P. 1
escala_ringelmann

escala_ringelmann

|Views: 12.916|Likes:
Publicado porCamila W Olenscki

More info:

Published by: Camila W Olenscki on Mar 14, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/10/2013

pdf

text

original

Cartão - Índice de Fumaça Tipo Ringelmann Reduzido

100 S.
%

Nº 1

D
Nº 5

EN

DE

N S

0% .2

0% NS. 8

Nº 2
DEN S. 40

º4

DE

%

N

INSTRUÇÕES DE USO
1º Posicione - se de costas para sol e segure o cartão com o braço totalmente estendido. 2º Compare a fumaça (vista pelo orifício) com o padrão colorimétrico, determinando qual a tonalidade da escala que mais se assemelha com a tonalidade (densidade) da fumaça. 3º Para a medição da fumaça emitida por veículos, o observador deverá estar a uma distância de 20 metros a 50 metros do tubo de escapamento a ser observado. 4º Para a medição de fumaça emitida por chaminés, o observador deverá estar a uma distância de 30 metros a 150 metros da mesma.

Confor Instrumentos de Medição Ltda
Rua Dr. Olavo Egídio, 579 - São Paulo - SP Tel (011) 2281-9777 Fax (011) 2959-5172 e-mail: vendas@confor.com.br www.confor.com.br

3 Nº

DENS. 60%

Decreto nº 8468 de 08.2 . alterado pelo Decreto nº 28313 de 04. ll .2 .Norma CETESB L9.3 .Determinação de grau de enegrecimento de fumaça emitida por fontes estacionárias e Escala de Ringelmann reduzida.Gás de escapamento emitido por motores diesel Determinação do teor de fuligem em regime constante. seção ll.Padrão: O grau de enegrecimento da fumaça de fontes estacionárias não poderá exceder o padrão nº 1.05.Determinação do Grau de Enegrecimento da Fumaça emitida por Veículos Rodoviários Automotores com Motor Diesel. 2.77 1. ll seção ll.76.2 .Resolução CONTRAM 510 de 15.09. cap. salvo nas situações previstas na legislação acima.Padrões: O grau de enegrecimento da fumaça de veículos movidos a óleo diesel.2 0% NS. utilizando a Escala de Ringelmann Reduzida. 32.3 .Lei nº 997 de 31. % Nº 1 DE N S 0% .1 .NBR-6016 . 3.NBR-7027 . 3 .08 D Nº 5 EN 100 S.05.02. ll.76 1.LEGISLAÇÃO NORMAS E PADRÕES APLICÁVEIS 1 .1 .81 1.Determinação do Grau de Enegrecimento do gás de escapamento emitido por veículos equipados por motores diesel pelo método da aceleração livre.NBR-6065 . art. alterado pelo Decreto nº 15. 40 º4 DE % N 2 .Legislação Estadual (SP): 1.09.1 . art. 8 Nº 2 DEN S. não poderá exceder: Nº 2: para veículos em localidades até 500 (quinhentos) metros de altitude e veículos de circulação restrita a centros urbanos.Portaria MINTER GM/Nº 100 de 14.Lei nº 997 de 31.1 .425 de 23.Legislação Estadual (SP): 3.FONTE ESTACIONÁRIAS: 1 . em qualquer altitude. Nº 3: para veículos em localidades acima de 500 (quinhentos) metros de altitude.88.Instrução Normativa SEMA/SACT/SPART Nº 01 de 12.76 3.2 . cap.04.06.Legislação Federal: 1. exceto para a partida a frio. 3 Nº DENS.07. 31.Decreto nº 8468 de 08.VEÍCULOS: 1 .76. 2 .3 . 2.80 1.061 . em qualquer regime de funcionamento. 60% . 3 .07.Padrão: O grau de enegrecimento da fumaça de veículos movidos a óleo diesel não poderá exceder o padrão nº 2 por mais de 5 (cinco) segundos consecutivos.Normas Brasileiras: 2.4 .

You're Reading a Free Preview

Descarga
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->