195 mm.
Peso: 2,6 kg
8

9

Os níveis médios e alto nível apenas para seringas de 50/60 ml e 100
ml.
3. Descrições técnicas
O tempo máximo entre a formação de oclusão e a ativação do
alarme quando a taxa (V) e pressão (P) são conformes (testado
com seringas do tipo: 50 ml BD PLASTIPAK,extensão do equipo:
BALTON, PPI/LL – 120 cm):
3.1 Principio de operação

A bomba de seringa é destinada para dosagens precisas de
drogas através das taxas programadas pelo operador. A
velocidade do condutor do êmbolo da seringa é controlada
por um microprocessador de acordo com o tamanho e a
marca da seringa. O microprocessador controla os passos
do motor, que transfere o movimento para seringa via uma
engrenagem helicoidal. O microprocessador monitora
também a voltagem da bateria interna, a voltagem da rede
elétrica, pressão de oclusão, o volume de bolus e a taxa de
infusão. No caso de problemas ou fim da infusão o
microprocessador ativa um sinal de alarme audível. Os
dados da programação são exibidos por um display
alfanumérico de 2 x 16. A operação do microprocessador é
monitorada por um circuito de monitoração especial
(watchdog) que incondicionalmente desliga o motor no caso
do microprocessador falhar.


a) Taxa, pressão e tempo
V=5 ml/h, P - ALTO: 25 min;
V=5 ml/h, P - Baixo: 15 min;
V=5 ml/h, P - ALTO: 2 h;
V=5 ml/h, P - Baixo: 1 h 20min.

O volume máximo injetado da seringa depois de eliminar a causa
da oclusão quando a pressão é alta: 0,5 ml.

Tipos de seringas:
MONOJ ECT (Kendall) 10,20,30,50/60 ml
BD PLASTIPAK 10,20,30,50/60 ml
TERUMO 20,30,50/60 ml
INJ ECTOMAT (Fresenius) 50 ml
OMNIFIX (Braun) 20,50/60 ml
PERFUSOR (Braun) 50 ml No caso de falta de energia elétrica, a bomba
automaticamente continua a operação com a bateria, o
operador irá perceber essa mudança através de um sinal
sonoro e visual.

DISPOMED-P 50 ml
J ANPOL 50/60 ml
PolfaLub 50/60 ml
PolfaLub 50 ml
IVAC 50ml
J MS 100 ml

O fabricante pode trocar as seringas mencionadas acima e
adicionar outras, incluindo novas marcas ou apagando algumas.

Tensão:
220-230 VAC +10%, 50/60 Hz, ou
110-115 VAC +10%, 50/60 Hz ou funcionar com bateria.

Fusível:
T80 mA/ L 250V (para 220-230 VAC)
T160 mA/ L 250V (para 115 VAC)

Consumo: 10 VA (max)

Bateria Interna: bateria de 9,6 V 1300 mAh NiMH


44

43

11. Dados técnicos
3.2 Descrição do teclado

Programação do volume da infusão:

- Indicador verde, indica que a bomba esta conectada
a rede elétrica (110 V) e a bateria carregando.

- O LED verde indica quando a bomba esta ligada na
bateria, pisca e alarma quando a bateria estiver fraca.

- Durante a infusão, 3 LEDs amarelos piscam
seqüencialmente. Se estiver aceso permanentemente,
a infusão está parada.

- Tecla de liga e desliga da bomba. Manter apertado
por alguns segundos para desligar.

- Tecla para iniciar ou parar a infusão.

- Tecla que move o condutor do embolo da seringa
rapidamente para o lado esquerdo durante a
colocação da seringa ou inicia o modo Bolus, isso é
indicado para remoção do ar do equipo.

- Tecla para mover o condutor do embolo da seringa
pra o lado direito.

- Tecla para selecionar os parâmetros à marca da
seringa ou responder positivamente ou negativamente
as questões.

- Tecla para programar (modificar) os parâmetros.
Pressione mais uma vez para restaurar os valores
prévios.

- Tecla para confirmar o parâmetro selecionado.

- Teclas numéricas pra inserir dígitos dos parâmetros
que serão programados.

- Tecla que seleciona funções adicionais ou para rever
os parâmetros programados.

- Tecla para cancelar o valor numérico ou parâmetro,
ou silenciar o sinal de alarme. Ela apaga o TOTAL
INFUNDIDO e os valores de DOSE INFUNDIDA e
limpa o valor numérico do display quando programado.
0,1 a 99,9 ml - incrementos de 0,1 ml;
100 a 999 ml - incrementos de 1 ml;
Volume sem limite.

Programação para taxa de infusão
0,1 a 99,9 ml/h – incrementos de 0,1 ml/h;
100 a 1500 ml/h – incrementos de 1 ml/h;

Taxa de bolus:
0;
a 1500 ml/h – incrementos de 1 ml/h;

Dose de bolus:
0,1 a 99,9 ml – incrementos de 0,1 ml;
Sem bolus automático.

Nota:
Máximo taxa de bolus:
450 ml/h para seringas de 10ml;
750 ml/h para seringas de 20ml;
950 ml/h para seringas de 30ml;
1500 ml/h para seringas de 50/60ml e 100 ml.

Taxa de KOR (KVO):
0,1 – 10,0 ml/h

Volume KOR(KVO):
1,0% do volume da seringa

Tempo de espera:
1 a 999 minutos - incrementos de 1 minuto.

Precisão na taxa de infusão:
+2% ou +0,1 ml/h (o maior desses valores)

Alarme de pressão de oclusão:



a)

alto – 120 kPa +25 kPa

médio – 80 kPa +20kPa
baixo – 40kPa +15 kPa

10

11

10. Garantia

3.3 Modos de infusão
3.3.1 Existem os seguintes modos de infusão:
O fabricante garante a total qualidade da fabricação da
bomba no período de 12 meses apos a data da compra. Modo de taxa contínua;
O fabricante ou a assistência técnica autorizada tem a
obrigação de reparar a bomba em garantia ou substituir a
bomba no caso do fabricante ou a assistência técnica
autorizada determinar que a falha está relacionada com o
processo de fabricação.
Modo fácil.
3.3.2 Parâmetros usados no Modo de taxa contínua:
Nome da droga;
Taxa de infusão em ml/h;
Se o comprador encontrar algum defeito na bomba durante
o período de garantia, ele deve informar ao fabricante ou a
assistência técnica autorizada imediatamente.
Volume limite ou sem limite;
Taxa de bolus em ml/h;
Volume de bolus (infusão automática de Bolus);
A bomba enviada para testes, reparo ou substituição deve
ser enviada ao fabricante ou a assistência técnica
autorizada na embalagem original.
Nível de pressão de oclusão;
Volume infundido em ml;
Volume da infusão total.

Essa garantia não é aplicada às bombas com danos no
selo ou quando a falha é causada por violações das
exigências do manual de operação, por tensão não
conformes de acordo com a NBR IEC, por derramamento de
líquido, por defeitos mecânicos causados por choques ou
quedas, por danos na bomba causados durante o transporte
ou quando a embalagem é danificada.

É possível trocar a taxa de infusão e Bolus infundido (automaticaou
manualmente) sem parar a infusão.
3.3.3 Parâmetros usados no Modo fácil
Taxa de infusão (em ml/h) (item 5.2);
Volume infundido.

É possível trocar a taxa de infusão e infusão de Bolus (manualmente)
sem parar a infusão.

NOTA:
1. Bolus manual é infundido com a máxima taxa possível;
2. Nível de pressão de oclusão: Alto (permanente).


AVISO
Esse modo pode ser usado somente se a concentração da droga for
10 mg/ml (Propofol).
3.4 Programando a bomba (ver programação do menu,
ANEXO B)
1. Usando a lista de seringas;
2. Usando alista de drogas;
3. Programar o modo de infusão (modo de infusão fácil, modo
de taxa contínua);
42

41


4. Configurar (programar) os parâmetros necessários e os
limites (somente em modo de taxa contínua);
No caso de qualquer falha da bomba, consulte
imediatamente o fabricante ou o distribuidor.
5. Selecionar o idioma, se necessário; As peças substituídas das bombas serão dispostas de
acordo com legislação local. Não enviar de volta para o
fabricante. Nenhum componente da bomba causa risco ao
meio ambiente e pode ser disposto seguramente de acordo
com o protocolo do hospital.
6. Ajuste o tempo de programação.
3.5 Preparando a bomba para infusão e iniciar a infusão -
Instruções rápidas
1. Ligar o equipamento pressionando a tecla ON/OFF (item
4.1);
9.3 Checagem

2. Inserir a seringa (item 4.2);
3. Selecionar o tipo de seringa usado (se necessário) e
confirmar pressionando a tecla ENTER (item 4.2);
As seguintes checagens são recomendadas:
Checagem funcional – Pelo menos uma vez ao
ano. Deve ser realizado através de técnicas
especializadas do hospital ou assistência técnica
autorizada do fabricante.

4. Selecionar e programar, um a um, os parâmetros da
infusão (item 5);
5. Remover (se necessário) o ar do equipo (item 4.3);
6. Conectar a extensão do equipo no paciente;
7. Limpar (se necessário) o VOLUME TOTAL (item 6.6.);
Tabela 2: Lista de checagem

8. Iniciar a infusão pressionando a tecla START/STOP (item
6.1).
Item Comentário
1 Exame visual da bomba
2 Operação da bateria interna
3.6 Operações que podem ser feitas durante a infusão
sem parar de infundir

Teste de serviço – a cada 2 anos. A checagem de
serviço deve ser realizada pelo fabricante ou pela
assistência técnica autorizada pelo fabricante (de
acordo com o Manual de Serviço).
1. Infusão de BOLUS (automaticamente ou manualmente)
(item 6.2);
2. Trocar a taxa de infusão (item 6.4);
3. Revisar os parâmetros da infusão (item 6.3):
Taxa de infusão;
Nome da droga;
Volume infundido;
Volume total infundido;
Volume de Bolus infundido;
Taxa de Bolus.
4. Revisão dos parâmetros de infusão pré-programados
(pressionando a tecla F);
5. Atualizar a hora e a data (item 6.8);
6. Bloquear / desbloquear o teclado (item 6.7);
7. Desligar a luz do teclado (modo noite) (item 6.9).

3.7 Operações que podem ser feitas somente com a
infusão a infusão parada
1. Substituir a seringa e continuar a infusão com os parâmetros
previamente programados ou re-programar os parâmetros
(item 4.2 e 6.4)
2. Trocar taxa de infusão (item 6.4)
12

13

3. Re-programar os parâmetros de infusão (item 6.4)
4. Ativar o modo de espera (item 6.5)
9. Manutenção da Bomba
5. Apagar o Volume Infundido e Volume Total Infundido (item
6.6)
9.1 Limpeza e desinfecção

6. Bloquear / desbloquear o teclado (pressionar a tecla F) (item
6.7)
7. Baixar os eventos armazenados*
Quando for limpar ou desinfetar, a bomba deve estar
desligada e desconectada da rede elétrica. Depois de
desinfetar esperar pelo menos um minuto para ligar a
bomba. Para desinfetar e limpar a bomba, utilize algodão
umedecido com solução desinfetante. Qualquer solução
baseada em álcool etílico ou 3% de peróxido de hidrogênio
pode ser usada.
8. Desligar a bomba ou resumir a infusão (item 6.1)

*- opcional
A bomba não deve ser virada porque a solução desinfetante
pode entrar no equipamento.
A bomba não deve ser autoclavada.

ATENÇÃO!
Quando uma solução infundida ou outro liquido é derramado sobre a
bomba, deve ser imediatamente limpa usando gaze umedecida com
água ou álcool. Depois de limpa, checar se a conexão da rede esta
ausente de líquido. A presença de líquido pode causar curto nos
contatos. Limpar o conector da rede usando gaze seca e somente
então re-conecte a bomba na rede elétrica.
9.2 Reparo

Para assegura a vida útil da bomba (10 anos ou mais), é
necessário checar periodicamente seu estado e substituir as
partes de acordo com a seguinte tabela.

Tabela 1: Partes da bomba que devem ser periodicamente
substituídas

Número da
parte
Nome da
parte
Periodicidade
de substituição
Critério para
substituição
B6640001 Bateria 2 - 3 anos
O tempo de
trabalho diminui
mais que 2 vezes
(checar 25°C)
B8703002
Fole de
borracha
3 - 4 anos Danos, rasgo
B8123009 Cobertura 3 - 4 anos
Danos
(rachadura,etc)

40

39

removidas, os parâmetros da presente infusão deve ser
checados e a infusão deve ser retomada.
4. Operação da bomba
A entrada RS232 é uma característica opcional da bomba
de seringa que capacita baixar os dados internos (histórico
da droga administrada) para um computador para
armazenar e/ ou futuras analises. Conectar ao computador
enquanto a bomba está conectada ao paciente é proibido.
4.1 Ligar e desligar a bomba
Ligando a bomba:

Não conecte a bomba ao computador enquanto ela estiver
ligada.
1. Colocar o equipamento posicionado no suporte de soro e
firmá-lo com o parafuso do suporte de soro apertando
manualmente; Para obter informações sobre a interface RS232, recorra
ao Manual de Serviço. 2. Conectar o cabo de força no conector correspondente da
bomba; A opinião sobre a conveniência de qualquer software
usado no ambiente clínico para receber os dados da
bomba de seringa está no manual de usuário do
equipamento.
3. Assegurar que o cabo de força está preso com a braçadeira
de metal;
4. Quando o cabo de força estiver conectado na bomba. O
indicador verde acenderá; O protocolo de comunicação é detalhado no Manual de
Serviço.

Quaisquer componentes analógicos ou digitais para
processamentos de dados requeridos são encontrados na
norma EN 60950 e NBR IEC 60601 para dispositivos
médicos. Qualquer dispositivo de conexão adicional para
saída ou entrada do equipamento é um sistema
configurado e responsável por encontrar um sistema
padrão NBR IEC 60601-1
Não use objetos pontiagudos para pressionar as teclas
(bisturi, alicates, agulhas, etc.).
Fixar firmemente a bomba. Se a bomba cair, não a use
porque a ausência de danos externos não significa
ausência de danos internos.
5. Ligar o equipamento pressionando a tecla ON /OFF e
programá-la.
Não desmontar a bomba. Se necessário, consulte o
distribuidor ou o fabricante.

Não imergir a bomba na água.
Não esterilizar ou autoclavar a bomba.
Não use a bomba em ambientes com perigos de explosão.
Os seguintes sinais são usados com marcas na bomba:

Classe II de proteção

Tipo CF

Degrau contra fluido

Ver Instruções de Operações



a) Para colocar a seringa

O display mostrará a seguinte mensagem:
14

15

exemplo, falha na rede elétrica, quando transportar paciente
de uma sala para outra, etc.

Insert SYRINGE
Into SLOTS! Para manter a bateria carregada, a bomba não deve ser
mantida desconectada da rede elétrica por um tempo maior
que 60 dias. É recomendado manter a bomba conectada a
rede elétrica quando não estiver em uso.

Inserir a seringa cheia com a extensão do equipo conectada
(item 4.2)
O indicador indica que a bateria está sendo carregada. O
tempo necessário para recarregar a bateria quando a
seguinte mensagem

Remover o ar da extensão do equipo e prender a seringa
com a presilha da seringa (item 4.2)


VERY LOW BATTERY
b) Para programar o tipo de seringa

O display mostrará a seguinte mensagem: é exibida é de 24 horas. A bomba é capacitada para operar
normalmente quando está carregando.
A capacidade da bateria diminui gradualmente com o tempo.
Então para manter o tempo especificado de trabalho,
contate seu distribuidor ou fabricante entre 2-3 anos da data
da compra e para trocar a bateria elétrica.
Syringe
XX ml (syringe brand name)

Confirmar o tamanho e a marca da seringa (ver seção 4.2)
Se a rede elétrica é disponível do conector da parede e se a
bomba mostra essa mensagem


NOTA:
1. Se o display mostrar a seguinte mensagem depis de
apertar a tecla ON/OFF:

NO MMAINS!!!
ChecK power cord

Significa que a bomba não está conectada na rede
elétrica. Caso o equipamento não seja ligado na rede
elétrica, confirmar pressionando a tecla ENTER para que
bomba seja ligada pela bateria.

2. Se aparecer está mensagem:

VERY LOW BATTERY

Depois de pressionar a tecla ON/OFF quando a
bomba está conectada na rede elétrica, desligamos a
bomba pressionando a tecla ON/OFF e esperamos
aproximadamente 15 min para que a bateria carregue.
Assim, a bomba está preparada para colocar a seringa e
programarmos os parâmetros.
A bateria pode ser carregada permanentemente,
porque ela possui proteção contra sobre carga. Para que a
bateria carregue completamente, temos que deixar a bomba
constantemente conectada na rede elétrica.
NO MAINS
Check power cord

checar o fusível da bomba. O fusível está localizado próximo
ao conector da rede elétrica atrás da bomba. Se for
necessário trocá-lo desconecte o cabo de força da rede
elétrica, remova o fusível usando uma chave de fenda, e
coloque um fusível com as mesmas especificações. Em
caso do fusível romper novamente, consulte seu
representante ou fabricante.
Procure colocar a bomba longe de qualquer fonte de
perigo.
Essa bomba de seringa emite certamente níveis de
radiação eletromagnética que estão nos limites
especificados pela NBR IEC 60601-2-24 e NBR IEC
60601-1-2.
Esse equipamento passou por testes contra os efeitos de
interferência externa incluindo emissões de rádio de alta
freqüência, campos magnéticos e descarga eletrostática
(por exemplo, gerada por equipamento eletro - cirúrgico, e
equipamento de cauterização, motores grandes, rádios
portáteis, telefones celulares, etc.). Testado seguindo as
especificações: NBR IEC 60601-2-24.
Excessiva interferência pode afetar a operação da bomba.
Caso isso aconteça às causas das falhas devem ser
38


Desligar a bomba

A bomba é desligada quando a tecla ON/ OFF e mantida
pressionada por 3 segundos.

AVISO!
Enquanto o teclado está bloqueado a bomba não pode de ser
desligada. Para desligar, primeiro desbloquear o teclado (item 6.7).
4.2 Colocar e remover a seringa

Colocando a seringa

1. Erguer a presilha da seringa;
2. Girar a presilha no sentido anti-horário em 90°;
3. Pressionar a tecla >> , para mover o braço
condutor da seringa para a direita até a distância
necessária para colocação da seringa;
4. Colocar a seringa cheia na bomba quando a
seguinte mensagem é mostrada:

Insert SYRINGE
Into SLOTS!

37

8. AVISOS

A precisão especificada da bomba de seringa pode ser
mantida somente quando a seringa apropriada é usada e
quando o equipamento é operado dentro das condições de
operação.
Diferenças no tamanho da seringa e resistência de tração do
êmbolo de seringas compatíveis podem causar variações na
precisão, curvas de performance e níveis da pressão de
oclusão.
Seja cuidadoso quando inserir a seringa na bomba.
Assegure-se que o braço condutor da seringa não está
torcido com referencia ao eixo do corpo da seringa e que a
seringa esteja bem fixada pela presilha. Uma colocação
incorreta da seringa na bomba pode levar risco ao paciente.
Uma pressão positiva é criada no equipamento para
condução da solução para o paciente. A bomba não é
designada para detectar danos na linha de infusão, que
podem resultar da pressão positiva. Durante a infusão,
cheque regularmente qualquer dano na linha de infusão ou
na seringa.
As seringas mais seguras são aquelas com conector com
rosca para a extensão do equipo.
A bomba não detecta a presença de ar n extensão do
equipo. Então, o operador deve assegurar que não existe ar
na extensão do equipo.
A interconexão de vários dispositivos em um simples
sistema de infusão pode ter influência na precisão da taxa
de infusão. Na mesma situação, a operação do dispositivo
usando força gravitacional pode ser instável ou impossível.
Assegure que não existem dobras na extensão do equipo e
que não exista possibilidade de dobrar a extensão equipo,
porque essa situação pode criar obstáculos para o fluxo da
solução e aumentar a pressão na extensão do equipo e
gerar oclusão.
Nos casos em que a infusão é completamente parada por
causa de oclusão, cria uma pressão na extensão do equipo
para o êmbolo da seringa. Existe um atraso entre a
formação do tempo de oclusão e a ativação do alarme
dependendo da taxa de infusão, do comprimento e a
elasticidade do equipo (item 11).
A bomba possui uma bateria NiMH recarregável. É
recomendada somente para ocasiões especiais, por
16

Quando a bomba é ligada e nenhuma tecla é pressionada,
um sinal sonoro é ativado e a seguinte mensagem é exibida:

ATTENTION!
2 min INACTIVE!

Quando apresentar o intervalo de STANDBY TIME, um sinal
sonoro é ativado, e a seguinte mensagem é exibida:

STANDBY TIME
ELAPSED!

Quando 5 minutos ou menos restarem para o fim da infusão,
um sinal sonoro é ativado, e a seguinte mensagem é
exibida:

X min. PREALARM!
X - numero de minutos

Quando inserir a seringa com diâmetro não correspondente
às seringas configuradas, a seguinte mensagem é exibida:

ILLEGAL SYRINGE!
Change SYRINGE!

ERROR: X
(X – o número do erro)

Quando a bomba detectar falha interna, remova do serviço e
verifique a bomba pela qualidade pessoal.
Quando presilha da seringa é aberta durante a infusão, a
seguinte mensagem é exibida:

CLAMP
OPENED!

17



5. Encaixar o êmbolo da seringa no equipamento
segurando a seringa pelo corpo;
6. Ainda segurando a seringa, pressionar a tecla
BOLUS até que os seguradores de dedo da seringa
se alinhem com o seu lugar de encaixe;

7. Pressione a seringa para baixo, para que os
seguradores de dedos da seringa se encaixem
corretamente. A seringa deve estar completamente
36

35

deitada sobre o espaço reservado, o eixo do corpo
da seringa e do embolo devem estar alinhados;

mesmo tempo diminui o volume de Bolus injetado no paciente
removendo a causa da oclusão.


OCCLUSION!!! or END*

Significa que a bomba parou sua operação perto do fim da droga na
seringa ou pode ser que o embolo chegou ao fim do percurso.
Isso pode acontecer quando a seringa não está completamente
cheia.
Se a causa da parada for por oclusão, é recomendado remover a
causa e continuar a infusão pressionando a tecla START/STOP.
Quando o caso da parada da operação for o fim do percurso do
embolo, a seringa deve ser substituída.

SENRINGE EMPTY!*

Informa que a seringa está vazia. Remova a seringa vazia e insira
uma nova seringa cheia.

c) Sinal de aviso sobre a função de KOR (é ativada se a
função for instalada na programação do menu, ver Anexo
B):

8. Girar o clamp no sentido horário em 90°;
O objetivo da função de KOR (Keep Open Rate) é continuar a infusão
de uma quantidade muito pequena de droga depois do fim da
infusão.
9. Baixar o clamp sobre a seringa;

O sensor detecta automaticamente o tamanho da seringa, então
aparece a seguinte mensagem:
Quando a função KOR é ativada, a seguinte mensagem é exibida:


Stop X.X ml
Sirynge:
KOR XX ml/h
XX ml (sirynge brand name)
(Se a infusão parar e não for retomada em 2 minutos)


Onde: XX – tamanho de seringa.
ou
10. Se o tamanho e a marca da seringa estiverem
corretos, pressione a tecla ENTER.


END OF INFUSION!
KOR XX ml/h

ou

SYRINGE EMPTY!
KOR XX ml/h
*Sinal sonoro acompanhado dessas mensagens intermitentemente.

d) Outros sinais de alarmes:

18

19


Substituir a marca da seringa

7. Sinais de alarmes visuais e sonoros

1. Pressione a tecla PROG;
Sinais de alarmes são emitidos de forma sonora, a luz do
display pisca e uma mensagem no display é exibida. Os
alarmes são cancelados pressionando a tecla C. O volume
do alarme pode ser ajustado através de uma chave rotatória
na parte de baixo da bomba (ver figura 2 - item 12).

2. Selecione a marca da seringa com as teclas de
seleção;
3. Confirme a marca e o tamanho da seringa
selecionado pressionando a tecla ENTER.

AVISO!
O uso de seringas que não estão programadas ou a colocação
incorreta da seringa aumenta o risco ao paciente
a) Alarme referente à rede elétrica.

NO MAINS!!!

Check power cord
NOTAS:
1. Quando é colocada uma seringa que não possui seu
diâmetro programado, ou seja, utilização de qualquer
seringa, aparece a seguinte mensagem:

ILLEGAL SYRINGE
Change SYRINGE

2. Quando é colocado um tipo diferente de seringa (marca ou
tamanho) do que foi usado anteriormente, aparece a
seguinte mensagem no display:

CHECK SYRINGE
(syringe size and brand)?

Caso seja colocada seringa da mesma marca e tamanho que mostra
o display, pressione a tecla YES ou a tecla ENTER. Caso contrário
pressione a tecla PROG e selecione o tipo de seringa ou cheque o a
colocação da seringa.

3. O usuário pode usar a lista da configuração do menu de
acordo com o Anexo B.

Informa para o operador que a bomba está funcionando com
a bateria. Pressione ENTER pra aceitar a situação.

LOW BATTERY!*
(o indicador fica piscando)

Significa que a bateria pode operar por apenas 10 minutos. É
recomendado conectar a bomba na rede elétrica o mais breve
possível.

VERY LOW BATTERY!

Significa que a bateria está descarregada e será impossível à
operação com a bomba. A bomba parará automaticamente em 5
segundos.Para continuação da infusão, é recomendado conectar a
bomba imediatamente na rede elétrica.

b) Alarme relacionado à parada do movimento do braço
condutor:


OCCLUSION!!!*
Remoção da seringa

Significa que o movimento parou, talvez por causa de oclusão. O
aumento da pressão na extensão do equipo ou na seringa causa
oclusão. Quando obtiver algum valor pré-definido, essa pressão para
o movimento do embolo da seringa e conseqüentemente o
movimento do condutor. Existe algum tempo entre a ocorrência da
oclusão e a parada do braço condutor. Esse tempo depende da taxa
de infusão e da elasticidade da extensão do equipo (item 11).
1. Erguer a presilha da seringa;
2. Girar a presilha da seringa no sentido anti-horário
em 90°;
A bomba tem uma função anti – bolus que reduz a pressão na
seringa e na extensão do equipo no caso de uma oclusão e ao
34

33



AVISO!
Enquanto o bloqueio do teclado está ativado a está impedida de
ser desligada. Para desligar, primeiro desligue desbloquear o
teclado.
6.8 Exibir data e hora
Data e hora podem ser selecionadas temporariamente pela
tecla F e as teclas de seleção no modo PARADO e durante
a infusão.
6.9 Ligar e desligar A LUZ do display (modo noite)

A luz do display pode ser liga e desligada usando a tecla C. Quando
em funcionamento com a bateria, a luz do display é desligada
automaticamente.

3. Remover a seringa;

4.3 Purgar
O ar pode ser removido do equipo depois que a seringa foi
colocada e o tamanho confirmado, antes do Modo PARADO (antes
de pressionar a tecla YES quando a mensagem é mostrada):
Total: XXX ml
Ready to run?

20

21

CLEAR infused Remova o ar da extensão pressionando a tecla BOLUS.
Volume? Aparecerá a seguinte mensagem:

PURGE?
Ou
PRESS BULOS
CLEAR total
Infused volume? ATENÇÃO:
A extensão da seringa não deve estar conectada no paciente
durante a remoção do ar.
3. Pressione a tecla YES, e o valor do parâmetro
correspondente é zerado.
6.7 Bloquear e desbloquear o teclado
A característica de bloquear o teclado pode se ativada
/desativada pelo menu de configurações.

1. Depois que os parâmetros de infusão foram
configurados e for iniciada ou depois de alterar os
parâmetros, a seguinte mensagem é exibida:

Lock keypad?
Press YES /NO

Para bloquear o teclado pressione a tecla YES. Pressione
a tecla NO para não bloquear o teclado.

NOTA:
O teclado é bloqueado automaticamente caso nenhuma das teclas
for pressionadas quando a mensagem acima não for respondida
em 10 segundos.

2. Se o bloqueio do teclado estiver ativado e deseja
desativá-lo, pressione a tecla F, quando a seguinte
é mensagem é exibida:

Keypad locked!
ENTER to unlock
Pressione a tecla ENTER;

3. Se o bloqueio do teclado estiver desativado e ativá-
lo, pressione a tecla F, quando a seguinte
mensagem é exibida:

Keypad UNLOCK!
ENTER to lock
Pressione a tecla ENTER.
32

31

1. Pare a infusão pressionando a tecla START / STOP;
2. Pressione a tecla ENTER;

5. Programando os parâmetros de infusão
Todos os parâmetros podem ser programados depois que a
seringa é colocada e as informações da seringa são
confirmadas. Quando todos os parâmetros são programados
e a infusão inicia no teclado da bomba pode ser bloqueado
(item 6.7).
A seguinte mensagem é exibida:

STANDBY
Duration: min

Os parâmetros programados podem ser revisados usando
as teclas para cima/ baixo. Isso é necessário para confirmar
todos os parâmetros. Para confirmar os parâmetros
pressionar a tecla ENTER ou a teclas para YES. Somente
então a bomba entrará no Modo PARADO.
3. Insira o tempo da pausa usando as teclas numéricas;
4. Confirme o tempo da pausa pressionando a tecla ENTER.

A seguinte mensagem é exibida:

Quando você quiser modificar o parâmetro, pressione a
tecla PROG. Quando o parâmetro tem valor numérico,
entrar com o valor do parâmetro usando as teclas numéricas
e pressione a tecla ENTER. Para cancelar o novo valor
selecionado e voltar para o valor prévio, pressione PROG no
lugar da tecla ENTER. Pressionando a tecla NO é possível
voltar para confirmar os parâmetros.
STANDBY!
Rest: XX:XX.XX
XX: XX. XX – tempo restante para o final da pausa.

Pressione a tecla C para cancelar a pausa.
6.6 Zerando o volume da droga infundida e o volume
total infundido
Lista de parâmetros programáveis:
Taxa de infusão em ml/h (ou em unidade de massa
*);
(disponível somente quando a infusão estiver parada)
Volume limite, *;
Taxa de Bolus,*;
Dose de Bolus,*;
Nível de pressão de oclusão*(semente com
seringas de 50/60 ml e 100 ml);
Nome de droga, *.

* Esses parâmetros são instalados de acordo com o Anexo B.

1. Selecione o parâmetro a ser zerado com as teclas de
seleção:

5.1 Selecionando o nome da droga

1. Depois que a seringa é colocada e a marca é
selecionada, pressione a tecla PROG;
STOP... X.X ml
XX ml/h
2. Selecione o nome da droga através das teclas de
seleção;

Ou
3. Pressione a tecla ENTER para confirmar o nome
da droga selecionado.

Total infunsed:
NOTAS:
1. Caso você não queira que o nome da droga seja exibido
selecione “NONE” da lista de drogas e pressione ENTER;
2. Você pode colocar um nome novo de droga na lista, de acordo
com as instruções dadas no Anexo B desse manual.
XX ml/h

2. Pressione a tecla C.

A questão é exibida
22

23


5.2 Programando a taxa de infusão ou o volume pelo
tempo
SETTINGS

3. Pressione a tecla ENTER;
4. Com as teclas de seleção selecione os parâmetros que
serão modificados;
5. Pressionar a tecla PROG. Inserir ou selecionar o novo valor
do parâmetro (item 5)
6. Confirme o novo valor do parâmetro pressionando a tecla
ENTER.

NOTAS:
1. É possível alterar os seguintes parâmetros:

Taxa de infusão
Taxa de Bolus
Volume de Bolus
Volume limite

2. Outra maneira de alterar os parâmetros é no modo parado
da seguinte forma:

Quando abrir e fechr a presilha da seringa, a seguinte
mensagem é exibida:

Continue infusion?

Pressione a tecla NO
Se o teclado estiver bloqueado, primeiro desbloqueie o teclado
para depois alterar os parâmetros.

Selecione a mensagem no display:
Infusion rate:

5.2.1 Pressione a tecla PROG;
5.2.2 Coloque o valor da taxa de infusão usando o teclado
numérico;
5.2.3 Pressione a tecla ENTER para confirmar a taxa de
infusão selecionada.
Nota:
Em ordem, a taxa de infusão calculada através do valor do
volume a ser infundido (VTBI) e o tempo, selecione a mensagem:

Volume over
Time?
Pressione YES. Colocar o valor do VTBI e o Tempo para
programar a taxa de infusão.

6.5 Modo de espera

5.3 Programando o volume limite da infusão
O modo de espera pode ser ativado se critérios semelhantes
são instalados no menu de configuração.


Selecione a mensagem no display:

30

29


Volume limit:

1. Pressionar a tecla PROG;
; 2. Inserir o vralor do VTBI usando o teclado numérico
3. Pressionar a tecla para confirmar o valor do VTBI.
5.4 Programando a taxa de bolus


1. Pressione a tecla F;
2. Selecione a seguinte mensagem com as teclas de seleção:

VIEW SETTINGS

Ou

Selecione a mensagem
SETTINGS
BOLUS rate:
3. Pressione a tecla ENTER;
o display
4. Assim é possível revisar todos os parâmetros programados
pressionando as teclas de seleção;
n

5. Sair do modo de REVISÃO pressione a tecla C.
1. Pressione a tecla PROG;
2. Insira o valor da taxa de Bolus com o teclado numérico.
Quando não for usar a função Bolus, o valor da taxa de
6.4 Para mudar os parâmetros programados
Bolus será zero;
3. Pressione a tecla ENTER para confirmar a taxa de Bolus
selecionada.
Os parâmetros podem ser modificados somente quando a
infusão estiver parada (a taxa de infusão pode ser alterada
durante a infusão quando estiver no modo Parado).

1. Pressione a tecla F;
2. Selecione a seguinte mensagem usando as teclas de
seleção:
24

25

3. Pressione a tecla START/ STOP quando você desejar parar
a infusão. O indicador de infusão para de piscar e apenas
um segmento permanece aceso.
5.5 Programando a dose de bolus
6.2 Injeção da dose de bolus

Bolus pode ser injetado somente durante a infusão.

Selecione a mensagem no display:

BOLUS dose:
1. Pressione a tecla Bolus;


1. Pressionar a tecla PROG;
A seguinte mensagem aparecerá:
2. Inserir o valor da dose de Bolus usando o teclado numérico;
3. Pressionar a tecla ENTER para confirmar a dose de Bolus
selecionada.

BOLUS?
Press YES/BOLUS

NOTAS:
Quando o valor da taxa de Bolus for zero, a dose não pode
ser programada.
2. Caso queira injetar a dose de Bolus programada, pressione
a tecla YES. Durante a performance de Bolus aparecerá a
seguinte mensagem:

5.6 Programando o nível da pressão de oclusão
Bolus...X.X
XXX ml/h
X.X – quantidade de droga injetada no modo Bolus;
XXX – taxa de Bolus

3. Caso queira injetar Bolus manualmente, pressione e
mantenha pressionando a tecla BOLUS. A infusão da taxa
de Bolus é finalizada quando a tecla for liberada, seguida de
um beep.

6.3 Revisão dos parâmetros programados


Os parâmetros programados podem ser revisados durante
ou depois da infusão.
O nível de oclusão pode ser programado para seringas com
volume de 50, 60 e 100 ml.

28

27

Selecione a mensagem no display

6. Infusão
Occlusion level:

6.1 Iniciar e parar a infusão

1. Pressionara tecla PROG;
2. Selecionar o nível da pressão de oclusão usando as teclas
de seleção;
A infusão é iniciada do modo PARADO a seguinte
mensagem é exibida:

3. Confirmar o nível da pressão de oclusão selecionado
pressionando a tecla ENTER.
Stop... X.X ml
XX ml/h
XX – quantidade de droga em ml, mg ou µg, infundida durante
o tempo de observação, último período para acertar esse valor aperte
a tecla C ou desligue a bomba.
XX - taxa de infusão programada.

1. Pressione a tecla START/STOP. O indicador de infusão
ascenderá seqüencialmente indicando o inicio da infusão;
2. Você pode rever os seguintes parâmetros usando as teclas
YES ou NO:


(drug name)
XXX ml/h
XXX - taxa de infusão

Infused: X.X ml
Total: XX ml
XX -quantidade de droga infundida durante a sessão atual;
XX -quantidade total de droga infundida

26