Encuentra tu próximo/a libro favorito/a

Conviértase en miembro hoy y lea gratis durante 30 días
Estórias e Poemas Lusos

Estórias e Poemas Lusos

Leer la vista previa

Estórias e Poemas Lusos

Longitud:
65 página
21 minutos
Publicado:
Mar 2, 2021
ISBN:
9788468555980
Formato:
Libro

Descripción

Terra natal dos meus pais e avós, Portugal foi desde sempre o destino das nossas férias de verão. À medida que me fui deixando seduzir, fui ficando rendida aos encantos do nosso país. Amante de poesia desde criança - paixão herdada dos meus avô e bisavô, inspirei-me nas minhas viagens por terras lusas para escrever estas estórias e poemas.
Publicado:
Mar 2, 2021
ISBN:
9788468555980
Formato:
Libro

Sobre el autor


Vista previa del libro

Estórias e Poemas Lusos - Sabrina Vieira Fialho

AGRADECIMENTOS

Por Terras Lusas

Açores

Adoro, adoro estas ilhas os Açores

A sua bruma tépida e as suas lagoas

De Santa Maria à Ilha das Flores

São todas verdadeiros tesouros

Temos ananás e que docinho

É de São Miguel que maravilha

Eles vão crescendo devagarinho

Todo o ano no topo da ilha

Nas Furnas ouvi as entranhas da terra

De onde brota água com sabor férreo

As Lagoas das Sete Cidades são um mistério

Que a lenda que se conta com ela encerra

No Pico temos também bom vinho

E vale o desvio pela rocha negra

Reluzente atrai olhares pelo caminho

Mas observar baleias é o que mais me alegra

Na Ilha do Faial deambulei pela marina

Admirei os veleiros e sonhei navegar

Na tasca do Peter aqueci a alminha

Pronta para novos portos conquistar

Nas Flores molhei pés no Poço do Bacalhau

Onde cai uma cascata de águas límpidas

Do Porto das Poças embarquei numa nau

Com destino ao Corvo e suas caldeiras floridas

De Graciosa e São Jorge não me esqueci

Nem de Santa Maria: regressarei por ti

Não me canso desta vista deslumbrante

Nove ilhas a meio caminho do Atlântico

Pois são todas belas como um diamante

Soberbas são um orgulho para Portugal

Cuidem bem delas de ora em diante

Pois por este mundo fora não há igual

Alentejo

Alentejo, terra dos meus avós e do meu pai

Onde reside uma parte do meu coração

Paisagens únicas e pessoas encantadoras

Cenários que me servem de inspiração

No topo das escadas da Igreja de Aljustrel

Contemplo com nostalgia o horizonte

Trouxe comigo pão e azeitonas no farnel

Para degustar com vinho tinto e broa de mel

Alentejo, tenho por ti esta paixão inexplicável

Um encanto infindável pelas tuas planícies sem fim

Pelo cheiro da

Has llegado al final de esta vista previa. ¡Regístrate para leer más!
Página 1 de 1

Reseñas

Lo que piensa la gente sobre Estórias e Poemas Lusos

0
0 valoraciones / 0 Reseñas
¿Qué te pareció?
Calificación: 0 de 5 estrellas

Reseñas de lectores