Está en la página 1de 17

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

SETOR DE EXPRESSÃO GRÁFICA


DESENHO TÉCNICO III C

FAU-PI-0000-Q00-4-001

PROCEDIMENTO PARA ELABORAÇÃO DE


DESENHOS EM AUTOCAD

Destinatário: Número de cópias:


SULFITE ELETRÔNICA

FAU/Direção 1
FAU/Coordenação 1
FAU/Prof. Desenho 1
FAU/Página Internet 1
TOTAIS 3 1

Rev. Data Descrição Por Ver.

0 23.05.2005 EMISSÃO ORIGINAL ibv ibv


A 24.05.2005 REVISÂO GERAL ibv ibv
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 2/17

Índice

1 OBJETIVO ............................................................................................................... 3

2 NORMAS COMPLEMENTARES ............................................................................. 3

3 DEFINIÇÕES............................................................................................................. 3

4 CONDIÇÕES GERAIS .................................................................................................. 4

4.1 Formatos, Margens e Tipos de Papel .....................................................................................................4

4.2 Escalas ....................................................................................................................................................5

4.3 Letras e Algarismos .................................................................................................................................5

4.4 Linhas e Hachuras...................................................................................................................................8

4.5 Layers ......................................................................................................................................................8


4.5.1 Layers Gerais.......................................................................................................................................9
4.5.2 Layers para Arquitetura .....................................................................................................................10
4.5.3 Layers para Estruturas de Concreto ..................................................................................................10
4.5.4 Layers para Estruturas Metálicas ......................................................................................................10

4.6 Dimensões e Informações da Legenda.................................................................................................11

4.7 Cotagem de Desenho............................................................................................................................13

4.8 Plotagem do Desenho ...........................................................................................................................13

4.9 Dobramento de Folhas de Desenhos....................................................................................................15


FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 3/17

1 OBJETIVO

Este documento sugere um processo a ser adotado pelos alunos da disciplina de


DESENHO III C, da faculdade de Engenharia, da PUCRS, para elaborar os
desenhos em AUTOCAD.

2 NORMAS COMPLEMENTARES

• ABNT NBR 6492 – Representação de Projetos de Arquitetura;

• ABNT NBR 8196 – Emprego de Escalas em Desenho Técnico;

• ABNT NBR 8403 – Aplicação de Linhas em Desenhos – Tipos de Linhas –


Largura de Linhas;

• ABNT NBR 10063 – Folha de de Desenho – Leiaute e Dimensões;

• ABNT NBR 12298 – Representação de área de Corte por Meio de Hachuras


em Desenho Técnico;

• ABNT NBR 13142 – Dobramento de Cópia de Desenho Técnico;

3 DEFINIÇÕES

• COR: Cor da linha ou texto que aparece na tela gráfica. Essa cor está
associada a uma espessura de pena no traçador gráfico (ploter ou
impressora);

• FONTES: Fontes de caracteres utilizados pelo AUTOCAD;

• LAYER: Forma de representar as entidades (elementos) gráficas de um


desenho em camadas sobrepostas no AUTOCAD;

• LINETYPE: Denominação do tipo de linha;

• LTSCALE: Variável utilizada para ajustar a distância e o tamanho dos pontos


e traços que compõem uma linha diferente da contínua;

• MODEL SPACE: Espaço tridimensional delimitado para o desenho;

• PAPER SPACE: Espaço bidimensional onde se pode aggrupar uma ou mais


vistas do modelo tridimensional para impressão.
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 4/17
4 CONDIÇÕES GERAIS

4.1 Formatos, Margens e Tipos de Papel

As dimensões definidas neste documento seguem as normas ABNT.

O formato A0 (leia-se A zero) tem 1 m2 de superfície. O formato A1 corresponde


ao A0) dividido em duas partes e tem 0,5 m2 (1/2 metro quadrado); o formato A2
origina-se da divisão do A1 em duas partes e tem 0,25 m2 (1/4 metro quadrado);
o formato A3 origina-se da divisão do A2 em duas partes e tem 0,125 m2 (1/8
metro quadrado); o formato A4 origina-se da divisão do formato A3 em duas
partes e tem 0,125 m2 (1/8 metro quadrado).

A2
A1
A4
A3

FORMATO DIMENSÕES (BxC) a

A0 841X1189mm 10mm

A1 594X841mm 10mm

A2 420X594mm 10mm

A3 297X420mm 10mm

A3 297X420mm 10mm

A4 297x210mm 5mm

A4 297x210mm 5mm
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 5/17
As margens nos formatos seguem as seguintes orientações:

Os originais devem ser emitidos em papel opaco branco, com gramatura mínima
de 75 g/m2.

4.2 Escalas

O uso da escala deve ser conforme estabelecido na norma ABNT NBR 8196,
devendo ser escrita no local próprio da legenda.

Quando existirem na mesma folha desenhos em escalas diferentes, estas


devem ser indicadas junto aos desenhos correspondentes. Na legenda deve ser
anotado no campo específico da escala o termo: “INDICADAS”.

4.3 Letras e Algarismos

A altura mínima para letras, algarismos e símbolos deve ser 1mm, e o tipo é
ROMANS.SHX.
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 6/17
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 7/17
Quando utilizamos mais de uma escala nos desenhos em AUTOCAD, é
necessário gerenciar a altura de texto do desenho, considerando três aspectos:
altura de texto desejada na impressão, a escala de plotagem do desenho e a
unidade (mm,cm ou m) no qual o mesmo está sendo elaborado. A Altura de
Texto do Desenho deve ser igual a Altura de Texto Desejada na Impressão
multiplicada por um Fator Multiplicador de Texto, o qual contempla os três
aspectos abordados acima, estando o mesmo indicado na tabela abaixo.

Altura Texto Desenho = Altura Texto Desejada na Impressão X Fator


Multiplicador de Texto

• 2mm x 50 = 100 mm - para desenho em mm (milímetros);

• 2mm x 5= 10 mm - para desenho em cm (centímetros);

• 2mm x 50/1000 = 0,1mm - para desenho em m (metros).

Fator Multiplicador de Texto / Fator Multiplicador “use overall scale of”

ESCALA DESENHO DESENHO DESENHO


DESEJADA (mm) (cm) (m)
10:1 1/10 1/100 1/10000
5:1 1/5 1/50 1/5000
2:1 1/2 1/20 1/2000
1:1 1 10 1/1000
1:2 2 2/10 2/1000=1/500
1:5 5 5/10 5/1000=1/200
1:10 10 1 10/1000=1/100
1:20 20 20/10 20/1000=1/50
1:25 25 25/10 25/1000=1/40
1:50 50 5 50/1000=1/20
1:75 75 75/10 75/1000
1:100 100 10 100/1000=1/10
1:200 200 20 200/1000=1/5
1:250 250 25 250/1000=1/4
1:500 500 50 500/1000=1/2
1:1000 1000 100 1000/1000=1
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 8/17

4.4 Linhas e Hachuras

Os tipos de linhas devem ser conforme a norma ABNT NBR 8403.

Recomenda-se 0,3mm como espessura mínima da linhas dos desenhos e


0,1mm para as linhas de chamada, de cotas e outras linhas secundárias dos
desenho.

As cores e espessuras sugeridas são as seguintes:

COR ESPESSURA

RED 0,1

YELLOW 0,2

GREEN 0,3

CYAN 0,4

BLUE 0,5

MAGENTA 0,6

WHITE 0,1

Para a impressão final os desenhos devem ser apresentados somente na cor


preta, exceto quando as cores forem imprescindíveis para o entendimento do
documento, casos de mapas, levantamento topográfico, maquetes eletrônicas.

As hachuras devem ser conforme a norma ABNT NBR 12298.

4.5 Layers

Os Layers que contenham grupos de elementos afins, devem ser denominados


segundo a seguinte nomenclatura:

X-YYYY

X – Significa a área do Layer

YYYY – Significa o conteúdo do Layer

Exemplo:
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 9/17
A_Alvenaria Planta - Nome do LAYER
A – Área ARQUITETURA
Alvenaria Planta - Conteúdo do Layer

X ÁREA

A ARQUITETURA

C ESTRUTURAS DE CONCRETO

M ESTRUTURAS METÁLICAS

G GERAL (TODAS AS ÁREAS)

4.5.1 Layers Gerais

LAYER COR LINHA PENA DESCRIÇÃO


G_AMEBAS E SORVETES WHITE CONTINUOUS 0,1 AMEBAS E SORVETES
COTAS E LINHAS DE
G_COTAS WHITE CONTINUOUS 0,1
CHAMADA
G_EIXOS E LINHAS DE EIXOS E
RED CENTER 0,1
COORDENADAS COORDENADAS
G_HATCH RED CONTINUOUS 0,1 HACHURAS EM GERAL
INDICAÇÃO DE LIMITE DE
G_LIM_DESENHO MAGENTA PHANTOM2 0,6
DESENHO
G_NÍVEIS RED CONTINUOUS 0,1 COTA DE NÍVEL
REPRESENTAÇÃO
G_PROJEÇÕES WHITE DASHDOT 0,1
GRÁFICA EM PROJEÇÃO
SIMBOLOGIA EM GERAL
G_SIMBOLOGIA YELLOW CONTINUOUS 0,2
(CORTE, NORTE)
G_TEXTO H=1,5 YELLOW CONTINUOUS 0,2 ALTURA DE TEXTO=1,5mm
G_TEXTO H=2,0 YELLOW CONTINUOUS 0,2 ALTURA DE TEXTO=2,0mm
G_TEXTO H=2,5 GREEN CONTINUOUS 0,3 ALTURA DE TEXTO=2,5mm
G_TEXTO H=3,0 CYAN CONTINUOUS 0,4 ALTURA DE TEXTO=3,0mm
G_TEXTO H=3,5 BLUE CONTINUOUS 0,5 ALTURA DE TEXTO=3,5mm
G_TEXTO H=4,0 BLUE CONTINUOUS 0,5 ALTURA DE TEXTO=4,0mm
G_TEXTO H=5,0 MAGENTA CONTINUOUS 0,6 ALTURA DE TEXTO=5,0mm
REPRESENTAÇÃO
G_VISTA 13 CONTINUOUS 0,1
GRÁFICA EM VISTA
G_VPORT WHITE CONTINUOUS 0,1 VIEWPORTS
PARA INSERÇÃO DO
G_FORMATO WHITE CONTINUOUS 0,1
FORMATO
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 10/17

C_LINHA OCULTA WHITE HIDDEN 0,1 DESENHO EM PROJEÇÃO

4.5.2 Layers para Arquitetura

LAYER COR LINHA PENA DESCRIÇÃO


ALVENARIA
A_ALVENARIA GREEN CONTINUOUS 0,3
PLANTA/CORTE
REPRESENTAÇÃO DA
A_COBERTURA YELLOW CONTINUOUS 0,2
COBERTURA
A_DIVISÓRIAS YELLOW CONTINUOUS 0,2 DIVISÓRIAS
ESPECIFICAÇÃO (REVEST.,
A_ESPECIFICAÇÃO YELLOW CONTINUOUS 0,2
ESQUADRIAS)
A_ESQUADRIAS RED CONTINUOUS 0,1 ESQUADRIAS E PORTÕES
REPRESENTAÇÃO DE
A_FORROS YELLOW CONTINUOUS 0,2
FORROS EM CORTE
MOBILIÁRIOS
A_MÓVEIS 253 CONTINUOUS 0,1
EQUIPAMENTOS
A_PAREDES GREEN CONTINUOUS 0,3 PAREDE PLANTA/CORTE
REVESTIMENTOS DE PISO
A_PISOS 253 CONTINUOUS 0,1
E PAREDE (VISTA)
RE REVESTIMENTOS DE
A_REVESTIMENTOS YELLOW CONTINUOUS 0,2
PISO E PAREDE (CORTE)
A_VEGETAÇÃO 75 CONTINUOUS 0,1 PAISAGISMO

4.5.3 Layers para Estruturas de Concreto

LAYER COR LINHA PENA DESCRIÇÃO


C_FERROS SEÇÃO YELLOW CONTINUOUS 0,2 FERROS EM CORTE
FERROS EM PLANTA OU
C_FERROS BLUE CONTINUOUS 0,5
EM VISTA,FORA DA FORMA
FERROS DESENHADOS
C_FERROS FORMA CYAN CONTINUOUS 0,4
DENTRO DA FORMA
FORMAS EM VISTA,
C_FORMAS VISTA 1 YELLOW CONTINUOUS 0,2 AFASTADA DO
OBSERVADOR
FORMAS EM VISTA,
C_FORMAS VISTA 2 GREEN CONTINUOUS 0,3 PRÓXIMA DO
OBSERVADOR
C_FORMAS CORTE BLUE CONTINUOUS 0,5 FORMAS EM CORTE

C_FORMATO WHITE CONTINUOUS 0,1 P/ LINHAS DO FORMATO

4.5.4 Layers para Estruturas Metálicas

LAYER COR LINHA PENA DESCRIÇÃO


FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 11/17
ESTRUTURAS DE
M_CONCRETO RED CONTINUOUS 0,1
CONCRETO
M_CONTRAVENTAMENTO RED CONTINUOUS 0,1 CONTRAVENTAMENTO

M_PERFIL (CORTE) CYAN CONTINUOUS 0,4 ESTRUTURAS EM CORTE


ESTRUTURAS EM PLANTA
M_PLANTA E VISTA YELLOW CONTINUOUS 0,2
OU EM VISTA

4.6 Dimensões e Informações da Legenda

Todos os desenhos devem conter um quadro destinado à legenda, contendo


todas as indicações necessárias à sua exata identificação e interpretação.

As dimensões, disposição e legendas dos desenhos devem seguir as


orientações dos respectivos formatos, conforme lista a seguir:

• formato A4, confirme figura 1;

• formato A3, conforme figura 2;

• formatos A2, A1 e A0, conforme figura 3.

FIGURA 1 – LEGENDA PARA TAMANHO A4


FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 12/17

FIGURA 2 – LEGENDA PARA TAMANHO A3

FIGURA 3 – LEGENDA PARA TAMANHO A2 OU MAIORES

O preenchimento dos diversos campos da legenda deve seguir as orientações


abaixo:

Campo 1-Imagem (logomarca) do Símbolo da empresa;


FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 13/17
Campo 2 - Nome do Cliente / Nome do Projeto
Localizações (Cidade e Estado) - Aplicável para formatos A2 ou
maiores;
Campo 3-Responsável Técnico / Título do responsável técnico / Nº do título
(CREA);

Campo 4-Número do Cliente para o desenho;

Campo 5-Indicação de revisão do documento, utilizando como a primeira


emissão “0”(zero)e as posteriores revisões (A, B, C, D, etc.);

Campo 6-Título do Desenho / 1º subtítulo do desenho / 2º subtítulo do desenho;

Campo 7-Representação da escala utilizada no Projeto;

Campo 8-Unidade utilizada no projeto (m, cm, mm, etc.).;

Campo 9-Projeção;

Campo 10 -Número do projeto;

Campo 11 -Numero da área em projeto / Numero da atividade em projeto /


Numero do formato da planta;

Campo 12 -Indicação de revisão do documento, utilizando como a primeira


emissão “0”(zero)e as posteriores revisões (A, B, C, D, etc.);

Campo 13 -Indicação de nome do arquivo eletrônico, a escala de plotagem e a


sigla do desenhista;

Campo 14 -Indicação de localização (Cidade, Estado). Aplicável para formatos


A3 e A4;

Campo 15 -Indicação do nº da folha. Aplicável para formatos A3 e A4.

4.7 Cotagem de Desenho

As medidas do desenho devem seguir as seguintes orientações:

• as cotas não devem ser explodidas;

• as cotas, preferencialmente, não devem ser editadas, salvo em último caso.

Quando utilizamos mais de uma escala para realização dos desenhos em


AUTOCAD, é necessário gerenciar a altura do texto das cotas. Esse
gerenciamento é feito utilizando estilos de cotas específicos para cada escala de
desenho.
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 14/17
Para criar novos estilos de cotas: Ir ao menu Format -> Dimension Style ->
New -> denominar o nome do novo estilo de cotas conforme a escala desejada
-> Continue -> preencher o campo Fit ->Use overall scale of: com o valor do
Fator Multiplicador “use overall scale of”, indicado em tabela específica.

Exemplo: Estamos desenhando a planta baixa de arquitetura e desejamos cotar


as dimensões do desenho, o qual será plotado na escala 1/50. Neste caso
teremos que:

• 1º criar o estilo de cotas ESC_1-50, fazendo os seguintes passos: Ir ao menu


Format -> Dimension Style -> New -> New Style Name: ESC_1-50 ->
Continue ->

Fit ->Use overall scale of: 50 para desenho em mm (milímetros);


Fit ->Use overall scale of: 5 para desenho em cm (centímetros);
Fit ->Use overall scale of: 50/1000 para desenho em m (metros);
• 2º Cotar o desenho no estilo ESC_1-50.

4.8 Plotagem do Desenho

Após realizar o desenho no Model Space, com as medidas reais, crie um layout
no Paper Space. Siga as seguintes instruções:

1º Insira um novo layout ;

2º Insira o formato de papel desejado;

3º Crie as janelas, com o comando viewport, colocando-as no Layer


específico, cuja impressão deve estar bloqueada;

4º Dê o fator de escala desejado, utilizando o fator XP, conforme indicação da


tabela abaixo.

Fator Multiplicador de Escala: XP

ESCALA DESENHO DESENHO DESENHO


DESEJADA (mm) (cm) (m)
10:1 10 100 10000/1=10000
5:1 5 50 5000/1=5000
2:1 2 20 2000/1=2000
1:1 1 10 1000/1=1000
1:2 1/2 5 1000/2=500
1:5 1/5 2 1000/5=200
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 15/17

1:10 1/10 1 1000/10=100


1:20 1/20 1/2 1000/20=50
1:25 1/25 2/5 1000/25=40
1:50 1/50 1/5 1000/50=20
1:75 1/75 10/75 1000/75
1:100 1/100 1/10 1000/100=10
1:200 1/200 1/20 1000/200=5
1:250 1/250 1/25 1000/250=4
1:500 1/500 1/50 1000/500=2
1:1000 1/1000 1/100 1000/1000=1
Exemplo: Estamos desenhando a planta baixa de arquitetura e desejamos plotar
o desenho na escala 1/50. Neste caso teremos que:

1º Inserir um novo layout ;

2º Inserir o formato de papel desejado;

3º Criar as janelas, com o comando viewport, colocando-as no Layer


específico, cuja impressão deve estar bloqueada;

4º Na janela específica , dê o fator de escala desejado, utilizando o comando


zoom com o fator XP igual a:

1/50 para desenho em mm (milímetros);


1/5 para desenho em cm (centímetros);
1000/50 para desenho em m (metros), conforme indicação da tabela
específica.

4.9 Dobramento de Folhas de Desenhos

O dobramento das folhas das cópias dos desenhos deve seguir a norma ABNT
NBR 1994.

Efetua-se o dobramento a partir do lado direito em dobras verticais de 185mm.

Uma vez efetuado o dobramento no sentido da largura, a folha deve ser dobrada
segundo a altura, em dobras horizontais de 297mm.

Quando as folhas de formatos A0, A1 e A2 tiveram que ser perfuradas, para


arquivamento, deve-se dobrar para trás o canto superior esquerdo, de acordo
com as indicações das figuras a seguir.
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 16/17

A0

A1
FAU-PI-0000-Q00-4-001
fl. 17/17

A2

A3
A4