Está en la página 1de 4

05 de out.

Índice. Introdução Criação Principais políticas de cotas (Cotas Raciais, de Gêneros, e socioeconômicos) Pós e contras Bibliográfia – Fontes de pesquisas. Introdução. No Brasil as principais políticas de cotas são: Cotas Raciais Cotas de Gênero Sexual, Cotas Socioeconômicas. Elas têm por objetivo desenvolver a igualdade social, porém, grupos contrários à sua implantação dizem, em seus discursos, que a implantação de cotas fere o direito constitucional da igualdade que diz que todos são iguais perante a lei. Criação A política de cotas começou a ser implantada no Brasil nos últimos anos do mandato presidencial de Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. Ao longo do mandato de Lula, o PT abandonou a oposição a essa política público e engajou-se no aprofundamento dela. Principais Políticas de cotas  Cotas Raciais Nos últimos anos vêm crescendo a reivindicação e a implantação de cotas raciais em diversas instituições brasileiras. Os defensores dos sistemas de cotas raciais justificam sua implantação afirmando que eles são necessários para corrigir erros históricos como a escravidão dos negros. Onde já é possível encontrar cotas raciais implantadas:

Programas televisivos (nos últimos anos têm aumentado a presença de atores, repórteres e apresentadores afrodescendentes na TV, principalmente devido à reivindicação de grupos que defendem os direitos dos negros);  Comerciais de TV;  Universidades públicas;  Universidades particulares através do PROUNI;  Cotas de Gêneros

A cota já implantada desse tipo que merece maior destaque é a que obriga aos partidos políticos e coligações a terem o mínimo de 30% de candidatos de cada gênero sexual em suas chapas que concorram aos cargos legislativos nas eleições municipal, estadual e federal.

Políticas de cotas

Página 1

a distinção de etnias por lei acabaria por agravar o racismo já existente.se valiosas para a diminuição das injustiças impostas pela antiga sociedade racista. pois não há consenso sobre o tema. devem possuir ações conjuntas. sua aplicabilidade e seus possíveis bônus ou ônus. deve-se perceber que qualquer ação afirmativa. que busca transpor as desigualdades e a igualdade material (utopicamente). discutidas abertamente e negociadas dentro de parâmetros da democracia e da igualdade. Onde vemos que há varias citações sobre um passado histórico da desigualdade entre os negro e brancos (cota racial) e que por conseguinte tornaram. Uma das contradições relacionadas às cotas de cunho racial frequentemente citadas diz respeito à institucionalização do racismo: para alguns críticos. Também existe uma . Em geral. nas gestões públicas e na promoção prática e objetiva da igualdade de oportunidades. Ocorre também que. falta de oportunidade. pois nenhum problema social foge da deficiência das estruturas de base. deve ser aplicada por um determinado tempo. ao analisar o sistema de cotas. por não terem as informações do que são as cotas e das suas consequências práticas nas representações do poder. gerando debates acalorados nos círculos acadêmicos. Alguns defendem o critério de autodeclaração. não é um instituto que deva ser aplicado com uma finalidade definitiva. como educação. embora seja um consenso de que algo deva ser feito para diminuição das desigualdades entre os cidadãos e grupos sociais. outros defendem a instauração de uma comissão de avaliadores que. as cotas raciais são voltadas para a população autodeclarada negra . É algo que divide opiniões. pois dois gêmeos univitelinos foram classificados como sendo de etnias diferentes. ou seja. Controvérsias Algumas controvérsias específicas às cotas de cunho racial residem no fato de que seria difícil definir quem teria direito a tais políticas. Outros também se mobilizaram na defesa da reserva de vagas. apenas cria outro.podendo abranger os pardos que se declarem negros. Esta questão não é ponto pacífico. “As pessoas são contra e estão em oposição às políticas de cotas propostas por nós. Um caso ocorrido em 2007 na Universidade de Brasília reacendeu a polêmica. Juntamente a isso. Cotas Socioeconômicas Nesse tipo de cotas merecem destaque as isenções de pagamento de impostos. atacando o problema desde a sua raiz. Pós e contras Não há uma definição concreta no que diz respeito aos grupos de apoio e os contrários as cotas. como o sistema de cotas. de pagamento de inscrições para concursos e vestibulares e outras isenções destinadas às pessoas de baixa renda. Ações de inconstitucionalidade já foram propostas por alguns políticos e entidades da sociedade civil contra o sistema de cotas. distribuição de renda. há de se entender que as ações afirmativas. O sistema de cotas é considerada uma medida polêmica. decidiriam quem teria direito às cotas. e outros. Alguns argumentam que o problema é de base e que atacar as consequências não resolve o problema. baseados em critérios objetivos e subjetivos.

05 de out. das “cotas invisíveis” existentes para a etnia branca na sociedade brasileira”.(Professor Titular – Universidade Federal do Ceará – UFC).com.espacoacademico.br/..Fontes de pesquisa Diário da manhã – WWW./politica-de-cotas-nobrasil www..com.ht Políticas de cotas Página 3 ..com/. Por HENRIQUE CUNHA JR. parcela importante que é contra as políticas de cotas para negros porque estas mexem com os privilégios acumulados há séculos.blogspot..diariodamanha. Bibliografia./13ccunhajr.BR Blog Henrique Cunha: dhistoria2. Privilégios não discutidos abertamente.