Está en la página 1de 2

A IMPORTÂNCIA DA BIBLIOTECA

Desde que surgiu a comunicação, o homem viu a necessidade de se criar um meio de guardar informações, as palavras foram escritas e as escritas foram guardadas. A este arquivo de livros damos o nome de biblioteca, é a biblioteca de tão grande importância que homens de renome da antiguidade se esmeraram em construir sua biblioteca pessoal, por ex. o Rei Assurbanipal em Nínive que tinha a maior biblioteca do mundo em sua época. Os

pergaminhos de Quimram também foram encontrados dentro de vasos de barro, escondidos em cavernas que seriam uma forma rude de biblioteca. E é graças a essa conservação que podemos ter certeza da autenticidade das palavras que lemos hoje na Bíblia. Para nós seminaristas respondermos ao chamado do ministério com mais sabedoria e autoridade, é indispensável o auxílio da biblioteca, por ela passam alunos, professores e mestres. Sempre em busca de conhecimento e crescimento. Ela nos auxilia naquilo que o professor não pôde ou não quis responder e em nossos próprios questionamentos. E ainda em dados que seriam difíceis de se lembrar, ninguém sabe a Bíblia toda de cabeça, mas todos têm uma Bíblia na cabeceira da cama. A disposição dos livros na biblioteca é muito importante, pois facilita encontrarmos rapidamente o livro com o assunto desejado, se eu fosse procurar um livro que falasse de justificação pela fé, eu buscaria um livro de teologia sistemática ou outros que tivessem em seu índice a indicação do tema. Na biblioteca do Seteceb encontram-se livros relacionados ao curso de teologia, livros antigos e livros atuais e até livros em outros idiomas. Eu comecei a visitar bibliotecas com doze anos de idade, quando fui forçado pela professora a ler um livro chamado menino de asas, no antigo Couto Magalhães. Isso deu asas a minha vida de leitor e passei a frequentar a biblioteca mesmo fora do horário de aulas. Foi uma experiência muito boa, graças a ela passei a apreciar a leitura e a escrita. A biblioteca não é privilégio de reis, é sim, o sonho máximo de quem se dedica a arte da oratória. E é claro, eu vou ter a minha, tenho alguns livros de conhecimentos gerais, uma coleção de livros de inglês, uns quatro de poesia, além dos solicitados em sala, tenho alguns nomes de livros indicados por professores sobre temas que me serão úteis no ministério e pretendo adquiri-los. Já é um bom começo para minha biblioteca pessoal que espero, será arejada e confortável para leitura, com boa iluminação e silêncio.

ELITÂNIO LOPES SANTANA A IMPORTÂNCIA DA BIBLIOTECA TRABALHO DE M.I. 27 de maio de 2008. Professor: Fernando Meier SEMINÁRIO TEOLÓGICO CRISTÃO EVANGÉLICO DO BRASIL Anápolis-GO.T. .